A gente bateu um papo com a cantora Kiiara: “Eu não vejo TV, sou meio estranha”

Kiiara é uma das maiores revelações desse ano. A americana, que na verdade se chama Kiara Saunders, tem apenas 21 anos e vem, timidamente, conquistando seu espaço nos charts. Seu primeiro EP, "low kii savage", nos traz uma sonoridade pop-alternativa diferente do que estamos acostumados a ver, que brinca com o trap, r&b e até com o rap, e nos mostra o quanto a menina pode ser versátil. 

Em uma época onde a música pop está dominada por uma onda "tropical house", Kiiara tem conseguido ótimos resultados apostando em seu estilo e sonoridade marcantes. Com seu jeitinho estranho, como ela mesma gosta de se descrever, a garota chegou ao #13 da Billboard Hot 100 e entrou para o top 10 da Pop Songs Charts com "Gold", single do seu EP, mostrando que veio para ficar. E agora, com seu álbum de estréia chegando, podemos esperar coisas grandes da cantora.



Foi nesse período de "ascensão à fama" que tivemos a oportunidade de conversar com Kiiara sobre como ela está se adaptando a esse sucesso repentino, quem são suas inspirações e, claro, o que podemos esperar do seu primeiro disco que chega logo no comecinho do ano que vem. Ao conversarmos com a cantora tivemos a impressão de que ela é exatamente o que passa em suas canções - sua sonoridade diferente e por vezes "estranha" reflete sua personalidade bem tímida e reservada. Foi fácil nos vermos na Kiiara, afinal, com apenas 21 anos e todos começando a conhecer sua música e seu nome, tudo parece ser "too much"

Para começar, “Gold” é um sucesso! Como você vê as mudanças que sua carreira sofreu desde que essa música foi lançada?
Kiiara: Eu lancei “Gold” há um ano no SoundCloud. Desde então, eu percebi que as pessoas estavam ouvindo e comecei a me sentir próxima delas, então, tem sido bem legal.

Você, Charli XCX, Lorde e Carly Rae Jepsen são o futuro da música pop, porque vocês experimentam novos sons que nós não costumamos ouvir nos rádios. Você acha que tem um “som” diferente? Você se vê ditando a próxima tendência na música pop?
Kiiara: Eu não sei o que dizer. Eu não penso muito nisso quando eu estou com meus produtores trabalhando e criando algo. Quero dizer, a gente só faz o que pode, e eu não sei, eu não sinto que essa é a nossa intenção.  

Quais são suas maiores influências musicais?
Kiiara: Eminem, Linkin Park, Rihanna, Yelawolf, Kendrick Lamar...

“Gold” tem feito bastante sucesso no Brasil! As pessoas estão ouvindo a música no Spotify, vendo seu clipe na MTV Brasil todos os dias... Você pensa em vir para o Brasil?
Kiiara: Sim! E eu espero que seja logo. Eu não tenho certeza se quando a minha agenda começar eu poderei ir aí. Mas seria muito divertido!

Falando em MTV, ontem nós tivemos o VMA [a entrevista aconteceu no dia 29 de agosto]. Você assistiu? Estava torcendo para alguém?
Kiiara: Ah, eu vi o VMA! Eu não deixo muito o som da TV ligado, mas deixei. Toda vez que eu o ligo tenho a sensação de que tem muita coisa acontecendo. Eu não vejo TV, sou meio estranha.

O EP “low kii savage” tem 6 músicas e elas são muito diferentes, não tem nada em comum. É possível saber o caminho que você vai tomar com seu primeiro álbum? Na verdade, você pode dizer alguma coisa pra gente sobre o seu primeiro álbum?
Kiiara: O novo álbum vai sair em Janeiro e... eu não quero revelar muita coisa!

Sobre o EP: “low kii” vai ganhar um novo single?
Kiiara: Bem, eu não tenho certeza, mas "low kii"... bem, não tenho certeza.

Última pergunta: você já passou por uma situação onde teve que desistir de algo ou alguém que você amava porque era a coisa certa a se fazer?
Kiiara: Sim, eu não estou vendo muito a minha família. Tem sido difícil. 

***

Ainda não sabemos como o álbum de estréia da Kiiara vai se chamar, mas, como ela mesma revelou, chega logo logo em Janeiro do ano que vem. Enquanto isso, escute o "low kii savage", primeiro e ótimo EP da garota, para já se viciar e ficar na expectativa para seu primeiro disco.



Aproveitamos o espaço para agradecer a Warner Music Brasil pela parceria e colaboração para que essa entrevista acontecesse e também a Kiiara que, mesmo tímida, foi super atenciosa e gente como a gente. 
Tecnologia do Blogger.