Akon está de volta com 5 novos CDs e, caso esteja interessado, lançou um novo single para cada um deles

Desde que Beyoncé parou o mundo com o lançamento do seu último álbum em dezembro do ano passado, outros artistas vêm tentando repetir o feito e, infelizmente, sem muita sorte. O último lançamento realmente surpreendente aos moldes da Mrs. Carter foi a pré-venda do “Rebel Heart”, da Madonna, acompanhada por seis músicas inéditas, incluindo o primeiro single “Living For Love”, mas até esse sobreviveu pouco ao hype, já não sendo tão comentado quanto nas primeiras semanas pós-lançamento.

Logo no começo do ano, quem se empenhou então para quebrar a internet foi um artista de hip-hop e ainda que o gênero esteja muito bem representado por nomes como Nicki Minaj, Iggy Azalea, Macklemore and Ryan Lewis, Jay Z, Kanye West, entre outros, a nada impactante volta é do Akon, que trouxe contigo um projeto extremamente complexo, mas que exigirá um interesse maior do público pra realmente funcionar.

O hitmaker de “Smack That” (esse é um hit legitimo, caso se questione) anunciou para esse mês o lançamento do seu quarto álbum, o tão adiado “Stadium”, porém, não será um lançamento qualquer, uma vez que o material será revelado em nada menos que CINCO versões diferentes, direcionadas para cinco diferentes gêneros já experimentados pelo rapper durante sua longa carreira. Sendo assim, serão lançadas versões “euro”, “pop”, “urban”, “island” e “world” — com capas que conseguiram ser cinco vezes horríveis, como o exemplo abaixo.


Estreando seu novo trabalho de maneira oficial, ignorando o primeiro single rebaixado a single promocional “So Blue”, lançado em novembro de 2013, Akon lançou então um single para cada um dos seus “cinco novos quarto álbum”, com uma sonoridade mais próxima de sua respectiva vertente. Se estiver interessado, você pode ouvi-los abaixo.

Euro Edition

  1. Better (feat. Niko the Kid)


Pop Edition

  1. To Each His Own


Urban Edition

  1. Whole Lot


Island Edition

  1. Just a Man (feat. Stephen Marley)


World Edition

  1. Feeling a Nikka (feat. D’Banje)


De certo, a estratégia é muito interessante, tanto por fazê-lo chamar a atenção dos seus fãs em cada um desses polos quanto por ser algo que nunca vimos acontecer antes de maneira tão ampla, só que ninguém vai realmente se importar ao ponto de escutar os cinco novos álbuns, não é mesmo? Uma vez que, na realidade, gostaríamos mesmo era de ver a Marina and The Diamonds lançando cinco discos diferentes com cinco singles diferentes num intervalo menor que cinco meses ou até mesmo a Rihanna que, no momento, nos satisfaria o suficiente com apenas um CD. 

Seja como for, bem vindo de volta, Akon! (5X)
Tecnologia do Blogger.