Mostrando postagens com marcador fresno. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fresno. Mostrar todas as postagens
O emo vive! E a melhor prova disso foi a recente transmissão ao vivo realizada pelo vocalista da banda Fresno, Lucas Silveira, que bateu a marca de 100 mil espectadores no Youtube e também levou seu nome, da banda e a tag #quarentEMO para os assuntos mais comentados em todo o país.

Anunciada há algumas semanas, a live foi uma forma da banda se aproximar do público após os shows cancelados por conta do coronavírus e, também, uma maneira deles contribuírem na luta contra o vírus, arrecadando cestas básicas que serão doadas para famílias afetadas pela pandemia.

Na apresentação, que durou cerca de 4 horas, o repertório foi dos hits antigos e atuais da banda, que lançou no último ano o disco “Sua alegria foi cancelada”, aos covers pedidos pelo público, de My Chemical Romance a Pabllo Vittar.

Respeitando o isolamento, o vocalista Lucas Silveira comandou a live sozinho em sua casa, contando com participações através de vídeos e ligações, incluindo o jornalista do The Intercept, Glenn Greenwald, o ex-integrante da Fresno, Esteban Tavares, seus atuais colegas de banda, Vavo, Thiago Guerra e Mário Camelo, e até sua filhinha, Sky.

Pelas redes sociais, o público segue comentando sobre o show intimista e cantarolando os tantos hits da banda que se consagrou como uma das precursoras do movimento emo no Brasil e segue como um dos maiores e mais influentes nomes da cena.

Nem só de sertanejo viverão as lives e, nesta sexta (17), quem chega na sua casa pra fazer muita música boa são os caras da Fresno, que realizarão um show caseiro enquanto seguem as recomendações da chamada “quarentEMO”.

Com início marcado pras 20h, no horário de Brasília, diretamente do seu canal no Youtube, a live da banda deverá contar com repertório que vai desde seu último disco, “Sua alegria foi cancelada”, aos hits de registros anteriores, como “Desde quando você se foi” e “Alguém que te faz sorrir”; a setlist será definida com a ajuda dos fãs através das redes oficiais da banda.

Atualmente formada por Lucas Silveira, Vavo, Mário Camelo e Thiago Guerra, a Fresno foi uma das grandes precursoras do movimento emo no Brasil e segue como um dos únicos nomes sobreviventes desta época na cena atual, tendo contado com um importante movimento de renovação de estética e som ao longo de seus últimos trabalhos.



Com o disco “Sua alegria foi cancelada”, de 2019, eles se reposicionaram no meio digital, apresentando o álbum dentro de uma estratégia que incluiu lyric videos, videoclipe e até mesmo um podcast. Além do álbum fodão do início ao fim, com participações como o trio de pop triste Tuyo e a cantora Jade Baraldo.

A live da banda, só pra frisar, acontece nesta sexta, dia 17, às 20h no seu canal oficial. Não vai perder, hein? ;)

(Foto: Camila Cornelsen/Divulgação)

“Sua alegria foi cancelada”! Ou pelo menos é isso o que esperam fazer os caras da Fresno, que aproveitaram essa segunda (17) para anunciar a chegada do seu novo álbum de inéditas, com estreia marcada para o dia 5 de julho.

Três anos após o lançamento do álbum “A Sinfonia de Tudo que Há”, o novo e oitavo registro em estúdio da banda começou a ser divulgado pelo Instagram e, com uma narrativa visual, teve um trecho da sua faixa-título revelado. Olha só:


Em seus últimos shows, a banda já vinha apresentando uma canção que os fãs chamavam por “Alegria Cancelada”:



Com uma letra dessas, a bad é certa, né? Gostamos assim!

Fresno lançou seu primeiro disco em 2003 e, em meados dos anos 2000, se consagrou um dos grandes nomes da cena emo brasileira. Alguns de seus maiores hits foram “Uma Música”, “Alguém Que Te Faz Sorrir” e “Desde Quando Você Se Foi”.

Disco novo da Fresno? Clipe novo chegando? Uma parceria baita especial? Tá tendo SIM! 


