Mostrando postagens com marcador mulan. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mulan. Mostrar todas as postagens
"Mulan" sequer chegou aos cinemas e se tornou alvo do fã nostálgico que acredita que, ao fazer um remake, a obra original implode em todos os lugares e deixa de existir para sempre. A produção é cercada de inúmeros rumores (e algumas confirmações) quanto alguns personagens que foram cortados e até mesmo enredo diferenciado, distanciando-se bem do longa animado lançado em 1998. 

O primeiro trailer do filme dirigido por Niki Caro chegou à rede mundial de computadores neste domingo (6) e, se depender exclusivamente da nossa primeira impressa, o longa-metragem será simplesmente perfeito e a fidelidade será apenas um plus. Disney, por enquanto, conte conosco para tudo.



Apesar de suas inúmeras possíveis mudanças quanto ao material original, o trailer já deixa claro que haverá algumas referências ou até mesmo momentos clássicos da animação. Há também, referência a uma das canções do filme durante a fala do trailer, "Honor to Us All". Vai ter fanservice, sim, gente, mas de um jeito diferente.

Falando ainda da animação original, o primeiro poster divulgado da produção faz uma clara referência ao poster de 1998, com o rosto da "Mulan guerreira" refletindo na espada.


É importante ressaltar que as tão pedidas semelhanças ao filme de 1998 nunca foram prioridade da produção. Desde a época em que foi anunciado que a chinesa Liu Yifei iria dar vida à personagem-título, o presidente de Produções da Disney, Sean Bailey, já havia dito que o filme teria uma pegada completamente diferente do que estamos vendo nas novas versões em live-action.

Mulan é claramente uma história de empoderamento feminino, mas também podemos fazer algo novo nesta reinvenção, torná-lo um pouco mais visceral, mais forte, com o toque de Ridley Scott

Com a chinesa Liu Yifei, "Mulan" ainda conta no elenco com Jet Li e Donnie Yen ("Rogue One"). O filme chega aos cinemas em março de 2020.
Apesar de algumas escolhas duvidosas para "Mulan", como a presença de uma vilã completamente aleatória, a gente ainda bota fé no live-action da Disney por N motivos. O elenco principal segue sendo todo asiático, assim como deveria ser, e conta com uma diretora, a Niki Caro, sendo a primeiríssima a comandar um longa com um orçamento de US$ 290 milhões.

Niki postou uma foto no Instagram com os bastidores das gravações, que começaram nesta terça-feira. As filmagens de "Mulan" serão realizadas na China e Nova Zelândia; antes elas estavam previstas para acontecer em janeiro deste ano, mas com o adiamento do filme, as gravações serão realizadas a partir deste mês.


Uma publicação compartilhada por @ nikicaro em


Além da imagem dos bastidores, ontem a Disney divulgou a primeira foto oficial de Liu Yifei como a personagem-título. A divulgação antecipada se deve a possibilidade de gravações externas. Como fotos sempre vazam, nada melhor do que soltar uma imagem oficial para ninguém ter dúvida de como a personagem será retratada na telona, né?


Com a chinesa Liu Yifei, "Mulan" ainda conta no elenco com Jet LiDonnie Yen ("Rogue One"). O filme chega aos cinemas em março de 2020.
"Mulan" é um filme sobre a heroína-título lançado pelos estúdios Walt Disney em 1998, trazendo uma mulher protagonista que realmente fugisse do estereótipo de donzela. Porém, apesar de ser um mulherão da porra, aceitemos e encaremos o fato de que a Disney não dá muita bola para a personagem: ela não tem muito espaço ou atrações temáticas nos parques (pelo menos nos de Orlando, Anaheim e Paris) e quase não estampa produtos licenciados, por exemplo — realidade diferente de quase todas as outras princesas. Mas sabemos que o jogo virou, já que em 2019 teremos a versão live-action da animação e a única coisa que temos a lamentar é do quão longe está a data de estreia.

