A Gal Gadot mandou avisar que nós precisamos de mais super-heroínas no cinema


Gadozinha é um amor, né, gente? E muito rainha também.

A guria foi quase excomungada do papel quando foi escolhida para dar vida a Mulher-Maravilha nos cinemas, sendo a primeira em tal mídia. Mas pôde dizer a todos que o jogo virou, não é mesmo?, por ser ovacionada logo na primeira exibição de "Batman VS Superman: A Origem da Justiça" ao público, e os elogios continuam até hoje, sendo dita como a melhor coisa de todo o filme.

A ex-Miss Israel será, por um bom tempo, a única heroína na Liga da Justiça, tendo pelo menos uma presença marcante, longe de ser uma mera figura feminina cotista. Ela reconhece isto, e sabe até que é um certo problema. Num bate-papo no Twitter com seus seguidores — olha só como ela é acessível —, a modelo disse que nós precisamos de mais super-heroínas no cinema, quando questionada sobre ser agora um modelo para as garotas. Gadot nunca esteve tão certa.


Mamãe, a atriz também contou um pouco de sua reação ao saber que tinha ganhado o papel. Correu para fazer as contas para ver quando sua filha poderia ver seu filme, porque é importante para que ela veja modelos femininos inspiradores. E a Mulher-Maravilha seria um puta de um modelo para sua filha (para qualquer mulher, na verdade), não é mesmo? ♥


Vale ressaltar que essa necessidade de termos heroínas no cinema está sendo reconhecida, e arriscamos dizer que Gadot foi a culpada. Mesmo com Scarlett Johansson e sua Viúva-Negra nos cinemas há alguns anos, foi só com o anúncio do filme da Mulher-Maravilha que a Marvel resolveu dar um filme solo a alguma de suas personagens do catálogo. A presença feminina nestas adaptações cinematográficas não fica marcada apenas pela heroínas, como também pela vilãs. Arlequina e Magia em "Esquadrão Suicida" estão aí pra provar.

Ah!, não podemos esquecer que temos as heroínas em "X-Men" desde 2000, mas não é errado dizer que só de uns tempos pra cá que a figura feminina na franquia ganhou, de fato, um papel de peso. Jennifer Lawrence está com sua Mística ganhando um puta destaque deste "Primeira Classe". Claro, tudo devido a superexposição da atriz e seu sucesso, mas não deixa de ser um papel representativo para as mulheres com uma grande visibilidade.

Tecnologia do Blogger.