Quatro anos separam o último álbum da banda Fresno do seu novo disco, chamado “A Sinfonia de Tudo Que Há”. De surpresa, a banda publicou em seu canal do Youtube um vídeo nessa quinta-feira (15), confirmando que finalizaram seu sétimo álbum de inéditas, com previsão de lançamento para o mês de outubro.



Como eles próprios adiantam, o clipe da sua primeira música de trabalho deve ser lançado em breve e, logo mais, o público poderá conhecer a agenda de shows para a divulgação desse novo material.

O disco recém-anunciado contará com 11 músicas e toda nossa curiosidade fica para “Hoje Sou Trovão”, que trará vocais do Caetano Veloso (!), já sendo dos grandes destaques do CD, sequer lançado.

“A Sinfonia de Tudo Que Há” sucede o álbum “Infinito” (2012), que marcou uma fase de amadurecimento e redescoberta da Fresno, com singles como sua faixa-título, “Maior do que as muralhas” e “Farol”.


Pode espalhar que o disco nacional do ano está chegando!
A banda Gloria lançou em maio desse ano o seu quarto álbum de inéditas, "(Re)Nascido)", e na semana passada lançaram um clipe pra mais um single extraído do material e a escolhida foi a ótima "Horizontes", que conta com a participação do cantor e compositor Lucas Silveira, vocalista da banda Fresno.

Para o videoclipe do novo single, a banda contou com direção do Paul Domingos em parceria com o Luringa, da Pexera Produções, e traz um clima dramático enquanto toca a canção dentro de uma casa de madeira. Sob uma fotografia minimalista em tom sépia, Lucas Silveira também dá o ar de sua graça e adiciona mais um pouco de melancolia para a produção. Assista abaixo:

Curtiram? Pra quem ainda não conhece, a banda Gloria é uma das grandes promessas do rock nacional há algum tempo, mas os caras ainda sofrem um ~preconceito~ por fazer um som pesado com letras sobre amor. A primeira vez que vi algo sobre eles foi quando estavam divulgando o clipe de "Minha Paz", que traz uma produção impecável tanto no clipe quanto na canção e foi lançado em 2009. Dá só uma olhada:

"Horizontes" já é apresentada pela Gloria durante seus shows há algum tempo e, caso tenham curtido muito, vale a pena conferir um registro feito por um fã de uma apresentação que rolou no Hangar 110, em São Paulo. Confira abaixo:
Não é de hoje que o cenário do rock nacional tem encontrado algumas dificuldades para se manter, porém, ainda existem boas bandas atuais e nacionais, e é claro que a Fresno é uma delas. Os gaúchos, que esse ano deixaram sua gravadora após algumas complicações e retornaram, de forma independente, com o EP "Cemitério das Boas Intenções", anunciaram na semana passada o lançamento do álbum "Infinito" - que tem previsão de lançamento para setembro deste ano - e revelaram também um trailer para o videoclipe de seu novo single, que carrega o mesmo nome do álbum e teve sua versão completa lançada nesta terça-feira (17).

Inspirado no conto "Horizonte Infinito", escrito pelo vocalista Lucas Silveira, o videoclipe de "Infinito" narra a aventura da banda, tentando concluir a missão de chegar ao espaço. O clipe, dirigido por Daniel Ferro, mostra passo à passo da forma com que o plano da Fresno ganhou forma e em contraste, apresenta também um plano bem semelhante, sendo montado pela banda numa versão infantil - mostrando que esse é um sonho antigo da banda. Em entrevista ao site G1, Lucas Silveira falou sobre o modo com que vê "Infinito" e como a canção e, respectivamente, seu videoclipe, poderá ajudar os fãs da Fresno:
“É para motivar as pessoas, fazê-las sair de frente da televisão e correr atrás. A música é um ansiolítico para mim, sou assumidamente depressivo. Nada foi fácil, mas conseguimos. Era pra ser cinematográfico mesmo. Desde meus 15 anos, sonho e trabalho para ter minha banda. É uma relação infinita, é minha previdência, aposentadoria também. Não sei fazer outra coisa.”
Para registrar imagens do espaço, a banda soltou no ar uma câmera suportada por um balão, que após cerca de três horas e quarenta minutos, foi encontrada em Lorena (SP). Quando soltaram a câmera no ar, a banda incluiu um aviso, prometendo recompensa para quem a encontrasse e assim cumpriu, dando a câmera para a pessoa, que teria apenas que devolver o cartão de memória. O novo clipe da banda Fresno não é bom, é ÓTIMO e acreditem, estou arrepiado. Confira abaixo o "Infinito":