Para dar um fim em uma das maiores dúvidas acerca do longa, a Disney fez um grande anúncio: a chinesa Liu Yifei, conhecida como Crystal Liu, foi a atriz escolhida para viver Mulan segundo o The Hollywood Reporter. Apesar de ainda não ter "nome" no ocidente, Liu é uma das atrizes mais populares da China e, inclusive, participou de "O Reino Proibido", com Jackie Chan. A seleção para o papel da heroína não foi simples. Os diretores passaram pelos cinco continentes e entrevistaram, em média, mil candidatas que deveriam ter habilidades em artes marciais, inglês fluente e, claro, ser da etnia da personagem.

Sabe-se através do presidente de Produções da Disney, Sean Bailey, que "Mulan" terá uma pegada diferente dos outros live-actions do estúdio. "Mulan é claramente uma história de empoderamento feminino, mas também podemos fazer algo novo nesta reinvenção, torná-lo um pouco mais visceral, mais forte, com o toque de Ridley Scott", relata. Já dá até um arrepio só de pensar!

A versão live-action do clássico de 98 terá direção de Niki Caro e roteiro de Lauren Hynek e Elizabeth Martin, além da produção de Chris Bender e J.C. Spink. Para dar aquele boost de ansiedade, bora escutar uma das melhores músicas de trilha sonora da Disney:


Os live-actions parecem ser, de fato, a nova “galinha dos ovos de ouro” dos estúdios Disney. Depois de "Alice no País das Maravilhas", "Alice Através do Espelho", "Malévola", "Cinderela", "Mogli – O Menino Lobo" e "A Bela e a Fera" (que será lançado em 17 de março de 2017 nos EUA), "Mulan" é o próximo sucesso a sair dos desenhos 2D e ganhar “vida própria”. E, para a alegria dos fãs da guerreira chinesa, o longa ganhou uma data de estreia nos cinemas estadunidenses: 2 de novembro de 2018!

O anúncio, feito pelo site The Hollywood Reporter, traz também a notícia de que a dupla de roteiristas Rick Jaffa e Amanda Silver ("Planeta dos Macacos: A Origem", "Jurassic World", entre outros) foi escolhida para produzir uma nova versão do roteiro, que havia sido escrito previamente em 2015 por Elizabeth Martin e Lauren Hynek.

E não é só a Disney que curte retratar esta lenda nas telonas: além da animação de 1998 e da continuação "Mulan 2 – A Lenda Continua" (lançada em 2005 e diretamente em DVD), a milenar história já havia ganhado uma adaptação em 2006 com “Hua Mulan”, dirigido por Jingle Ma e, como se não bastasse, a Sony anunciou, em setembro, que também irá produzir a sua versão “humana” do conto. Já queremos mais informações para saber qual desses lançamentos será mais interessante, né non?

Enquanto estamos sem mais informações sobre o longa, vamos relembrar este filme com o maior clipe de empoderamento feminino da história que você respeita:



A Walt Disney continua apostando todas as suas fichas nas versões live-action das clássicas animações que consagraram o estúdio. Depois da bem sucedida adaptação de "A Bela Adormecida" que ganhou uma nova versão sob a ótica da vilã Malévola e a mais recente, a do conto de fadas "Cinderela" que manteve basicamente o enredo da história original, a Disney já trabalha na produção de "A Bela e a Fera" que estreia no dia 17 de março de 2017 nos Estados Unidos. Com Emma Watson no papel da mocinha, Dan Stevens como a Fera e Luke Evans no papel do vilão Gaston, o longa possui direção de Bill Condon, responsável pelos dois últimos filmes da saga "Crepúsculo", e roteiro de Stephen Chbosky, autor do livro "As Vantagens de Ser Invisível". Stephen revisará o roteiro assinado por Andrew Davies ("O Diário de Bridget Jones").

+ Confira uma lista completa de jogos online inspirados nos filmes da Disney!

