Stream: o pop nacional está a salvo com o EP de estreia do Leandro Buenno

O novo single do cantor, “Mil Maneiras”, é uma ÓTIMA pedida pra quem gosta de “Sorry”, do Justin Bieber.

Demorou até que o Leandro Buenno, do reality show “The Voice”, lançasse seu primeiro material, mas agora que o fez, provou que valeu a espera. Seu EP de estreia, autointitulado, foi lançado nessa sexta-feira (11) e soa quase como uma linha de tempo da sua carreira após o programa, mostrando, além de tudo o que ele veio produzindo, o quanto evoluiu.

A música pop não costuma ser um bom lugar para artistas masculinos. Sempre repleta de divas para adorarmos e enaltecermos, o gênero tende a limitar bastante esses artistas, seja por estereótipos ou outros padrões impostos pelo próprio público, e isso explica a razão da maioria dos cantores vestirem terno em premiações, enquanto Lady Gaga pode chegar num vestido de carne, mas, aos poucos, eles começam a sair um pouco dessa zona de conforto e, além da parte visual, investir pesado em novas propostas sonoras também.

No Brasil, a gente teve um ótimo exemplo de como um direcionamento adequado e um pouco mais ousado salva carreiras com o MC Biel, que provou saber fazer música pop tão bem quanto a Anitta em “Demorô” e “Química”, que estarão no seu primeiro CD, e eis que, numa vibe bem próxima e, coincidentemente ou não, com algumas influências em comum, podemos acrescentar à essa lista o nome de Leandro Buenno.

Em seu primeiro material, o cantor decidiu compilar tudo o que lançou até aqui e, com isso, é possível encontrar músicas como o reggae de “Nem Por Um Segundo” e a tediosamente acústica “Sei Lá”, em parceria com a Nikki, mas são nas músicas que ele lançou após isso que as coisas melhoram, como a fórmula inquestionavelmente pop de “Essa Noite”, que nos lembra de “Elas Gostam Assim”, do Projota, ao hit “Bang”, da Anitta.



Se você gosta de “Sorry”, do Justin Bieber, pode correr para o novo single do cantor, “Mil Maneiras”, que a reação positiva está garantida. Com produção do Ruxell, mesmo por trás de “Essa Noite”, a música mescla tropical house com dancehall e, com uma letra totalmente em português, acerta em cheio, importando essa tendência que já foi aposta do Skrillex, Justin Bieber, Sia, AlunaGeorge, Rihanna e vários outros nomes lá fora.



“Tem Que Ser Assim”, última inédita do EP, mantém o tropical house, só que, desta vez, acompanhado de um flerte com o trap e synthpop MARAVILHOSO. Seu refrão é um dos melhores que escutamos do Leandro até aqui e arriscamos dizer, inclusive, lembrar um pouco do trabalho da banda Cine, que havia investido bastante numa sonoridade pop eletrônica em seu último disco, “Boombox Arcade”.



No sentido de ser um material introdutório, o EP “Leandro Buenno” faz a lição de casa. Ainda que tenha uma carreira breve, o cantor conseguiu traçar um caminho bastante ousado para o pop nacional e, até aqui, tem apresentado um trabalho que nos convence a ficar para saber o que virá depois. Se manter essa mesma vontade de inovar, logo ele se garante com um nome tão grande quanto da Anitta. E nós, fãs de música pop, ganhamos ainda mais com isso. Potencial, ele já provou que tem.

Ouça o EP na íntegra pelo Spotify: