Letitia Wright, a Shuri de “Pantera Negra”, compartilha fake news anti-vacina pelo Twitter

Em “Pantera Negra”, sua personagem é uma grande entusiasta da ciência, que conhece como ninguém a tecnologia de Wakanda.

Mais uma que caiu na corrente da Grimes pelo Whatsapp, a atriz Letitia Wright, a Shuri de “Pantera Negra”, deixou seu público bem decepcionado por conta de seus recentes posicionamentos através do Twitter.


Na rede social, a jovem, cotada para assumir o manto de Chadwick Boseman na sequência do filme da Marvel em 2021, se manifestou contra a vacina de combate ao COVID-19, associando o medicamento com uma suposta agenda anti-cristo e toda aquela ladainha de “chip da besta”, que já circula pelo imaginário de conspiracionistas há eras.


Na primeira publicação, feita há algumas semanas, a atriz afirmou: “me perguntando se realmente sabemos o quão longe vai essa agenda anticristo…”.



Já em outra postagem, publicada nesta quinta-feira (03), ela compartilhou um vídeo do Youtube com mais de uma hora de duração de propaganda anti-vacina, com o título “Vacina do COVID-19: Nós devemos tomá-la?”.


Apesar das reações negativas dos seguidores, a atriz manteve os tweets no ar e ironizou: “Se você não se conforma com a opinião popular, faz perguntas e pensa por conta própria, as pessoas te cancelam.”



Nas telonas, longe dos conspiracionistas de Youtube, Wright dá vida a personagem Shuri, irmã de T’Challa e, entre outras coisas, grande entusiasta da ciência, utilizada por ela para a pesquisa e criação de armas, medicamentos, armaduras e outras coisas baseadas no metal “vibranium”, tido como uma das maiores matérias raras de Wakanda.