Mostrando postagens com marcador recorde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador recorde. Mostrar todas as postagens

FAZ O URRO! Katy Perry acaba de se tornar a primeira e única artista a ter três singles de diamante nos Estados Unidos. O recorde veio com a conquista de 10 milhões de vendas do single "Roar", que juntamente a "Dark Horse" e "Firework" completam o time que faz história na carreira da cantora.



A confirmação do recorde veio através da RIAA, a organização que certifica os recordes musicais nos EUA:
Mais uma vez, Katy Perry fez história. Estamos entusiasmados em reconhecer Katy como a primeira artista a conseguir três singles com certificado de diamante. Ela tem um histórico único de notáveis conquistas de ouro e platina, e este marco de diamante triplo ficará gravado para sempre na nossa história. Somente 14 músicas ganharam o certificado de diamante até hoje, e Katy é proprietária de três deles - o que é uma conquista notável para um artista inovador.
Além dessas, Perry ainda possui mais 18 músicas certificadas e três álbuns de platina/multi-platina. É a rainha das vendas mesmo, viu?


Vale lembrar também que "Witness", seu mais recente trabalho, alcançou o topo da parada de álbuns da Billboard, com 180 mil cópias vendidas, e se tornou o segundo álbum feminino a conseguir o feito neste ano, sucedendo "Joanne", de Lady Gaga. Mas como nem tudo são flores, na segunda semana, as vendas despencaram e não passaram de 6 mil cópias.

Vamos testemunhar mais que tá pouco, minha gente!

No último sábado, 20, Rihanna completou 28 anos, mas parece que a cantora ganhou seu maior presente nessa segunda-feira, 22. No mesmo dia em que lançou os dois videoclipes para "Work", música em parceria com o Drake e primeiro single oficial do álbum, Rihanna subiu três posições no Hot 100 da Billboard e emplacou mais uma música no topo da parada.


Com essa conquista, Rihanna alcança a impressionante marca de catorze (C-A-T-O-R-Z-E) faixas que assumiram a liderança da Billboard, deixando Michael Jackson para trás e conquistando sua vaga no Top 3 de artistas com maior número de #1 na parada. Beatles e Mariah encabeçam a lista com 20 e 18 músicas, respectivamente. 

Será que a Rihanna, que teve seu primeiro hit lá em 2006 ("SOS"), pode se tornar a artista com mais músicas no topo da Billboard? Vamos acompanhar e ficar de olho, afinal, com 28 anos de idade e dez de carreira, Rihanna já está fazendo história. 



Vida longa à Rainha!

Parece que agora vai! Depois de ter sua estreia adiada em mais um ano, "Avatar 2" parece que vai ver a luz do sol. Ao menos é o que afirma a publicação My Entertainment World, que revelou que a continuação do aclamado filme tem seus inícios de filmagens já marcados para 15 de abril.

Para quem não sabe, o diretor James Cameron tinha planos para lançar a continuação já no Natal de 2017, porém segundo o site The Wrap, o longa não ficaria pronto a tempo.

Sendo assim, já é a segunda vez que vemos tal filme ser adiado. A última foi ano passado, quando seria lançado em dezembro. Ao menos James Cameron terá tempo para trabalhar mais na franquia, isso sem contar com a sorte de não ter que enfrentar "Star Wars: Episódio VIII" nos cinemas.

Imaginem a destruição que não seria se esses dois monstros do cinema fossem lançados na mesma época ?

As locações do filme serão novamente na Nova Zelândia, e segundo produtor Jon Landau, “Jim [Cameron, diretor] não está voltando para a Nova Zelândia por causa de seus incentivos fiscais. Parte da decisão é por causa disso, mas ele está voltando por causa da mão de obra especializada e dos incríveis talentos que tem lá”.

Zoe Saldana e Sigourney Weaver já foram confirmados na continuação, sendo assim podemos ficar tranquilos, pois nossos smurfs Avatares preferidos irão nos surpreender mais uma vez no vasto mundo de Pandora.

Olho pro teclado e só sei pensar “Vem monstro, vem bater seu próprio recorde de maior bilheteria of all times”.
Feriado pra alguns, dia comum para outros, 20 de novembro é o dia da Consciência Negra. E o It Pop resolveu fazer um especial sobre os recordistas negros da música nos Estados Unidos, maior mercado fonográfico do mundo. Eles venderam milhões de álbuns, fizeram váaaarios hits e ganharam incontáveis Grammy's. Quem são eles? Quem vendeu mais? Quem fez mais hit? O It te responde agora!


