It Charts Especial: Mark Ronson, Taylor Swift e The Weeknd são os destaques do Hot 100 com os maiores singles do ano!

Chegou o momento mais esperado do ano para quem é ligado nos charts! Hoje, a Billboard americana divulgou seu Year-End Chart com os maiores singles, álbuns e artistas do ano em vendas de discos, execuções nas rádios e nos streamings em 2015. É claro que o resultado não poderia ser outro que não uma grande retrospectiva do que a gente teve de melhor e mais popular nesse ano, né? Só para uma melhor compreensão, o período de análise da Billboard foi de 21 de novembro de 2014 a 28 de novembro desse ano, o que explica a ausência de Adele e Justin Bieber na lista dos álbuns ou em uma posição maior na de singles.

Você já deve imaginar quem se destacou esse ano, certo? Em um ano sem (grandes) destaques, Taylor Swift monopolizou o cenário pop feminino - ela é a única mulher dona de um dos 10 maiores singles do ano - e emplacou todos os singles lançados no top 10 - ela inclusive apareceu com os cinco singles do "1989" na lista de fim de ano e teve o álbum mais vendido do período analisado. O ano também foi excelente para o até então pouco conhecido The Weeknd: ele tem seus três singles nos 15 mais populares do ano nos EUA e ainda aparece com Ariana Grande em #56 na parceria "Love Me Harder". Rihanna, que há muito não amargava posições tão baixas com singles, emplacou na posição 42 "FourFiveSeconds" e "Bitch Better Have My Money" seis degraus abaixo, em 48º.

Quer mais colocações dos singles mais queridos do ano, mas que não chegaram ao top 10? "Lean On", do Major Lazer, um dos maiores hits internacionais no Brasil, terminou em #16, bem atrás de "Bad Blood", em 15º. "Can't Feel My Face", recém-indicada ao Grammy, quase chegou lá (#12). "Worth It", da girlband Fifth Harmony, terminou em #23, um pouco a frente de Selena Gomez e seu primeiro top 5 "Good For You" (#27). "Hotline Bling" ainda está em seu auge nos EUA, mas mesmo assim conseguiu um belo top 30 (#30). "Hello", da máquina de recordes chamada Adele, teve apenas três semanas de desempenho contabilizadas pela Billboard, mas mesmo assim alcançou o 35º lugar. Justin Bieber apareceu duas vezes, uma com "Where Are Ü Now" em 19º e outra com o lead-single do Purpose "What Do You Mean" (33º). Por fim, a grande aposta de Demi Lovato para o verão, "Cool For The Summer", foi o 53º single mais popular do ano. Quer ver como ficou o top 10? Rola a taba barra e vê os comentários que fizemos!

10º lugar
"The Hills", The Weeknd 
Posição de Pico: 1º / Semanas na parada: 28 (até agora)


Não adianta, 2015 foi dele: The Weeknd abre o top 10 com seu hit "The Hills", single de estreia do "Beauty Behing The Madness" (#13 na Billboard 200). A canção ainda figura no top 5 da Hot 100, em sua 28ª semana de chart. Como o reinado começou? As Colinas destronaram "Can't Feel My Face" no fim de setembro e ficaram na liderança por 6 semanas, dominando as rádios, as vendas e os streamings. Nós já sabíamos que a música apareceria por aqui, né? E ainda não duvidamos nada que ainda dê as caras no chart de fim de ano de 2016...

9º lugar
"Earned It", The Weeknd
Posição de Pico: 3º / Semanas na parada: 43


À frente de "The Hills", "Earned It" prova a teoria de que não precisa alcançar o topo para ser um grande hit ("Bad Romance" que diga). Inclusive, a música-tema do Cinquenta Tons de Cinza, um dos destaques do ano, foi o maior sucesso de Abel nos Streamings (8º do ano). Lembrando que essa música gostosíssima para momentos íntimos chegou ao top 3 na época em que "Thinking Out Loud", de Ed Sheeran, e "Uptown Funk", de Mark Ronson e Bruno Mars, guerreavam pelo topo e monopolizaram as duas primeiras posições (algo como a atual batalha "Hello" x "Sorry").

8º lugar
"Watch Me", Silentó
Posição de Pico: 3º / Semanas na parada: 41 (até agora)


"Watch Me" foi uma daquelas músicas virais que entraram na cabeça de todo mundo e conquistaram o amor e o ódio de muita gente. Silentó, com apenas 17 anos, já tem um hit entre os 10 mais do ano e só tem o que comemorar (inclusive, ele ainda está no top 20 da Hot 100 da última semana). Graças às criancinhas americanas, a música foi a 3ª com mais Streamings no ano - em um ano cheio de hits. Nada mal para quem está começando, né?

7º lugar
"Blank Space", Taylor Swift
Posição de Pico: 1º / Semanas na parada: 36


Foi no dia 22 de novembro que Taylor Swift alcançou o topo da Billboard com até então mero 2º single "Blank Space". O clipe, impecável e mega elogiado, quebrou o famigerado recorde da Vevo e impulsionou a música ao primeiro lugar da parada americana. "Blank Space" vendeu mais de 4 milhões de cópias no país e, com as rádios nas mãos, ficou sete (!!) semanas na liderança, entrando 2015 com a medalha de ouro e entregando-a nas mãos de Mark Ronson e Bruno Mars só no meio de janeiro. Lembrando que, infelizmente, Taylor é o único nome feminino listado aqui no top 10.

