Notícias » Tecnologia » Tecnologia Criador de programa que "apaga" Bieber sofre a fúria das fãs

por Terra Apenas alguns dias depois de disponibilizar um aplicativo que "apaga" Justin ...
por Terra
Justin Bieber fala sobre namoro com Milye Cyrus e seu cabelo na TV
 americana Foto: Getty Images

Apenas alguns dias depois de disponibilizar um aplicativo que "apaga" Justin Bieber da internet, o canadense Greg Leuch ganhou uma horda de inimigas: as fãs do também canadense Justin Bieber.
O "Shaved Bieber" pode ser adicionado a um navegador e funciona "censurando" todas as aparições do nome "Justin Bieber" e "Bieber", assim como fotos que tiverem "Bieber" na nomeação dos arquivos. Também pode ser baixado como um add-on para o Firefox que censura o cantor automaticamente sem precisar de cliques.
Fanáticas pelo ídolo adolescente tomaram o fórum do site Free Art & Technology Lab, onde o aplicativo está disponível para downloads, para protestar - e fazer ameaças - contra Leuch. As mais exageradas o acusam de censura e até o comparam a Hitler.
"Eu só quero fazer você se ligar que terá MUITA gente com raiva de você. Estou falando de cinco milhões. Eu inclusive", escreveu uma jovem, identificando-se como Alex. "O que você está fazendo é ir de volta à Segunda Guerra novamente. Hitler queria apagar os judeus da sociedade - você quer apagar Justin Bieber".
"Minha mãe pôs Shaved Bieber em todos os computadores", escreveu no Twitter uma fã, segundo o site Pop Eater. "Estou quase chorando, eu odeio muito você".
Greg Leuch contou ao jornal Toronto Sun que desenhou o programa com o Free Art & Technology Lab depois de um amigo reclamar sobre a onipresença de Bieber na internet. "Cara, você tem que fazer alguma coisa para eu parar de ver Justin Bieber online", disse o amigo, segundo Leuch. Seis horas depois, o programa estava pronto.
"Eu só quis tornar isso (apagar Bieber) fácil para os meus olhos e para outros", o programador disse ainda.
Ele garantiu que recebe com bom humor as críticas e as publica no blog onde oferece o aplicativo. Mas ele não recebe só protestos e broncas: também há mensagens de apoio e sugestões de bloqueio a outras celebridades. Lady Gaga, Paris Hilton e Britney Spears são as favoritas.
O "Shaved Bieber" pode ser baixado aqui: http://bit.ly/drt9sE.