It Charts: Adele quebra novos recordes, Selena Gomez estoura no top 10 dos EUA e Justin Bieber continua bombando no Reino Unido

Alô alô alô vocês sabem quem sou eu? Depois de três semanas tirando férias enquanto nenhuma grande novidade aparecia pelos charts, o quadro mais amado do It Pop está de volta de seu recesso de fim de ano e chega trazendo notícias fresquinhas pra você. Sabe a Selena Gomez? Menina, cê vai desacreditar, ela tá quase dando as caras no top 5 de novo, dessa vez com "Same Old Love". A Adele continua bombando nos EUA, onde conseguiu seu maior reinado ever, mas Justin Bieber está ali, na cola. Inclusive, o topo do chart britânico é dele com o terceiro single do disco, "Love Yourself", que já superou o sucesso de "Sorry" por lá. Mas eu não vou contar mais nada aqui. Quer saber mais? Tá tudo no post, se joga!


10º lugar
"Sax", Fleur East (-2)
Última semana: 8º / Semanas na parada: 6

O hino setentista de Fleur East abre o top 10 britânico em sua sexta semana no chart - e na nossa lista. Enquanto ainda não ganha fama nos EUA, por aqui a aspirante à Beyoncé estreou no top 3 e dividiu o pódio com Justin Bieber e Adele. Quando esse hino vai virar hit no Brasil, nos EUA e no resto do mundo, hein?


9º lugar
"Forever Young", Louisa Johnson (estreia)
Última semana: - / Semanas na parada: 1

A vencedora do X-Factor UK já tem uma música no top 10. É natural que isso aconteça, principalmente depois de uma temporada tão disputada e envolvente como essa, né? Ainda mais quando a vencedora é uma das favoritas do público e tem tanta voz e talento. Boa, Louisa!


8º lugar
"Shut Up", Stormzy (+91)
Última semana: 99º / Semanas na parada: 14

O grande salto inexplicável da semana é da Stormzy com sua "Shut Up", que pulou da posição 99 para a 8 em apenas uma semana - e só depois de 14 semanas na parada. Oi?


7º lugar
"Adventure Of A Lifetime", Coldplay (+2)
Última semana: 9º / Semanas na parada: 6

Primeiro single do último disco do Coldplay, "Adventure" veio engatinhando aos poucos degraus mais altos dos charts e finalmente chegaram ao top 10 semana passada. Eles agora conseguiram seu maior pico por aqui com a música, em 7º lugar, e as expectativas são muito boas!




6º lugar
"Sweet Lovin'", Sigala feat. Bryn Christopher (-3)
Última semana: 3º / Semanas na parada: 4

Mais um sucesso eletrônico de Sigala que os britânicos amaram, mas que não segurou a marimba e que agora, quatro semanas depois, já caiu para a sexta posição depois do pico no pódio.


5º lugar
"What Do You Mean?", Justin Bieber(+1)
Última semana: 6º  / Semanas na parada: 16

"What Do You Mean" pode até não ser a melhor música do "Purpose", mas cumpriu bem seu papel de lead-single e é até agora o maior hit de Bieber na Inglaterra. São dezesseis semanas no top 10 desde que estreou no topo da parada, no começo de setembro. Isso é que é poder, hein Bieber?


4º lugar
"You Don't Own Me", Grace feat. G-Easy (+1)
Última semana: 5º / Semanas na parada: 4

Grace entoa um dos maiores hinos desse final de ano. "You Don't Own Me", que subiu como um idoso os degraus do top 10 e que agora atingiu seu ápice, no quarto lugar. Se você ainda não conhece a música, vale muito a pena dar um play e entender o que (e do que) a gente está falando.



3º lugar
"Hello", Adele (+1)
Última semana: 4º / Semanas na parada: 8

Se lá nos EUA Adele continua soberana no topo da parada, aqui no UK ela acaba de retornar ao pódio depois de perdê-lo na última semana. Com as vendas já em queda, o que sustenta a música são as rádios e os streamings do clipe, que ainda bomba, mas que já não estão com tudo isso. Quem diria que a terra de Adele a menosprezaria e que a América a abraçaria?



2º lugar
"Sorry", Justin Bieber (=)
Última semana: 2º / Semanas na parada: 8

Tudo o que Justin Bieber perdeu desde "Journals", ele tem retomado ultimamente com o sucesso estrondoso que suas músicas tem tido nos dois maiores mercados fonográficos do mundo. São mais de 4 semanas de top 5 para os 3 primeiros singles de "Purpose" até agora, e Sorry, claro, não está de fora. A música, considerada por nós do It o melhor single do ano, se mantém na vice-liderança.



1º lugar
"Love Yourself", Justin Bieber (=)
Última semana: 1º / Semanas na parada: 5

Enquanto do outro lado do Atlântico "Love Yourself" ainda ganha popularidade nas rádios e nas vendas, no Reino Unido o terceiro single da nova era de Bieber já está estourando, há três semanas no topo da UK Singles Chart, sem ameaças de destronamento e com reinado garantido para a próxima semana. Na terra da Rainha, Justin Bieber já foi coroado rei - pelo menos até o próximo escândalo ou single. É como diz MC Melody: "falem bem ou falem mal, mas falem de mim".






Pelos EUA, pouca coisa mudou. O top 5 continua o mesmo, com a troca de duas posições apenas, e com uma subida fantástica de Selena Gomez, que vem com tudo com "Same Old Love". Quem também tem segurado a marimba é Alessia Cara e seu hit "Here". Fora do top 10, The Weeknd está na 12ª posição com In The Night, terceiro single do "Beauty Behind The Madness", que tem grandes chances de alcançar o top 10 na próxima atualização! Vê só a listinha da semana:

10º lugar 
"Like I'm Gonna Lose You", Meghan Trainor feat. John Legend (=)
Última semana: 10º / Semanas na parada: 24

Meghan Trainor até tentou emplacar um novo hit, mas "Like I'm Gonna Lose You" é aquela fórmula água com açúcar que não pôde concorrer com os verdadeiros e, consequentemente, não vingou. Segurando a marimba no décimo lugar, é ela que abre nosso top 10, mas semana que vem é bem possível que já não esteja por aqui.