Após alguns desentendimentos com sua gravadora, a banda Fresno voltou a ser uma banda independente e de volta ao cenário underground, lançaram o EP "Cemitério das Boas Intenções". Pouco tempo depois, a banda perdeu o baixista, Esteban Tavares, que optou por se dedicar à sua carreira solo e agora, continuam mostrando o quão grande são seus planos, começando por seu novo single, "Infinito". A canção, que já está disponível numa versão acústica no Soundcloud, foi apresentada pela banda durante o evento Adidas "Run For Your Idol", qual eles desabafaram sobre a briga com o produtor Rick Bonadio, e em breve, ganhará seu videoclipe.

Em seu novo clipe, a banda promete mais um grande lançamento e desta vez, eles vão voar muito alto. Com direção de Daniel Ferro, o videoclipe de "Infinito" é o primeiro clipe da história, a ser gravado no espaço e por enquanto, ainda não tivemos muitos detalhes desta produção, mas sabemos que teremos uma câmera, um balão e claro, muitas ideias na cabeça. "Infinito" ganhou um trailer, que foi lançado na madrugada deste sábado (14) e você pode conferí-lo logo abaixo:
No último domingo (01), a banda Fresno se apresentou na Via Funchal, no evento "Run For Your Idol", promovido pela Adidas e que contou com a Banda Cine como atração de abertura e durante seu show, a banda tocou diversas faixas que marcaram sua carreira, indo dos hits às novas do EP "Cemitério das Boas Intenções", porém, um momento que chamou a atenção foi quando Lucas Silveira, vocalista da banda gaúcha, resolveu desabafar sobre o produtor Rick Bonadio, que recentemente fez alguns comentários que incomodou um pouco a banda.

"No ano passado, os caras entraram aqui falando: "'A gente é roqueiro! A gente quer fazer música pesada'. Respondi: 'Jura? Com essa sua franja aí?' (risos). Eu gravei os caras, mas nessa última (o disco Revanche, de 2010) deu na trave. E eles vieram falar que não queriam mais gravar comigo e respondi que eu também não. Fico triste, porque eles são talentosos, mas ouvem demais a opinião de fora. O talento dos caras é fazer canções românticas, não rock pesado.", disse Rick Bonadio sobre a Fresno durante uma entrevista ao site da revista SEXY.
Lucas Silveira deu sua resposta para Rick Bonadio antes de começar a faixa "Infinito", que deverá ser o próximo single da banda, e não economizou nas palavras para falar sobre o comentário de Rick:

"Em tudo o que a gente fizer a gente tem que dar o nosso máximo porque, velho, a gente não veio ao mundo pra fazer pouca coisa. A gente não veio ao mundo, para ser mandado por alguém que não sabe po**a nenhuma de nada, porque um cara que não sabe tocar piano na tecla preta falou que a minha banda tá f*dida., disse o vocalista da banda e continuou: "Mas eu só queria dizer, velho, que tudo o que eu fizer na minha vida eu não vou fazer para esfregar na cara dos outros, eu vou fazer para dizer assim: Eu dei o meu melhor, eu gravei com a minha banda o maior disco que a gente conseguiu fazer, a gente fez o maior clipe que a gente conseguiu fazer, que lá a gente jamais iria conseguir fazer porque falariam que é impossível e não existe essa po*ra de impossível. Impossível é uma merda que falam para um bando de loser, e a gente não é", continuou.
E finalizou:
"Cabe a nós a escolha de dar o nosso melhor e ser o mais f*da que a gente conseguir, pra quando o cara que falar que a gente tá f*dido. O que a gente faz ao invés de mandar um reply pro cara?! A gente faz um show lotado como todas as bandas f*didas desse Brasil. Então vamos se f*der muito agora, porque eu tô adorando essa 'f*deção'. Muito obrigado a todos vocês que vieram!"
O desabafo de Lucas foi registrado por uma fã e você pode conferí-lo, na íntegra, abaixo ou dar uma lida no texto completo no blog Bloquinho e Rímel:


