Who run this mutha? Escolhemos 5 músicas pop feministas para celebrar o dia internacional da mulher!

Hoje, 08 de março, é dia internacional da mulher, um ser lindo e cheio de poder que controla o mundo que a gente mais ama: o pop. Mulher...

Hoje, 08 de março, é dia internacional da mulher, um ser lindo e cheio de poder que controla o mundo que a gente mais ama: o pop. Mulheres à frente do reinado popístico vêm de eras (Madonna e Cher comprovam, risos), e já comentamos por aqui como nesse mundo os homens sofrem bem mais para ganhar destaque que as molieres. Então é por isso que decidimos fazer um post especial para elas, com cinco músicas que ovacionam de alguma maneira essas rainhas, e todas, claro, cantadas por mulheres, tão poderosas quanto suas músicas. Vem gente!

5: Lana Del Rey - "This Is What Makes Us Girls"
Lana e seu pequeno hino feminista. Mas ao invés de ovacionar o poder da mulher de forma “pra cima”, mostra todos os perrengues que o sexo forte (frágil somos nozes) passam. E ainda solta um “como eu odeio esses rapazes”. Por alguns minutos Lana nos faz querer ser garotas, sem conceitos pejorativos.


4: Girls Aloud - "Something New"
O primeiro single das Garotas Alto para a coletânea “Dez” é um grito de poder das mulheres, com seus vocais poderosíssimos de “Vamos garotas, nós vamos tomar o controle!”. Hino da dancefloor que faz até os homens gritarem a favor delas.


3: Lady Gaga - "Scheiße"
Quando ouvimos essa música estranha de Lady Gaga, com aqueles dizeres em alemão (ou um cosplay da língua) e uma letra frenética, talvez não absorvamos o que ela tem a dizer. Scheiße é uma faixa completamente feminista. “Se você é uma mulher forte, não precisa de permissão”. A tal “merda” que Leides tanto fala que não precisa, que é forte sem ela, somos nós, homens, meros mortais. Lady Gaga fez uma obra de arte em forma de farofa.

2: Beyoncé - "Run The World (Girls)"
Com toda a certeza, a evocação feminista dessa década. Beyoncé orquestra uma música, e um clipe, totalmente tomado pelo poder das mulheres, com seus brincos, vestidos e salto altos. Porque QUEM MANDA NESSA P*RRA? GAROTAS!

1: Madonna - "Express Yourself"
Apesar de Run The World (Girls) ser a primeira a surgir na nossa cabeça quando falamos de “hinos pop feministas”, é Express Yourself que ganha a coroa – tinha que vir da Rainha do Pop. Madonna luta pelos diretos das minorias antes mesmo de Gaga nascer daquele jeito, e com essa música ela conseguiu, em meados da década de 80, ser a voz de uma geração. Express Yourself é definitivamente um hino, sem a banalização da palavra. A concretização da força cheia de estrogênio que só poderia vir da maior artista pop da história.

E essa é nossa homenagem às divas que tanto amamos, que guiam nossos dias e nos enchem de farofas ou depressões lindíssimas. Parabéns, girls!