Conversamos com a Sydney, do Echosmith, sobre a saída de Jamie da banda, "Stranger Things" e mais!

E, sim, perguntamos se eles tem planos de vir a Brasil (spoiler: eles tem!)

Já pensou como seria se você lançasse seu single de estreia, o visse explodir no mundo todo e se tornar um grande hit? Foi isso que aconteceu com o Echosmith. Formada pelos irmãos Noah, Graham e Sydney, a banda experimentou o sucesso repentino com "Cool Kids", música que alcançou o #13 da Billboard Hot 100, e com seu primeiro disco, "Talking Dreams", e viu sua vida mudar do dia para a noite.


Apesar da história de sucesso, nem tudo são flores. No ano passado, Jamie Sierota, irmão e ex-guitarrista do grupo anunciou sua saída para poder ficar mais próximo da família e do seu filho recém-nascido. Após um longo período dividido entre turnê, descanso e horas no estúdio em busca de um som e identidade próprias, o Echosmith retorna agora não só com o desafio do segundo álbum, mas também com o trabalho de mostrar que a banda está mais próxima do que nunca. Pelo menos, é isso o que nos garantiu a Sydney em nossa entrevista.

Conversamos com a vocalista (muito simpática) do grupo sobre o novo single da banda, "Goodbye", o álbum "Inside A Dream", marcado para o dia 29 de setembro, "Stranger Things", vinda ao Brasil e muito mais! Confira a entrevista completa abaixo:

***

It: "Goodbye" é muito mais introspectiva e acústica do que a maioria de suas músicas. O novo álbum vai seguir essa linha?
Sydney: Na verdade, "Goodbye" é muito única! Não tem nada como essa música no álbum. Ela é a única nesse estilo mais acústico, e é mais diferente mesmo. O disco vai ter músicas com mais guitarra do que "Goodbye". Ele é diferente dessa música, mas ainda parece que faz parte da mesma família de "Goodbye". Exploramos bastante no álbum e as músicas passam vibes diferentes mas, no final, estão relacionadas e tem todas uma mesma vibe.

Vocês fizeram bastante sucesso com "Cool Kids". Se sentem pressionados a repetir esse sucesso com "Goodbye"?
Sydney: Naturalmente, tem um pouquinho de pressão. Temos a sorte de ter tido sucesso com "Cool Kids" e tivemos uma reação incrível com essa música. Então, naturalmente nós ficamos meio "OMG! Será que vamos conseguir o mesmo sucesso ou vamos conseguir ainda mais? Vou conseguir escrever uma música melhor? Como fazemos isso?", sabe? Você tem que colocar isso de lado e fazer músicas que venham do seu coração, de verdade, porque é isso que importa. Isso é o que conecta as pessoas. Então, nós decidimos não pensar na pressão. O sucesso de "Cool Kids" foi resultado disso, de escrever músicas que amamos, que nos representam. Foi por isso que deu certo!



It: Ok, agora vamos falar de um assunto um pouquiiiiinho delicado. Como vocês estão lidando com a saída do Jamie? Acham que isso vai impactar no som de vocês?
Sydney: Honestamente, a saída do meu irmão foi triste e partiu meu coração, mas, no final do dia, as pessoas escolhem o que fazem e nós só podemos controlar nossa própria vida. Estou feliz com onde estamos agora. Nós estamos muito próximos, nos falamos sempre e sempre vamos visitar seu filhinho. Estamos felizes com aonde estamos agora. É difícil descobrir o que fazer sem um membro da banda, ainda mais alguém tão importante e que é seu irmão, por isso precisamos tirar um tempo pra entender quem somos como banda, descobrir nosso som e ver como seria sem Jamie. Estamos felizes com como resolvemos isso tudo e a banda está mais unida do que nunca. No final do dia, é isso, você faz o que pode e você só pode tomar as decisões da sua vida.

It: Vocês lançaram o "Talking Drams" em 2013 e agora vão lançar o "Inside a Dream" nesse ano. Por que demoraram tanto?
Sydney: Estávamos fazendo turnê! Fizemos turnê por três anos com o "Talking Dreams" e isso foi maravilhoso! Nós crescemos muito durante tudo isso, nossas canções estavam indo bem, pudemos ver a reação das pessoas com elas e, no meio disso tudo, não tínhamos tempo pra realmente trabalhar em novas músicas. Uma turnê ocupa muito do seu tempo. Também precisávamos tirar um tempo para descansar. Depois disso tudo, estamos bastante felizes agora e acho que esse tempo fez bem porque nos encontramos.

It: Vocês colaboraram com o Zedd no álbum deles e o resultado foi bem legal! Pensam em colaborar com alguém para o "Inside a Dream"?
Sydney: Na verdade, nosso álbum não terá nenhuma parceria, mas escrevemos com pessoas bem legais e diferentes como o Ryan Tedder do OneRepublic. Trabalhamos com pessoas de bandas diferentes e que realmente gostamos e isso é sempre bom, traz novas energias e faz com que o processo seja refrescante. Cada novo ciclo de se fazer um álbum é isso, temos que tentar buscar coisas novas.



It: Alias, vocês estão usando a palavra "dream" mais uma vez no título de um álbum, acho que vocês gostam dela MESMO. É proposital? Esse disco vai meio que ser uma continuação do primeiro?
Sydney: Siiiiim! Quando lançamos o primeiro álbum não tínhamos fãs e sonhávamos com como nossa vida poderia mudar, sonhávamos em estar aonde estamos hoje ["Talking Dreams" - conversar com os sonhos] e agora estamos vivendo nosso sonho ["Inside A Dream" - dentro de um sonho]. É lindo pode viver esse sonho e nós estamos muito felizes de essa ser a nossa vida. Sempre quisemos viver tudo isso e nos sentimos muito sortudos!

It: Eu ouvi algo sobre o novo som de vocês ser do tipo que nós poderíamos escutar em "Stranger Things". Como assim? Explica isso pra gente!
Sydney: Eu não sei quem disse isso, mas amamos "Stranger Things"! Nós somos muito fãs da série. Na verdade, meu irmão ama a série. Gostamos da soundtrack, ela é incrível, única e muito anos 80. Nós sempre amamos os anos 80 e nosso álbum tem essa pegada, com muito teclado e muita bateria eletrônica. Acho que tem algo de "Stranger Things" sim, mas diria que é mais feliz do que a série!

It: Vocês vão entrar em turnê de novo! Estão animados?
Sydney: Sim! Amamos fazer turnê e nos conectar com nossos fãs, vê-los cara a cara... Amamos ver as pessoas reagindo as nossas músicas. Vai ser muito legal tocar as novas músicas. Claro, vamos tocar as antigas também! Queremos fazer a turnê desse álbum por alguns anos e queremos poder levá-la para o mundo todo!

It: Tem planos de vir ao Brasil com essa turnê?
Sydney: Sim, vamos sim, queremos ir! Temos fãs incríveis aí, eu sempre vejo os tweets de vocês. Nós sabemos que vocês estão esperando pela gente, então nós vamos tentar ir sim ao Brasil!

***

Não estamos surpresos de saber que a Sydney vê nossos tweets o tempo inteiro, afinal, todos sabem que foi o Brasil que inventou a Internet e tudo que há nela. E, gente, ela é muito fofa e divertida! Já queremos ser bffs. Ficamos por aqui ouvindo muito "Goodbye" enquanto o "Inside A Dream" não chega.

Aproveitamos para agradecer a Warner Music Brasil por ter nos proporcionado esse entrevista e a Sydney por ter sido tão gente como a gente <3