Reprodução/Divulgação Chamada “quarentEMO”, apresentação durou mais de 4 horas com hits antigos e atuais da banda, além de covers pedidos pelo público.

Cover da Pabllo, recado do Glenn Greenwald e mais na live da Fresno que uniu os emos de todo o país

Chamada “quarentEMO”, apresentação durou mais de 4 horas com hits antigos e atuais da banda, além de covers pedidos pelo público.
O emo vive! E a melhor prova disso foi a recente transmissão ao vivo realizada pelo vocalista da banda Fresno, Lucas Silveira, que bateu a marca de 100 mil espectadores no Youtube e também levou seu nome, da banda e a tag #quarentEMO para os assuntos mais comentados em todo o país.

Anunciada há algumas semanas, a live foi uma forma da banda se aproximar do público após os shows cancelados por conta do coronavírus e, também, uma maneira deles contribuírem na luta contra o vírus, arrecadando cestas básicas que serão doadas para famílias afetadas pela pandemia.

Na apresentação, que durou cerca de 4 horas, o repertório foi dos hits antigos e atuais da banda, que lançou no último ano o disco “Sua alegria foi cancelada”, aos covers pedidos pelo público, de My Chemical Romance a Pabllo Vittar.

Respeitando o isolamento, o vocalista Lucas Silveira comandou a live sozinho em sua casa, contando com participações através de vídeos e ligações, incluindo o jornalista do The Intercept, Glenn Greenwald, o ex-integrante da Fresno, Esteban Tavares, seus atuais colegas de banda, Vavo, Thiago Guerra e Mário Camelo, e até sua filhinha, Sky.

Pelas redes sociais, o público segue comentando sobre o show intimista e cantarolando os tantos hits da banda que se consagrou como uma das precursoras do movimento emo no Brasil e segue como um dos maiores e mais influentes nomes da cena.