Recordistas de vendas de disco

1º Michael Jackson

Um negro é o artista com vendas de discos mais bem-sucedidas nos EUA. Com 76 milhões de discos vendidos, o Rei do Pop também é Rei das vendas. Foram mais de 10 discos lançados e mais de cem milhões de cópias vendidas mundialmente. Michael Jackson, inclusive, é dono do álbum mais vendido nos EUA até os dias de hoje: “Thriller”, de 1984, vendeu mais de 29 milhões de cópias. Poderoso!

2º Mariah Carey

Ela surgiu logo no comecinho dos anos 90 e desde que lançou seu primeiro disco, autointitulado, ela não parou de fazer sucesso. Durante seu reinado – que durou mais ou menos até 2005, com a consagrada era “The Emancipation of Mimi” – Mariah vendeu aproximadamente 63,5 milhões de LP’s só na terra do Tio Sam. Os mais vendidos? "Music Box", de 93 e "Daydream", de 95, os dois com mais de 10 milhões de cópias comercializadas.

3º Whitney Houston

Outra soberana dos anos 90, Whitney Houston conquistou a América com sua voz e suas canções. A americana de New Jersey é a segunda mulher negra que mais vendeu discos nos EUA, aproximadamente 57 milhões de cópias. Dentre elas, 17 milhões são da trilha sonora do filme “The Bodyguard” (aqui no Brasil, “O Guarda-Costas”), sustentado pelo megahit “I’ll Always Love You”.

4º Prince

Famosíssimo nos anos 80, Prince competia o mercado com Michael Jackson, e nós sabemos quem virou o Rei do Pop. Mas esse famigerado fato não impediu que o Príncipe tivesse um enorme êxito de vendas: somente nos EUA, o moço vendeu 39,5 milhões de cópias, aproximadamente. O maior sucesso foi “Purple Rain”, contemporâneo de “Thriller”, que vendeu 13 milhões.

5º R. Kelly

Sim, o de “Do What You Want”. Hoje ele até pode ser lembrado apenas como “o cara que fez uma música com a Lady Gaga", mas fique sabendo que ele já foi poderoso nas vendas, tá? O rapper é o quinto negro da nossa lista e vendeu mais de 33 milhões de discos em terras americanas, mais que o Jay-Z, se você quer saber.

Os maiores hitmakers negros na Hot 100

1º Mariah Carey


Quando se trata de charts, Mariah é rainha. Mesmo. Ela é a artista solo que chegou mais vezes no topo da Hot Hundred americana e, consequentemente, é a negra mais bem-sucedida do mundo quanto ao quesito hits. Desde 90, quando conseguiu sua primeira medalha de ouro no principal chart americano, até 2008, quando emplacou “Touch My Body” no topo, foram 18 músicas da moça na primeira posição da parada. Ela também é dona da canção que ficou mais tempo lá em cima: “One Sweet Day”, uma parceria com o quarteto Boys II Men

2º Michael Jackson


Rei que é Rei tem muitos hits. Michael Jackson é o segundo negro com mais singles babadeiros nos EUA. Ele alcançou o pico do grande morro que é a Hot 100 13 vezes, entre 1972, quando emplacou “Ben” em #1 e 1995, quando chegou lá pela última vez, já no começo do fim da carreira, com “You Are Not Alone”.

3º Rihanna


Rihanna está para os anos 2000 como Mariah está para os anos 90. A hitmaker da nossa geração igualou a marca do Rei do Pop e já chegou 13 vezes no first place em apenas 10 anos de carreira. A primeira vez que a barbadiana apareceu no topo foi em 2006, com "S.O.S".,. e desde lá, foram quantos hits mesmo? “Umbrella”, “Disturbia”, “Rude Boy”, “We Found Love”...

4º Whitney Houston


Mais uma vez a estrela dos anos 90 aparece no nosso especial. Mas para mostrar que os anos 80 foram mais que especiais para Whitney, a gente te conta que 7 dos 11 números #1 dela aconteceram ainda nos anos 80, como por exemplo o hit da autoajuda “Greatest Love Of All”. Mas o maior sucesso da diva negra foi, é claro, “I’ll Always Love You”, que ficou nove semanas lá no topo da Billboard.

