Protesto: o novo disco da Tove Styrke é ótimo, mas tem apenas oito (!) faixas

A gente sabe que a moda agora é lançar discos com poucas músicas, mas oito faixas? E só duas inéditas?

É isso aí, gente. Não está fácil.

A princesinha do pop sueco Tove Styrke já tinha dois álbuns na conta, todos ótimos, diga-se de passagem, e depois de lançar seus melhores singles, revela seu terceiro disco, “Sway”, nessa sexta-feira (04). 

Repleto de reflexões muito particulares sobre amor, relacionamentos e desejo, o “Sway” é o trabalho mais coeso da cantora até aqui, abrindo um leque de possibilidades do mais perfeito pop na carreira dela. Seria tudo ótimo se... não tivesse apenas 8 faixas, sendo que 6 foram liberadas antes do lançamento do álbum e uma delas é um cover de “Liability”, da Lorde. Que que tá acontecendo, Brasil?

Para fins de curiosidade, as únicas canções realmente inéditas são “I Lied” e “On a Level”


Viram como o disco é realmente bom? Só faltou ser um pouco maior e ter algumas surpresas para aqueles que já estavam acompanhando o pré-lançamento há algum tempo.

Tentamos pensar nessa ideia toda como uma estratégia, afinal, liberar vários singles funciona, vide Anne-Marie e seu “Speak My Mind” ou Dua Lipa e seu disco autointitulado. Mas todas as citadas trouxeram um trabalho com muitas faixas novas, pra não dependerem só das já lançadas.

Achamos tudo isso um desrespeito com a Tove e nós, 7 bilhões de tovenáticos pelo Brasil. Isso não pode ficar assim. Por isso, lançamos um protesto e uma pergunta: cadê o resto das músicas do “Sway”?

Protesto: o novo disco da Tove Styrke é ótimo, mas tem apenas oito (!) faixas Protesto: o novo disco da Tove Styrke é ótimo, mas tem apenas oito (!) faixas Reviewed by Nathalia Accioly on 5/04/2018 01:29:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.