Rihanna tá tocando o terror no clipe NSFW de “Needed Me”

Se a Rihanna entra no jogo, é certa de que irá ganhar. A cantora, que se apresenta no Brasil em setembro, segue com a divulgação do disco “ANTI”, que chegou ao topo das paradas com a parceria do Drake em “Work”, e depois de lançar o clipe pra lá de sensual de “Kiss It Better”, a cantora cumpre com o prometido e nos mostra a versão audiovisual do seu outro single, que será promovido simultaneamente a baladinha R&B, sendo esse a trap “Needed Me”.

Crítica: o deslumbramento de Rihanna diante do desconhecido em “ANTI”

Com mais cara de hit do que “Kiss It Better”, a música nova foi produzida pelo Mustard, como sua introdução já denuncia, e fazendo companhia para todos os outros clipes da Rihanna com esse álbum, chega com uma produção toda NSFW, na qual a cantora volta a mostrar que é destruidora mesmo, no que parece uma mistura de “Bitch Better Have My Money”, “Man Down” e “Pour It Up”, com uma paleta semelhante à “Diamonds”.

No clipe, dirigido pelo Harmony Korine, a veia violenta de Rihanna é despertada outra vez, por um assunto que tem sido corriqueiro por aí: traição. Mas nada é apresentado superficialmente e, em câmera lenta, vamos do gueto ao luxo, com o já tradicional sangue no final. É um belo contraponto à descontração de “Work” e despretensiosa sensualidade de “Kiss It Better”.

Assista:



Acabei de levar um “High By The Beach” aqui em casa.

Curiosidades que valem mencionarmos: essa é a terceira vez que Rihanna assassina um cara em um videoclipe, sucedendo “Man Down” e “Bitch Better Have My Money”, e esse clipe acompanha também outro marcante fato dessa fase da cantora, visto que, como todos os outros do disco “ANTI”, foi censurado — agora, por nudez e violência explícita. A verdadeira era “Rated R” chegou.

PS.: Que esse álbum não deixe de ser divulgado sem lançar “Yeah I Said It”, “Same Ol’ Mistakes” e “Love On The Brain” como singles.
Tecnologia do Blogger.