6º lugar
"Shut Up And Dance", Walk The Moon
Posição de Pico: 4º / Semanas na parada: 53


Ele foi 4º lugar assim como "Lean On", mas passou mais de 50 semanas passeando pelos charts e morou por quase 20 semanas no top 10. O resultado não poderia ser outro: os garotos do Walk The Moon conseguiram emplacar a super animada "Shut Up And Dance" na sexta posição entre os mais bombados de 2015. Não foi pra menos: a canção foi o segundo maior sucesso das rádios esse ano e também o maior sucesso rock.

5º lugar
"Sugar", Maroon 5
Posição de Pico: 2º / Semanas na parada: 42


Sempre que o Maroon 5 lança um CD novo, tem aquele single que se destaca e chega entre os mais populares do ano. Foi assim com "Moves Like Jagger" e "One More Night". O dessa vez foi "Sugar", que estrou no comecinho do ano na parada e chegou à vice-liderança da tabela. Foi a quarta mais tocada pelas rádios esse ano e teve um dos clipes mais assistidos também. Quem não se lembra da polêmica "era armado" versus "não foi armado"? O que importa é que eles arrasaram por lá e com certeza também estarão entre as cinco mais tocadas do Brasil esse ano.

4º lugar
"Trap Queen", Fetty Wap
Posição de Pico: 2º / Semanas na parada: 45 (até agora)


O rap/hip-hop foi catapultado de volta aos charts em 2015 e Fetty Wap com certeza foi um dos maiores nomes do ano no segmento. Ele teve três músicas no top 10 e uma delas, Trap Queen, não só liderou os Streamings do ano (!!) como também foi sucesso de vendas. É por isso que ele está no 4º lugar dos singles mais tops do ano. Boa, Fetty!

3º lugar
"See You Again", Wiz Khalifa feat. Charlie Puth
Posição de Pico: 1º / Semanas na parada: 38 (até agora)


Oportunista do primeiro ao último verso, vemos que a fórmula de "See You Again" deu resultado, né? A música foi trilha sonora do filme "Velozes e Furiosos 7", uma das maiores bilheterias do ano, e sua letra claramente apelativa faz alusão à morte de Paul Walker, um dos personagens da franquia. O single ficou 12 (!!) semanas não consecutivas no topo (olá, "Bad Blood") e tocou até ninguém aguentar mais. Foi, inclusive, tema de duas matérias de protesto feitas pelo site, que você pode ler aqui e aqui. Todo esse sucesso (não merecido, que fique claro) gerou uma bela medalha da bronze para a música no chart de fim de ano.

2º lugar
"Thinking Out Loud", Ed Sheeran
Posição de Pico: 2º / Semanas na parada: 59


No ano passado, "Thinking Out Loud" terminou no top 3 dos singles mais populares do Reino Unido. O sucesso atravessou o oceano e se deu de vez na América, onde por (muito) pouco o cantor mais fofo do mundo não conquistou o primeiro lugar mais cobiçado da música mundial. Ele batalhou venda a venda e execução a execução com Mark Ronson e Bruno Mars, e depois de mais de um ano vagando pela Hot 100, ele conseguiu a vice-liderança da tabela anual, barrando vários hits number-one e mostrando que pouco importa se você pegou o primeiro lugar ou não: você pode ser um grande hit! Quer mais números? Foi segundo maior sucesso de vendas, a segunda música mais executada por streaming e a quinta mais tocada nas rádios. TOL é ou não o trunfo de Ed Sheeran?

ACHA QUE CHEGAMOS AO PRIMEIRO LUGAR? NADA DISSO!
Antes de anunciarmos o grande single de 2015, vamos relembrar o top 5 de 2014? Quem lembra?

Year-End Chart 2014

5º "Counting Stars", One Republic
4º "Fancy", Iggy Azalea feat. Charli XCX
3º "All Of Me" John Legend
2º "Dark Horse", Katy Perry feat. Juicy J
1º "Happy", Pharrell Williams


A trilha sonora do filme "Meu Malvado Favorito 2" conquistou as rádios do mundo inteiro e foi soberana 10 semanas no topo da Hot 100. Com mais de 6 milhões vendidos, números altíssimos de streamings e execuções exaustivas nas rádios americanas, obviamente que Pharrell conquistaria o topo da lista de fim de ano, né?

Voltando para 2015, eis a grande campeã das vendas, dos streamings, das rádios, aquela que dominou tudo e que trouxe de volta o bom e velho soul para o todo das paradas:

1º lugar
"Uptown Funk", Mark Ronson feat. Bruno Mars
Posição de Pico: 1º / Semanas na parada: 55


E finalmente o primeiro lugar, o single mais popular dos Estados Unidos em 2015. Quando a gente lançou a lista com nosso singles favoritos de 2014, "Uptown Funk" entrou em 8º lugar e nós já anunciávamos na descrição: estávamos diante da "Happy" de 2015. Dito e feito! Taylor Swift teve mais duas semanas de reinado e entregou a coroa para Mark Ronson e Bruno Mars, que fizeram o single ficar 14 semanas no topo da Hot 100 - coisa que não acontecia desde o smash "I Gotta Feeling", do Black Eyed Peas de 2009. "Uptown" liderou as vendas e as rádios durante o ano e se tornou o 11º single mais bem sucedido da história, de acordo com a Greatest Of All Times da Billboard divulgada mês passado. Uau...

Que 2016 nos reserve muita coisa boa! Que volte Lady Gaga, Beyoncé, Aguilera, Katy Perry... As mulheres têm que voltar, já!!! E se neste ano, 9 dos 10 singles mais tocados foram de homens, que ano que vem, 9 de 10 singles por aqui sejam femininos. Amém?
Tecnologia do Blogger.