5º Janet Jackson


A família Jackson não tem apenas um hitmaker, mas dois! A Janet Jackson pode ser quase uma desconhecida no Brasil, mas lá nos Estados Unidos ela é dona de 10 singles number one e a quinta negra com mais hits. O primeiro foi em 1986, “When I Think Of You”, e a partir de então a carreira da irmã do Michael deslanchou! Sua última vez no topo foi há 14 anos, em 2001, onde passou sete semanas com o hit “All For You”.

Os negros que mais ganharam Grammy's

1º Stevie Wonder

A cultura afro-americana deve se orgulhar de tanto talento e sucesso. Stevie Wonder, por exemplo, é um dos maiores ganhadores de Grammy de todos os tempos! Ele ganhou nada mais, nada menos que 22 gramofones, incluindo o de Melhor Álbum por “Songs In The Key Of Life” e inúmeros outros por “Melhor Performance”, mostrando que voz é o que não falta ali!

2º Kanye West


Não faltam gramofones na estante de Kanye West. Marido de Kim Kardashian e futuro presidente dos EUA, Ele é o segundo negro com mais Grammys: onze anos depois de lançar seu primeiro álbum como rapper, Kanye tem 21 prêmios, desde “Melhor álbum hip-hop” até “Melhor performance em dupla ou grupo”.

3º Aretha Franklin

Considerada a maior cantora de todos os tempos pela Rolling Stones, Aretha Franklin coleciona Grammys: com 18 gramofones, ela é uma das únicas a ganhar o prêmio todas as décadas desde 1960. A última vez que saiu da premiação vencedora foi em 2008, pela “Melhor Performance Vocal de Soul/Gospel em dupla ou grupo” com “Never Gonna Break My Faith”.

4º Beyoncé


Quem mais poderia ser? Especialista em fazer hits e ainda por cima de qualidade, Beyoncé é especialista em ganhar Grammy's nas categorias R&B. Nesse jogo, ela já ganhou 17 gramofones, incluindo o de "Música do Ano" com "Single Ladies", lembra?

5º Jay Z


Marido da quarta colocada, Jay-Z é o quinto negro com mais Grammy Awards nos EUA. Ele pode não hitar há muito tempo, mas o cara sempre manjou de fazer um excelente trabalho,e a prova disso é que o rapper já subiu no palco para buscar seu prêmio 17 vezes. Se formos contar quantos Grammy's tem o casal do pop, seriam 34. Já imaginou QUANTA COISA?!

Quem achou que Anitta já tinha atingido seu auge talvez não estivesse tão certo. A pioneira do pop funk, que junto com Naldo popularizou o ritmo por todo o Brasil, viu vários de seus singles, como "Na Batida", "No Meu Talento" e "Show das Poderosas" tocando em rádios e buatchys por todo o país. A falecida Larissa (nome de batismo da cantora) poderia ter continuado na dela, com as mesmas batidinhas de sempre, mas foi ao arriscar uma nova sonoridade que conseguiu firmar um hit menos de uma semana após seu lançamento...

OF COURSE I'm talking about "Deixa Ele Sofrer". O lançamento do primeiro single do terceiro álbum de Anitta vinha sendo divulgado desde o big bang o mês passado, e na última semana a música caiu na internet, dois dias antes do lançamento oficial do clipe. Clipe este que, por sinal, todos estavam ansiosos por ver, principalmente por conta da participação do ator e boy magya André Bankoff.

Pois bem. A música foi elogiada, as rádios já não estão se aguentando de tanto tocá-la e o clipe teve um resultado satisfatório: três horas após o lançamento, mais precisamente durante a tarde deste domingo (19), o clipe alcançou TRÊS MILHÕES (!) de visualizações, um número muito grande para os padrões brasileiros (pode ser que a última vez que um vídeo tenha chegado tão rápido à marca tenha sido sob o comando de Valesca Popozuda, com o mega-hit Beijinho no Ombro e seu clipe urban conceitual seapunk caríssimo). Com os números aí na cara de todos, Anitta se mostrou surpresa quanto o às marcas do clipe e do single, que por sinal desde o lançamento não sai do topo da iTunes Store dessas terras onde cantam sabiás.