Neste mesmo evento, a banda Cine não teve um de seus melhores shows como atração de abertura. Os caras, que já abriram para nomes como Jonas Brothers e McFly, enfrentaram uma plateia de adolescentes loucos para assistir a Fresno e que de forma imatura, gritaram pelo nome da banda enquanto Cine ainda estava no palco, mostraram o dedo-do-meio em momentos que o vocalista da Cine pedia para que colocassem as mãos para cima e em um dos atos mais desrespeitosos, na minha opinião, grande parte do público da Fresno se virou de costas para o palco, ignorando por completo a apresentação da Cine. É certo que eles não são obrigados a assistir a apresentação da outra banda, muito menos curtir, mas é válido lembrar que Fresno sofreu algo bem parecido quando abriu o show do Bon Jovi no Brasil e esse mesmo público não havia gostado nem um pouco da ideia.
No ano passado, a Multishow realizou mais uma edição do Prêmio Multishow de Música Brasileira (PMMB) e após contar com nomes como NX Zero, Paula Fernandes e Restart como destaque, a emissora partiu para a nova edição do evento e com vários nomes que conhecemos muito bem. Como de costume, a emissora realizou nos últimos meses a primeira fase de votação, que é aquele período em que os fãs acessam o site da premiação e invés de escolher entre vários artistas, sugerem seus favoritos. Agora, com a primeira fase concluída, a Multishow já tem os seus indicados para a premiação e vocês podem conferir logo abaixo (com nossas apostas destacadas em negrito):

Melhor Cantor:
Thiaguinho
Michel Teló
Luan Santana
Di Ferrero (NX Zero)
Gusttavo Lima

Melhor Cantora:
Ivete Sangalo
Paula Fernandes
Pitty
Ana Carolina 
Maria Gadú

Melhor Grupo:
NX Zero
Banda Calypso
Sorriso Maroto
Fresno
Aviões do Forró

Melhor Música:
Luan Santana, "Nega"
Ivete Sangalo, "Dar-te"
Marisa Monte, "Depois"
Ana Carolina, "Problemas"
Fiuk, "Quero Toda Noite"

Melhor Show:
Jorge e Matheus
Paula Fernandes
Luan Santana
O Rappa
Jota Quest

Experimente:
Banda Dorgas
Banda Tereza
Volk
Banda Baleia
Banda Valetes

Música-Chiclete:
Sorriso Maroto, "Assim Você Mata O Papai"
Gaby Amarantos, "Ex Mai Love"
Gusttavo Lima, "Balada"
Restart, "Menina Estranha"
Michel Teló, "Ai Se Eu Te Pego"

E aí, já tem seus favoritos? Concordam com nossas apostas?! Para votar em seus artistas favoritos, ou garantir que aqueles que vocês detestam não ganhem, é só acessar o site oficial da premiação e colocar os dedos em ação! Boa sorte para nossas apostas e boa votação para você, fã!
Já faz algum tempo que começou o projeto que une ecologia com rock, Muda Rock, tem ganhado vida na internet e agora, com o apoio do Fresno, eles ganham um maior reconhecimento. Homenageando Erasmo Carlos, os gaúchos da banda de rock nacional mais legal da atualidade regravaram o clássico "Sentado à Beira do Caminho", originalmente lançado em 1969 por Erasmo e Roberto e além de regravarem a faixa, os caras ainda prepararam um clipe todo produzido num visual retrô, com direito a figurino da época e penteado wannabe Elvis Presley!

