A militância de P!nk é artística no clipe de "What About Us"

Não que a P!nk vá salvar o mundo com um videoclipe, mas é sempre legal se posicionar frente aos acontecimentos atuais, né?

A situação nos Estados Unidos está caótica e disso todos sabemos. No última fim de semana, a cidade de Charlottesville foi palco para uma manifestação nazista (!) em pleno século XXI, enquanto essa semana descobrimos que o pai de Donald Trump, presidente do país, marchou em 1927 a favor do Ku Klux Klan. Nesse cenário tenso, P!nk levanta sua voz, mas de forma artística, no clipe de "What About Us", lançado hoje, 16 de agosto.

A produção nos lembrou bastante "Try", da própria, e até "Nights With You", vídeo mais recente da , e traz bailarinos dançando de forma contemporânea enquanto sofrem com os rumos que os Estados Unidos estão tomando. É um protesto artístico e um pedido de paz.

Legal também notarmos que, além de mostrar pessoas sofrendo, como uma família tradicional, P!nk também deu um enfoque bem interessante para as minorias e trouxe um casal de homens dançando separadamente, duas mulheres abraçadas de forma a pedir conforto uma na outra e um menino negro aparece sob as luzes de um veículo, como se estivesse sendo perseguido, além de muitas outras referências que vale observar. 



Essa vai especialmente pra quem disse que a cantora não merece o prêmio "Michael Jackson Video Vanguard" que ela receberá no VMA, dia 27 de agosto. Vai ter muito pano e cabo de aço, sim!

O novo disco de P!nk, com colaborações de Max Martin, Shellback, Jack Antonoff, Julia Michaels e Greg Kustin, "Beautiful Trauma", chega no dia 13 de outubro.