Recap | X Factor UK: um misto de velharias e modernidade na glamourosa 'Big Band Week'


Na última semana tivemos apresentações bem comuns no tema "Michael Jackson x Queen", que acabaram culminando na eliminação de Paul. Agora que enfim chegamos à metade do programa, tivemos um novo live show, dessa vez com um tema que costuma render ótimas performances: "Big Band Week". Daniel suspeitando que ela seria um fiasco, acabou abrindo mão de escrever sobre esse live (brincadeira, ele tá ocupado hoje). Então, pegue a pipoca e seu refrigerante, para acompanhar um misto de velharia e modernidade conosco nessa recap.

Andrea Faustini - "Summertime" (Ella Fitzgerald)
Começamos com o italiano fofo, mostrando que é mesmo um ursinho de pelúcia, ao tentar aprender novas palavras em inglês com seus amigos durante o VT. Quando fomos pra performance, song choice previsível, preguiçosa e foi o mesmo Andrea de sempre: canta muito, mas não tem aquele "algo a mais".


Lauren Platt - "Smile" (Nat King Cole)
Surpreendente quando colocam os dois "favoritos" do ano para se apresentarem logo no início. Lauren também foi mais do mesmo das últimas semanas: vocalmente bem, mas performance sonolenta, chata e pra mim já deu, até mesmo porque, ela tentou fazer uma cópia descarada da versão  maravilhosa da Diana Vickers, em 2008. E, Lauren, querida, você jamais será Diana. Beijos!


Jay James - "Empire State of Mind/New York New York" medley (Alicia Keys/Frank Sinatra)
Adorei a song choice quando li, mas na hora da apresentação, foi uma bagunça total. Começando pelo VT apelativo, onde recapitulou o bottom, dizendo que teria que evoluir muito essa semana pra não pisar nele de novo, e visitar sua família, de onde ganhou uma camisa da mãe, pra ser usada na apresentação. Jay James fez uma grande apresentação... de cabaré, chatíssima e poder ir embora já.

(este vídeo foi retirado do ar pela própria conta do X Factor e ainda não foi recolocado)

Stereo Kicks - "Mack the Knife" (Bobby Darin)
Eles iam de "Mirrors", do Justin Timberlake, novamente essa semana, porém, não estavam satisfeitos e nem Louis. Resultado: mudança de música faltando 24h pra apresentação. A escolha inusitada e ousada por "Mack the Knife", possibilitou um dos melhores momentos deles na competição. Foram maravilhosos, com todos vestidos à caráter, cantando (até que não costuma) e MUITO, além de mostrarem bastante personalidade, já que não foram tão dependentes de James como nas últimas semanas. É notável a evolução deles no programa.


Ben Haenow - "Cry Me A River" (Michael Bublé)
Gostamos dele, mas essa apresentação foi bem qualquer coisa. Teria feito outra escolha que privilegiasse mais o timbre incrível que ele tem, mas enfim.


Only The Young - "I Wanna Be Like You" (The Jungle Book)
Que song choice ruim, hein? Mas a sorte que eles são bons e conseguiram se virar bem com o que tinham. Ficou divertido e vocalmente aceitável. E duas constatações: 1) os meninos são melhores vocalistas que as meninas. 2) a dancinha no meio da performance foi a melhor parte. Correm risco de novo.


Stevi Ritchie - "Mambo Number 5/ She Bangs" medley (Lou Bega/Ricky Martin)
A pior performance de joke act dele hoje. Horrível e sem graça. Já deu o que tinha que dar e conseguiu ir pra tour, mas agora tá na hora de pegar o caminho de volta pra casa (mesmo podendo eliminar mais uns três antes). De bom mesmo, só as caretas da Mel, impagáveis, durante a apresentação de Stevi HAHAHAHAHAA.


Fleur East - "Bang Bang" (Jessie J, Ariana Grande e Nicki Minaj)
Não curto quem repete música que já cantou no programa. "Bang Bang" foi a responsável por "apresentar" Fleur ao público e gerar todo nosso amor nas Judges' House. Será que Simon tentou repetir o "efeito Fifth Harmony" com "Impossible"? Saberemos mais à frente. Mas agora, o que necessita ser dito é que, pfvr, acabem esse programa e entreguem o prêmio à essa mulher. Fleur é o "X Factor" deste ano. Tá pronta! Baita artista! Canta, dança, atua, faz rap, é carismática, linda, tem estilo e personalidade. Cadê seu single de estreia logo, hein? E ahhh, e esse final no carão poderoso?
<3
 


Enfim, gente, a "Big Band Week" não foi tão emocionante quanto imaginávamos, mas rendeu bons momentos, principalmente com Fleur e Stereo Kicks, que são quem apresentam a melhor evolução este ano. Se tivéssemos que apostar num bottom, iríamos de Jay James x Stevi. E vocês?

Amanhã, nos Resultados, além da volta do Daniel escrevendo aqui, ainda teremos performances do queridíssimo Olly Murs, e o reencontro de Cheryl com sua arquirrival Nicole Scherzinger. Será que ela fará a fina e aplaudirá de pé, ou teremos um momento de puro recalque? Hahahahaha, é aguardar pra ver.
Tecnologia do Blogger.