A versão da Fresno para "Sentado à Beira do Caminho" pode ser baixada gratuitamente no site MudaRock.com.br e segundo o próprio site, a cada download, uma nova árvore será plantada. Enquanto vocês fazem a parte de vocês, baixando a música e garantindo o nascimento desta nova árvore, a gente faz a nossa e mostra pra vocês este novo clipe. Confira abaixo:


Além de Fresno, vários outros nomes já tem passagens confirmadas pelo projeto Muda Rock, alguns deles são: CPM 22, Pitty, Jota Quest, Sabonetes, China, Pato Fu, Cachorro Grande, NX Zero, Supla e Emicida, é esperado que o site alcance 100 mil downloads por cada faixa, resultando em mais de um milhão de árvores plantadas.
Depois do indiscutível sucesso com seu último álbum, "Revanche", Lucas, Tavares, Gustavo e Bell decidiram relembrar os bons tempos, deixaram pra trás a Arsenal Music e apostaram na boa e velha garagem para a produção de seu novo EP, intitulado "Cemitério das Boas Intenções".
Lucas Silveira, Rodrigo Tavares, Gustavo e Bell
Em entrevista à Mix Tv, o baixista Rodrigo Tavares contou que a saída da gravadora foi amigável e que o novo EP foi mixado em seu estúdio pessoal - mesmo em que atualmente produz seu primeiro álbum solo, "Adios, Esteban!". Na mesma entrevista, Tavares ainda explicou o conceito da capa de "Cemitério das Boas Intenções" [foto acima], dizendo que as vacas são alimentadas e exploradas até seu máximo, para no fim serem mortas. Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência, tá? Confira após o jump o novo (e muito bom) EP da Fresno, "Cemitério das Boas Intenções".
Longe do baixo da banda Fresno ou dos sintetizadores de SIRsir, que é o projeto solo do vocalista da Fresno, o cantor e compositor, Esteban Tavares apresentou recentemente na internet novas músicas de seu álbum de estreia, “¡Adiós, Esteban!”.
Em carreira solo, Tavares aposta numa sonoridade calma - frequentemente aplicada a Fresno - e com letras tão intensas que fazem com que você realmente sinta a música. Ouça abaixo "Livre", "Sua Canção" e confira o clipe de "Pianinho":
Esteban - Livre

Esteban - Sua canção

"Pianinho"

Curtiu? As faixas disponibilizadas pelo Soundcloud podem ser baixadas gratuitamente pelos players acima.
Há algum tempo atrás, o vocalista da banda Fresno havia divulgado seu projeto solo e paralelo a banda, Beeshop. O projeto por sua vez, recebeu vários elogios e chegou a ganhar um videoclipe, mas Lucas teve ideias demais para um só projeto e volta agora com seu novo projeto/alter-ego SIRsir.
 
O primeiro EP de SIRsir, "Immortalizer" [capa acima], já tá rolando na internet há algum tempo e traz algo bem semelhante aos trabalhos do Daft Punk (pra quem curte, vale conhecer!), com direito a dubstep e vários elementos eletrônicos necessários para uma boa música pop.  Ouça na íntegra pelo player acima!
Ainda do EP "Immortalizer", SIRsir lançou um clipe para "Down", primeira música de trabalho do projeto. O clipe é todo trabalhado na obscuridade e chegou a me lembrar os últimos trabalhos do 30 Seconds to Mars que têm seguido uma linha semelhante. Carregado daqueles elementos que você vê em videos sobre mensagens subliminares em videoclipes, Lucas aposta numa nova fase fazendo com que você esqueça por um momento que ele é líder de uma banda de rock nacional. Assista "Down":
A banda Fresno participou recentemente de uma entrevista com internautas e com à MTV Brasil. Durante a entrevista, quase todas as perguntas se tratavam sobre o último álbum da banda, "Revanche". 
O vocalista, Lucas Silveira e o baixista, Esteban Tavares, falaram sobre o modo que classificavam a banda no começo da carreira, o modo como são vistos hoje e fizeram algumas críticas ao mercado musical atual e o modo com que as rádios se privam do rock.