Além de "A Bera e a Fera" a Disney já encomendou várias adaptações de animações para a versão em carne e osso. Por isso, fizemos este post com todas as informações sobre o que vem por aí. Vem gente!

A ESPADA ERA A LEI

A animação de 1963 que conta a história do cavaleiro Arthur e seu mestre, o Mago Merlin, é baseada no livro "The Sword in The Stone" escrito por T.H. White. A história tornou-se a primeira parte de uma sequência de quatro obras do mesmo autor, que ficou conhecida como "The Once and Future King" ("O Único e Eterno Rei"). Bryan Cogman, produtor das duas últimas temporadas de "Game Of Thrones" e roteirista da série, foi convocado pela Walt Disney para escrever o roteiro da adaptação de "A Espada Era a Lei". Bryan brincou no twitter dizendo já estar se preparando para escrever o filme e para isso tentava retirar uma espada da pedra, assim como Arthur faz na história. O produtor de "Tomorrowland" e do mais novo "Piratas do Caribe", Brigham Taylor, também está envolvido na produção da nova versão de "A Espada Era a Lei". O filme ainda não possui data de estreia confirmada. 

MULAN

Uma das animações de maior sucesso dos anos 90 também vai ganhar uma versão em carne e osso. "Mulan" conta a história da jovem guerreira chinesa que se disfarça de homem para se apresentar ao exército no lugar do pai, que está velho e doente. Sabendo do grande risco que Mulan corre, os seus ancestrais enviam o dragão Mushu para ajudá-la a sair vitoriosa da guerra. O conto que faz parte da cultura chinesa e foi adaptado pela Disney em 1998, já possui um roteiro para sua versão live action pronto. O projeto de readaptação já está bem adiantado, visto que os roteiristas e produtores já foram escolhidos: a dupla Lauren Hynek e Elizabeth Martin, famosa nos Estados Unidos por trabalharem em peças teatrais, cuidarão do roteiro. Já a produção do longa fica por conta de Chris Bender e J.C. Spink, que trabalharam em "Família do Bagulho". Nenhum nome para o elenco ainda foi revelado, assim como a data de lançamento.

PINÓQUIO 

Segundo o site Deadline, a história do boneco de madeira que ganha vida e sonha em se tornar humano, é uma das próximas adaptações da Disney para as telonas. A animação original de 1940 é baseada na obra de Carlo Collodi, conhecida como "As Aventuras de Pinóquio". A nova produção também pretende seguir os moldes da primeira versão, que contará com o roteiro de Peter Hedges (diretor de "A Estranha Vida de Timothy Green"). "Pinóquio" ainda não possui nenhuma informação a respeito de data de estreia e atores confirmados.

PRÍNCIPE ENCANTADO

Uma das maiores surpresas a cerca das adaptações. O Príncipe Encantado que é assim chamado em "Branca de Neve e os Sete Anões" e "Cinderela" vai ganhar um filme só seu. A dúvida é qual príncipe vai ter a sua história contada. Nós estamos torcendo para que seja o da "Branca de Neve" em uma versão bem obscura do conto. De acordo com o site The Hollywood Reporter, a Disney já encomendou um roteiro com Matt Fogel, o mesmo de "Vovó... Zona 3: Tal Pai, Tal Filho". A produção do filme fica por conta da  Mandeville Films, a mesma de "A Bela e a Fera" da Disney e pela série "Divergente".