9º lugar
"Stitches", Shawn Mendes (-1)
Última semana: 8º / Semanas na parada: 30

Quem diria que aquele single do novato do pop que passou semanas indo e vindo no top 20 renderia tanto, hein? Foram milhões de downloads, streamings e execuções nas rádios que deram a Shawn Mendes seu primeiro top 5 no chart mais importante do mundo. Pra um novato e novinho desses, nada mal. Ok, Lorde conseguiu um reinado de oito semanas à frente da Hot 100 aos 17 anos, mas Shawn também deu bons resultados e é um nome que ainda ouviremos muito.



8º lugar
"Here", Alessia Cara (=)
Última semana: 8º / Semanas na parada: 20

Uma das revelações da música este ano e uma das apostas para o ano que virá é Alessia Cara. Não é a toa que a moça tem tido um desempenho tão bom com "Here" no top 10: as suadas 17 semanas para conseguir aparecer entre os 10 mais tem valido a pena e não foram à toa.



7º lugar
"The Hills", The Weeknd (-1)
Última semana: 6º / Semanas na parada: 30

"The Hills" foi um dos grandes hits desse ano e mesmo depois de mais de 20 semanas no top 10, ainda figura por aqui com seu desempenho de vendas, execuções e airplay. É normal um hit perder força e cair, mas Abel não para e a gente aposta que logo logo "In The Night" aparece na nossa coluna.



6º lugar
"Same Old Love", Selena Gomez (+3)
Última semana: 9º / Semanas na parada: 14

Se "Good For You" lutou muito para alcançar o top 5, "Same Old Love" tem demonstrado muito mais desenvoltura e deu o maior salto na parada americana, subindo do 9º ao famigerado 6º lugar que Selena Gomez sempre conquista. Mas com ganhos tão altos de uma semana para a outra, não é difícil que já na próxima atualização Selena consiga um novo top 5. E quem sabe, em nome de Jesus, até um top 3 com um cenário de "Hotline Bling" e "Sorry" se enfraquecendo?


5º lugar
"What Do You Mean?", Justin Bieber (-1)
Última semana: 4º / Semanas na parada: 16

Dezesseis semanas de top 10 não é pra qualquer um, tem que ser hit, e "What Do You Mean?" tem cumprido muito bem com esse proposto, apesar de ter passado só uma semana no topo da parada. Mas quem se importa quando se tem outros 2 singles no top 5 e fazendo um mega-sucesso?


4º lugar
"Love Yourself", Justin Bieber (+1)
Última semana: 5º / Semanas na parada: 5

Oficialmente anunciado como terceiro single do "Purpose", "Love Yourself" tem crescido sua audiência nas rádios aos poucos e mantém bons números de vendas. Esse é o caminho, Bieber! Quem sabe você não consegue mais um top 3 semana que vem?



3º lugar
"Hotline Bling", Drake (=)
Última semana: 3º / Semanas na parada: 20

O number-one hit que não foi, "Hotline Bling" se mantém tranquilo em terceiro lugar ainda com execuções nas rádios, mas com as vendas e os streamings já em queda, a gente já acha possível que o single dê lugar a "Love Yourself" já na próxima semana.


2º lugar
"Sorry", Justin Bieber (=)
Última semana: 2º / Semanas na parada: 8

Novamente Justin Bieber aparece na vice-liderança da tabela com "Sorry", definitivamente o melhor single desse ano, né non? O segundo single de Purpose estreou nessa mesma posição há oito semanas, abaixo de Adele, claro, e desde então tem estourado nos EUA. Nesta semana, a música vendeu 104 mil cópias e ganhou 9% de audiência nas rádios, além de ter se tornado o primeiro topo de Bieber na Streaming Songs mesmo apesar da queda de 4% nas execuções. Mas tem mais: nessa atualização, Bieber conseguiu emplacar "Sorry" no topo da Pop Songs! A Billboard já começa a apostar se o garoto pode destronar Adele na próxima semana, já que a pontuação final da canção saiu apenas 1%, enquanto a do smash hit de Adele caiu 9%. A corrida pelo topo pode ficar bem apertada e concorrida como nunca antes e o canadense pode, com certa facilidade, conquistar seu segundo hit number one e barrar Adele em sua nona semana.



1º lugar
"Hello", Adele (=)
Última semana: 1º / Semanas na parada: 8

Oito semanas depois de estrear no topo da Hot Hundred, Adele e seu Olá continuam reinando soberanos, o que torna o lead-single do "25" dono do maior período da britânica no topo da Hot 100 (antes, o dono do título era "Rolling In The Deep", que ficou 7 semanas na liderança). Nas vendas, o atual smash single de Adele caiu apenas 3% em sua oitava semana, um número que representa certa estabilidade. Nos Streamings, a queda foi bem maior, de 18%, e nas rádios a audiência continua absurda (170 milhões de execuções nas estações americanas). Já que toda semana tem um recorde, o da vez é que Adele é dona do álbum que mais vendeu desde 2011. E você sabe qual o álbum que mais vendeu em 2011, rs? Sim, 21. Ou seja: o 25 é o álbum que mais vendeu em menos tempo desde o 21. O resultado da conta é fácil: Adele é dona dos dois discos que mais venderam na década até agora. Tá bom pra você?

Tecnologia do Blogger.