"Se a Fresno surgisse hoje assim, vamos supor, assinou com a gravadora hoje e vão lançar um CD com trabalho de rádio, eles não iriam tocar nenhuma música nossa. Ou como iria começar um bagulho já com versão acústica assim? Quem ouve o Fresno no rádio hoje sabe, ‘Puts, essa é a versãozinha da música que eles tem no disco.’" disse Lucas
Ainda aproveitando o assunto "rádio", Lucas e Tavares falaram sobre as intensas críticas que o rock nacional vem recebendo por bandas como Restart e Cine, que são grandes responsáveis por essa era "colorida" da música - a banda Cine usou as roupas coloridas antes mesmo da Restart, após o segundo videoclipe da banda, "Garota Radical" e as intensas comparações entre as bandas, optaram por abandonar o visual e focar na música -.

"É, e na verdade as pessoas pegam, por exemplo, essa nova geração do happy rock. Os caras falam que todas as bandas são de happy rock, e nisso se fala só que o rock nacional é happy rock. Aí tem muita banda boa aí que acaba ofuscada aí." disse Tavares
"É, uma coisa que dá muita raiva é isso, o pessoal fica condenando ‘Ah, esse rock brasileiro é uma merda!’, mas só citam merda. Pô, tu já ouviu as bandas boas brasileiras pra dizer que o rock tá uma merda?" disse Lucas e prosseguiu: "Os caras que só conhecem o que é gringo, ouve Cine e fala “Bah, esse rock brasileiro é uma merda”. Mas eu acho que tem um monte de banda boa, só que a diferença de hoje é que o rock não é uma coisa em que as bandas boas estão conhecidas."
O baixista Tavares fez também sua crítica às rádios que hoje em sua maioria se direcionam a música POP, deixando o rock de lado.
"É, hoje eu acho que tem coisa de três rádios nacionais dispostas a serem conhecidas como rádios que tocam rock nacional e rádio que atinge a galera jovem assim, que toca rock mesmo, pelo menos eu só conheço uma. Então é estranho, saca? O rock não é mais popular. Na verdade nem a música pop é popular mais. O que rola agora é o novo gringo Rihanna da vida, Beyonce, e o over produções que são o pior troço que pode se pensar assim." concluiu o baixista
Após a entrevista, muitos resolveram criticar a banda quanto à relação de "troço" e "música POP", ou outras citações como "Rihanna da vida" e tudo mais, mas se prestarem a atenção, verão que isso vai de saber ou não interpretar uma declaração. Vendo pelo lado da banda que está realmente ficando de fora desse "novo mercado", podemos compreender seu ponto de vista. Mas vai uma pequena correção aqui, Cine nunca foi happy rock, ér.

Se você ainda faz parte daquele grupo ignorante que se limita a classificar a banda Fresno como emo, pare de ler o post aqui. Desde o lançamento do álbum "Revanche", é visível que a banda Fresno foi uma das bandas nacionais que mais evoluíram ultimamente (também incluo nesse grupo os caras do NX Zero)
Fresno conseguiu facilmente se desligar daquela imagem de banda teen que fala sobre amor e alcançar um novo patamar, patamar que muitas bandas consideradas importantes no rock nacional atual não alcançaram. Além de exibir uma imagem e letras mais maduras, a banda conseguiu também mostrar suas influências sem copiar descaradamente, eu diria que eles se influenciaram da maneira certa e muitos outros artistas deveriam usar isso como exemplo. Sem mais, no clipe "Porto Alegre", a banda usa e abusa de uma ótima produção e fotografia, volta ao passado, a sua cidade natal e garante uma vaga na categoria "Video do Ano" no VMB 2011. Assista "Porto Alegre":

A banda Fresno é uma banda que eu admiro há muito tempo, é uma banda que soube evoluir com o tempo sem perder sua essência. A banda não precisou se vender a moda para se manter no topo e cada dia que passa conquista mais fãs. Fresno foi uma banda que sobreviveu as críticas, e soube crescer com elas e mais uma prova disso foi o novo clipe da banda que se chama "Eu Sei" que mostra um clima entre amigos com piscina, bolhas de sabão e muita música, que é o que eles sabem fazer de melhor.