Confira abaixo o clipe que é a sensação do momento!



Ame ou odeie, Anitta atualmente é a única que pode tirar o sertanejo do topo do Hot 100 brasileiro, e nós estamos torcendo loucamente por isso. 


A jogada de marketing pesadíssima de Taylor Swift com o clipe de "Bad Blood" deu certo: o clipe tirou o tão desejado recorde da VEVO das mãos de Nicki Minaj e "Anaconda" e é o clipe mais assistido em 24h na história da plataforma.
O título de "maior artista feminina da história da música" não é de Madonna à toa. Dona de números impressionantes e recordes para dar e vender, a eterna Material Girl conseguiu mais um para sua coleção: ela agora é a cantora com mais músicas no topo de alguma parada da Billboard EVER!
Ninguém mais tem dúvida de que Taylor Swift é a dona deste ano. Se 2014 fosse uma grande empresa, Taylor Swift seria sua acionista majoritária. A prova disso é que "Blank Space", segundo single de seu álbum "1989", além de se manter há seis semanas no topo do Hot 100 da Billboard, ultrapassou a marca de 2 milhões de cópias vendidas apenas no território americano.
Você não pode dormir sem saber que Britney Spears estava em Las Vegas dando uma entrevista para o Pauly D sobre sua vida, seu show, seus romances, seus mistérios e tudo mais. Até aí tudo certo. Foi então que uma pessoa da produção fez a pergunta sobre o tema que dominou a semana na internet: o debut do "1989", novo álbum de Taylor Swift.


Em que ano estamos mesmo? 2014? Sim, exatamente, e, mesmo sem lançar um CD desde 2011, a cantora britânica Adele continua batendo recordes e mostrando que é o maior sucesso comercial de muitos anos. Dessa vez, a estrela conquistou seu sexto disco de diamante no Brasil com o seu primeiro (e até agora único) DVD, o "Live At Royal Albert Hall".

Cada disco de diamante equivale a nada menos que vendas acima de um milhão e meio de cópias e é a maior certificação concebida pela ABPD (Associação Brasileira dos Produtores de Disco). O DVD é, sem dúvida, um dos maiores sucessos no Brasil, país no qual a cantora tem grande popularidade.

Já que estamos falando no assunto, para quem não sabe, boatos diversos afirmam que a cantora deve lançar seu novo álbum ainda em 2014. Não se sabe muito sobre o tema, uma vez que a própria artista dá pouquíssimas declarações públicas (o que torna a vida dos fãs muito mais difícil).

Seja como for, recordar é viver, e por isso aqui vai o clipe do sucesso "Set Fire to The Rain", que foi extraído do mesmo DVD que acabou de ser premiado, mais uma vez, no Brasil:


A "Red Tour" tem nos proporcionado vários momentos mágicos. Taylor Swift sempre convida algum artista para integrar a turnê e participar de algum dueto. Algumas das colaborações incluem Carly Simon,  Pat Monahan (o vocalista da banda Train) e Patrick Stump (do Fall Out Boy), e agora entram nesta lista a cantora Cher Lloyd, além da talentosíssima (e em alta recentemente) Sara Bareilles. Precisamos dizer que foi fofura pura? Durante a performance de "Brave", Taylor derreteu-se em elogios à  Bareilles, afirmando que canção sempre a ajuda quando está com problemas com sua auto-estima, além de afirmar que adora a cantora. Assista abaixo:



As apresentações aconteceram durante a passagem da turnê de Swift por Los Angeles, no Staples Center. Com sua Red Tour, Taylor conseguiu a ótima marca de 11 shows com todos os ingressos vendidos no ginásio, superando artistas como Madonna, Britney Spears e Justin Timberlake, que tinham a marca de oito shows esgotados no Staples Center - com esse feito, a loira quebrou um recorde e tornou-se a artista solo com o maior número de apresentações esgotadas no local. Poderosa, não?


E para encerrar o samba da loira, confiram a apresentação de Taylor no CMA Music Festival 2013:


Com o lançamento de "We Can't Stop", seu estranho e ousado videoclipe (e porque não, divisor de águas de sua carreira), Miley Cyrus nos deu todas as confirmações que de fato evoluiu, "matando" de vez a imagem doce e ingênua da garota que conhecemos através da Hannah Montana. A nova Miley, dança, requebra, faz a zona cozamigo e agora destrona os ~amiguinhos~ também. A gente explica.