DUMBO

A mais arriscada e talvez ambiciosa adaptação que a Disney está preparando! A clássica animação da Disney de 1941 é baseada na história "Dumbo", da escritora Helen Aberson e do ilustrador Harold Pearl. O personagem principal é um elefantinho chamado Jumbo Júnior, que por ter orelhas muito grandes é cruelmente apelidado de Dumbo (que significa estúpido em inglês). Seu único amigo é o ratinho Timóteo, com quem passar maior parte do tempo no circo em que vive. Para a surpresa de Dumbo, ele descobre que consegue voar com as suas orelhas. Temas como auto-aceitação, amizade e confiança são retratados de forma bastante tocante, emocionando crianças e adultos. Para o remake, o filme contará com roteiro de Ehren Kruger, responsável pela franquia "Transformes". Além de roteirizar, Kruger assume a produção do longa junto com Justin Springer ("Tron: O Legado" e "Oblivion"). Já o encarregado da direção será ninguém menos que Tim Burton. Com informações do The Hollywood Reporter, a Disney acredita que com  a ajuda dos recursos tecnológicos será possível dar vida aos personagens do filme de uma forma singular, tudo isso aliado à direção de Burton que combina muito com a estética da história de Dumbo, seja pelo caráter peculiar em tratar temas mais dramáticos ou pelo clima melancólico. A nova versão de "Dumbo" ainda segue sem nenhuma data de lançamento.

GÊNIO/ ALADDIN 
A história do Gênio da lâmpada do filme "Aladdin" de 1992, é mais uma das produções que integram a onda de adaptações da Disney. O novo filme servirá como prólogo da história contada no filme original e mostrará como o Gênio foi parar dentro da lâmpada mágica antes mesmo de chegar nas mãos de Aladdin. O longa será uma aventura com tons de comédia e contará com o roteiro de Damian Shannon e Mark Swift ("Sexta-Feira 13" e "Freddy vs. Jason") e produção de Tripp Vinson ("Terremoto" e "João e Maria: Caçadores de Bruxas"). O plano da Disney a longo prazo é realizar também um remake do clássico "Aladdin" com atores. Sem nenhum nome cogitado para o elenco, a aventura do Gênio ainda segue sem data de estreia.

***

E aí galera, qual adaptação vocês estão mais ansiosos para assistir nos cinemas? Nós já estamos aguardando anunciarem a versão live-action de "A Pequena Sereia" e se possível, com a Ariana Grande no papel da Ariel. Desde já, agradecemos! 
No último dia 28, Angelina Jolie ganhou o (merecido) prêmio de Melhor Vilã no Kids Choice Awards por "Malévola" e foi agraciada com um caloroso abraço de seus filhos, Zahara e John, presentes no evento. O filme em questão rendeu uma bilheteria significativa, e "Cinderela" parece seguir o mesmo caminho, visto que o público em geral está amando o longa.

Na listinha da Disney, o próximo filme com alguma princesa da casa a ganhar uma adaptação live-action é "A Bela e a Fera", com a Embaixadora da Boa Vontade, Emma Watson. Pensávamos que iríamos parar por aí, tendo também, e apenas, "Mogli" e "Dumbo" em seguida, em questão aos contos a serem adaptados. MAS, estávamos errados, é claro.

Mulan (não estamos falando do Kris ou Luhan do EXO, gente) também entrará na brincadeira e ganhará um filme feito por atores reais, "em carne e osso". O projeto de readaptação já parece estar bem engajado, visto que os roteiristas e produtores já foram escolhidos: Lauren Hynek e Elizabeth Martin cuidarão da roteirização, enquanto Chris Bender e J.C. Spink produzirão o filme. As informações são do Hollywood Reporter.

Com a ascensão dos universos compartilhados (MARVEL'S IMPACT) todo e qualquer estúdio quer um para também chamar de seu. Warner e DC estão juntas trabalhando em algo com a Liga da Justiça, enquanto a Sony tem a audácia de pensar algo com "Os Caça-Fantasmas", por exemplo. Assim, não nos surpreenderíamos, caso a Disney anunciasse que todas as princesas fazem parte de um mesmo universo. Imaginem que louco todas as princesas se juntando por um bem maior? Uma união contra uma Liga das Vilãs? Hahahahahahahaha!

"Mulan" ainda está sem previsão de estreia.

TODO O PARÁGRAFO RELACIONADO AO UNIVERSO COMPARTILHADO FOI VIAGEM NOSSA, IGGYNOREM.