Pra não se mancharem, Katy Perry e Fifth Harmony estariam trabalhando com Dr. Luke secretamente

Jennifer Lopez sofreu uma tentativa de boicote ao single “Ain’t Your Mama”, desde que o público descobriu que a música havia sido produzida pelo Dr. Luke, e, daí em diante, praticamente não ouvimos mais falar no cara, que responde judicialmente uma denúncia de abuso sexual e psicológico da cantora Kesha, que está presa à sua gravadora, por conta de um contrato.

O produtor, entretanto, parece estar usando a sua influência para se manter no mercado, mas pelos bastidores.


A especulação que ganhou os tabloides americanos na última semana, afirma que Dr. Luke esteve por trás de músicas como “Work From Home”, do Fifth Harmony, e da estratégia de lançamento de “Rise”, da Katy Perry, mas sem envolver seu nome diretamente.


No caso de “Work From Home”, todos os nomes creditados como compositores e produtores da faixa são conhecidos, de forma que Luke não usou um pseudônimo, como no caso da Taylor Swift em “This Is What You Came For”, porém, nada o impede de ter fechado algum acordo às escuras, permitindo que ele participasse de todo o processo de produção e composição, lucrando com o sucesso do single por fora.

Agora em “Rise”, da Katy Perry, a história fica um pouco mais séria. Isso porque a própria californiana negou que Dr. Luke estivesse envolvido em seu novo trabalho, levantando dúvidas, inclusive, sobre uma possível ausência dele em seu próximo álbum, ainda que tenha sido o nome por trás dos três anteriores.


Tanto os artistas quanto suas assessorias não comentaram nada sobre o assunto, mas, se confirmada, essa história pode deixar a situação bem feia para as meninas do Fifth Harmony e Katy Perry, não por trabalharem com ele, já que elas não devem ser responsabilizadas pelo abuso dele contra outra mulher, mas por acobertarem essa possível permanência do cara pelos bastidores.

Alguém chama a Kim Kardashian pra resolver toda essa história e expor os culpados, por favor?
Tecnologia do Blogger.