Aquecimento Lollapalooza 2019: 10 discos pra ouvir antes do festival

Intensivão Lollapalooza™? Temos!

Cê já segue o @instadoit? Também temos conteúdo te esperando por lá! ;)

Estamos a pouco mais de duas semanas do Lollapalooza Brasil 2019, que acontece entre os dias 5 e 7 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e se você é daqueles que, com a proximidade do festival, já começa a pensar no tanto de show que vai encontrar por lá e no que é essencial conhecer para aproveitar ao máximo essa experiência, não tema: nós temos a lista perfeita. 

Pera, pera, pera... ainda não garantiu seu ingresso? Corre lá no site oficial e depois e volte aqui pra pegar as nossas dicas pra curtir direitinho esse Lolla.

Pronto? Então segue nossa lista com os 10 discos que você precisa ouvir antes do festival:

"Sinto Muito", Duda Beat

Dos beats carregados de brasilidades às letras ora tristes, ora românticas, ora tristes e românticas, mas também instigantes, envolventes e precisas para a sua próxima legenda no Instagram, “Sinto Muito”, da Duda Beat, é uma ótima pedida pra quem vinha sentindo falta de novos sons e sotaques no pop nacional.




"Dona de Mim", IZA

Em seu primeiro álbum, IZA mistura as mais diversas influências da músicas negra nacional e internacional, do reggae ao R&B, do axé ao jazz, pra criar um pop do qual sentíamos falta aqui no Brasil: um pop com alma.



"Lost & Found", Jorja Smith

Com vocais suaves e cheios de camadas, um som R&B experimental e envolvente e letras que nos fazem imergir em histórias, o disco de estreia da Jorja Smith é daqueles tão bons que a gente não vê nem o tempo passar. 



"DAMN.", Kendrick Lamar

A gente se recusa a acreditar que a essa altura tenha alguém que não tenha entrado de cabeça no mundo do "DAMN.", mas se esse é o seu caso, ainda dá tempo de apreciar um dos principais discos dos últimos anos, capaz de transcender as barreiras sonoras do hip-hop e fruto da mente do maior rockstar que temos em atividade.



"The Thrill Of It All", Sam Smith

Em seu segundo álbum, encontramos Sam ainda melancólico, mas mais positivo do que em seu antecessor. O artista agora parece ter aprendido algumas lições, como aproveitar os bons momentos antes do fim e todo o autoconhecimento que as dificuldades podem lhe proporcionar. Um álbum pra dar um quentinho no coração. 



"MASSEDUCTION", St. Vincent

Criado em parceria com o Jack Antonoff, responsável também pelo "Melodrama", o "MASSEDUCTION" é o próprio caos: tanto em sua sonoridade, que mistura de tudo um pouco para criar algo original, e em suas letras, as mais pessoais da discografia da St. Vincent. Uma obra-prima. 



"A Brief Inquiry Into Online Relationships", The 1975

Pra quem curte uma Crítica Social Foda™, o novo disco do The 1975 fala sobre modernidade, o efeito Black Mirror em nossas vidas e os tais ~amores líquidos que tanto ouvimos falar por aí. Pra quem só quer curtir um bom som, o álbum é o mais pop e coeso do grupo, daqueles que vai te fazer dançar e cantar à plenos pulmões até o fim.



"Bloom", Troye Sivan

Para Troye, o "Bloom" é o disco que ele sempre quis fazer, e não precisamos ouvir mais de uma vez para entender o porquê. Contagiante e efervescente, o mais recente material do artista usa de muito synthpop para nos levar em uma montanha-russa de emoções que nos prende e faz com que a gente se sinta parte de cada pedacinho de letra.



"Trench", Twenty One Pilots

O quinto disco da dupla traz a história de um homem que tenta fugir de uma cidade fictícia enquanto canta suas dores diretamente das trincheiras que o separam do mundo real. Complexo? De longe, sim, mas não demora muito pra entendermos que tudo isso é uma grande metáfora para que Tyler, vocalista da banda, faça um retrato sincero, necessário e sem glorificações sobre saúde mental.



"Palo Santo", Years & Years

Somente o Years & Years é capaz de falar sobre amor, relacionamentos e sexo de forma sagrada e pura, e é esse dom particular da banda que eles exploram à fundo no "Palo Santo". Com muito eletro-pop britânico, Olly e companhia nos colocam pra dançar do início ao fim, provando que sabem muito bem como criar uma verdadeira bíblia do pop. 



***

Se você acha 10 discos pouca coisa para o seu Intensivão Lollapalooza™ e está no pique de ouvir mais alguns, corre lá pra escutar o "WALLS" do Kings Of Leon, "Tranquility Bass Hotel + Casino" do Arctic Monkeys, e o "Beerbongs & Bentleys" do Post Malone, além da nossa playlist de aquecimento para o Lolla 2019:

Aquecimento Lollapalooza 2019: 10 discos pra ouvir antes do festival Aquecimento Lollapalooza 2019: 10 discos pra ouvir antes do festival Reviewed by Nathalia Accioly on 3/21/2019 01:01:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.