Aparentemente, a BBC Radio 1 não toca Madonna por ser ‘velha demais e irrelevante’ para seu público

Madonna lançou há pouco o primeiro single do CD “Rebel Heart”, que é a canção “Living For Love”, e mesmo depois do lançamento de seu videoclipe e uma performance no Grammy (o momento mais assistido da noite), a música está longe de assumir uma ótima performance, sendo, inclusive, uma das menos comentadas entre as lançadas com o disco em sua pré-venda, mas ao menos no Reino Unido, o menosprezo pode ser "justificado", mesmo que de uma maneira bem injusta.

Uma das rádios responsáveis pelos maiores sucessos na Terra da Rainha e reconhecida até mesmo por revelar novos nomes, a BBC Radio 1, não está “dando uma foda” pra volta de Madonna. A razão? A cantora seria velha e irrelevante demais para a sua audiência.



Como conta do Daily Mail, desde sua estreia, “Living For Love” tocou apenas uma vez na BBC Radio 1 e durante um horário em que executam músicas que não estão em suas playlists, meio que pra ninguém dizer que não tocaram, sabe?
“No fim do dia, é tudo sobre a relevância. É natural que, conforme os artistas envelhecem, sua audiência vá para outros lugares e a Radio 1 tem que refletir isso”, explicou um porta-voz da rádio. “A estação tem a missão de atender às necessidades dos jovens ouvintes. Eu não acho que ninguém esteja perdendo seu sono por não estarem tocando Madonna como faziam antes”, completou.
Assim como Madonna, nomes como Robbie Williams e Kate Bush passaram pela mesma coisa anteriormente, em tempo que sua música nova ainda consegue um espaço na BBC Radio 2, estação alternativa direcionada ao público acima dos 35. 

Nessa confusão, quem virou o jogo mesmo foi Paul McCartney, que se garantiu na programação da rádio aos seus 72 anos, por estar ao lado de Kanye West (37) e Rihanna (26) em “FourFiveSeconds”.



Pra nós, os critérios da rádio são um tanto suspeitos. Madonna, ainda que realmente esteja mais velha, como todos nós estaremos em algum momento, tem acompanhado bem as tendências das rádios atuais, tanto que “Living For Love” é algo bem próximo de “Hideaway”, o hit da canadense Kiesza, que tocou muito entre as rádios britânicas ano passado. É válido lembrar também que "Living For Love" só será lançada no UK no próximo dia 25.



Não apenas por isso, Madge também tem se mostrado uma das artistas pop mais divertidas e interessantes da atualidade, e sua performance no Grammy, por exemplo, foi uma das menos “sérias”, por assim dizer, além de colaborar com nomes como Diplo, Nicki Minaj, Miley Cyrus, entre outros. E jovens gostam disso, certo? 
Tecnologia do Blogger.