A volta do Awolnation: faixa-título do CD ‘Run’, música em ’50 Tons’, clipe de ‘Hollow Moon’ e seu ótimo novo single, ‘Windows’!

Faz pouco tempo desde a primeira vez que falamos da banda Awolnation aqui no blog e eles já estão com novidades. Pra quem não lembra, a banda é o nome por trás de “Sail”, um dos maiores sucessos do ano passado (sério, a faixa é a segunda a passar mais tempo dentro da Billboard Hot 100, perdendo apenas para “Radioactive”, do Imagine Dragons), e a música faz parte de seu disco de estreia, “Megalithic Symphony” — foi com ele, inclusive, que Aaron Bruno e sua trupe vieram ao Brasil, nos dando então a oportunidade de falar sobre eles pela primeira vez aqui no blog.



Eis que em janeiro desse ano a banda anunciou seu novo disco, “RUN”, e aparentemente está pronta para — finalmente — ser assunto, a começar por uma música na trilha sonora de um dos filmes mais comentados do momento.

“I’m On Fire”, primeira amostra dos novos trabalhos do Awolnation, foi lançada na trilha sonora de “50 Tons de Cinza” (uuh!) e por mais que toda a trilha do longa seja focada num R&B sexy à la Beyoncé e The Weeknd, aqui eles pouco destoaram do que estavam acostumados a fazer, se esforçando mais para colocar o filme dentro de sua música do que sua música dentro do clima do filme. O resultado vale alguns plays. Ouça abaixo:



Um pouco depois, a banda trouxe então o primeiro single oficial de seu segundo CD, sendo esse a grudenta “Hollow Moon (Bad Wolf)”, e gente, que evolução, hein? Ainda que continue soando como que eles nos mostraram no “Megalithic”, “Bad Wolf” mostra um claro amadurecimento deles em sua sonoridade e é um total acerto. Não poderíamos ficar mais satisfeitos. Quer dizer, poderíamos sim e FICAMOS. Isso porque, em seu videoclipe, o vocalista Aaron parece bem mais soltinho que nos trabalhos anteriores, o que pode ser útil caso pretendam fazer dele algum “muso” da banda. Olha só:



E como pouca novidade é bobagem, o segundo single do “RUN” já saiu, e desta vez a escolhida foi “Windows”. Nesta, Awolnation foge totalmente de sua zona de conforto e GARANTIMOS que não soa como nada do que ouvimos em seu primeiro CD, mas elementos aqui e ali deixam claro que é uma música da banda, o que é algo realmente importante se tratando de um artista em ascensão. Conhecemos muitas cantoras que estão aí há anos e ainda não possuem uma marca registrada em sua sonoridade. Aos interessados, a produção também lembra bastante nomes como Bastille e Imagine Dragons. Ouça:



Por fim, se lembra da introdução de “Megalithic Symphony” com aquele sintetizador seguido da chamada eletrônica, “A-WOL-NA-TI-ON”? Pois então, com “RUN” não foi diferente e, pelo Spotify, eles lançaram a faixa-título, que funciona como uma intro bem semelhante à do disco anterior, aqui um pouco maior e ainda mais introspectiva. Pendendo para um eletrônico mais experimental, tivemos a impressão de que Kanye West apareceria a qualquer momento. Ouça:


MAS QUE VOLTA! Pra quem nunca tinha ouvido falar na banda, nós super recomendamos seu disco de estreia, com um som que passeia do Offpring ao 30 Seconds to Mars, passando ainda pelas parafernálias pop do Muse e mais um pouco. Para testar a sonoridade, recomendamos “Not Your Fault”, “Burn It Down” e “Jump On Your Shoulders”, além do hit “Sail”, é claro.

O disco “RUN” será lançado no dia 17 de março e já está disponível para pré-venda no iTunes, acompanhado dos dois singles mostrados acima. “I’m On Fire” também pode ser adquirida dentro do disco de “50 Tons de Cinza”, que ainda traz músicas de Sia, Skylar Grey e Jessie Ware, além dos já citados The Weeknd e Beyoncé.

Bem vindos de volta, Awol! :D
Tecnologia do Blogger.