Miley conseguiu uma importante marca nessa terça-feira (25), ao estabelecer-se como a cantora com o videoclipe de maior visualização em 24h na história do VEVO. A antiga marca pertencia à "Beauty and a Beat", parceria do Justin Bieber com a Nicki Minaj. O vídeo de "We Can't Stop" da Miley Cyrus conseguiu nas mesmas 24 horas a impressionante marca de 10,7 milhões de visualizações, enquanto o do Bieber acumulou 10,6 milhões quando foi lançado.

Abaixo, segue o tweet do VEVO parabenizando Miley Cyrus pela marca:

Gostaram? Pelo menos ao nosso ver, achamos bem merecido. Uma nova jornada para a senhorita Cyrus e começando com o pé direito.

Depois do anúncio de que Katy Perry fora eleita Mulher do Ano pela Billboard (??????),  agora foi anunciado um recorde: Rihanna é a artista mais importante do mundo nas duas últimas décadas segundo a revista!

Riri tá na ativa (e que ativa) há sete anos, desde o lançamento do seu primeiro álbum, Music of the Sun, lá em 2005. De lá pra cá, foram nada mais nada menos que 34 singles na parada ~billboardiana “Hot 100”, tendo alcançado o topo com onze deles, sendo nove músicas próprias e duas parcerias (SOS, Umbrella, Take a Bow, Disturbia, Live Your Life, Rude Boy, Love the Way You Lie, What's My Name?, Only Girl (In the World), S&M e We Found Love), também um recorde na parada no século XXI.

A cantora de Barbados deixou pra trás P!nk (2ª colocada de entradas na parada) e Britney Spears (3ª colocada), além das poderosas Madonna e Lady Gaga, que ocupam respectivamente a 10ª e 11ª posição (mas como assim? Madonna tem muito mais singles! Foram analisados somente os números da tabela nas duas últimas décadas, fiquem ligados). Fora isso, Rihanna é agora a personalidade com mais Likes no Facebook. A cantora ultrapassou o então rei Eminem, e foi a primeira a alcançar 60 milhões de curtidas e já está com mais de 62 milhões!

E pra você que solta frases como “Aff Rihanna já vai lançar outro álbum? Que podre” ou similares, saiba: é melhor lançar um álbum muito bom a cada ano que amargar na espera de dois a dois anos ou até mais. Continua com esse fôlego, Riene! Comemorem agora ao som de Diamonds, seu último single, que já entrou pra coleção de sucessos da cantora (estreou em #16 na Hot 100).

'E.T.' é o quarto hit do CD 'Teenage dream' a liderar ranking da 'Billboard'.
'Born this way', de Gaga, estava em primeiro lugar há seis semanas.

Kanye West e Katy Perry (Foto: Divulgação)

Além de tirar Lady Gaga do topo da parada americana, Katy Perry bateu recorde com seu novo single. De acordo com a revista americana "Billboard", "E.T." desbancou "Born this way", música de Lady Gaga que estava na primeira posição há seis semanas.

Além de destronar a rival, este é o quarto hit de Perry a chegar ao primeiro posto da parada americana, que leva em conta execuções nas rádios, vendas digitais e em lojas. O feito não acontecia desde 2004, quando Usher levou quatro hits ao topo do ranking.

Ainda segundo a "Billboard", a última vez que uma mulher emplacou quatro sucessos no Hot 100 americano foi em 1991. Mariah Carey foi a responsável pela marca, com seu disco de estreia.

Katy Perry estreia em palcos brasileiros na quarta edição do Rock in Rio, em 23 de setembro, na mesma noite de Rihanna e Elton John.

Créditos: G1


Três amigos realizaram o feito de construir um skate maior do que um ônibus e tão pesado quanto um caminhão, ele é 12 vezes maior que um skate normal e tem mais ou menos 2,5m de altura com capacidade para 12 passageiros com bonés de baseball e blusas de moletom. Foram gastos mais de £12,600 e um mês para tudo ficar pronto, até pneus de caminhonete foram usados na obra! O Skate entrou para o Guiness Book.

Joe Ciaglia, diretor do Califórnia Skateparks foi o designer principal e disse: “O Skate foi feito para a diversão, foi divertido construí-lo” em entrevista para o MailOnline.com