Mostrando postagens com marcador michael fassbender. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador michael fassbender. Mostrar todas as postagens
Depois da gente ter que fingir com o primeiro trailer de "X-Men: Fênix Negra", que pareceu mais emular uma versão nova de "O Confronto Final", finalmente temos um trailer para se orgulhar. De surpresa, um novo vídeo foi divulgado ontem e está bom pra caramba, bicho. Se um dia a gente criticou, era montagem.


Com este trailer, fica claro que a personagem de Sophie Turner será central nesta história, diferente da primeira vez em que a saga da Fênix foi adaptada aos cinemas. Aqui, a personagem irá se redescobrir, se mostrando cada vez mais forte, assim como foi mostrado nos 15 primeiros minutos do filme haviam sugerido na CCXP 2018.

Já nascendo aclamado, "X-Men: Fênix Negra" é a última grande produção dos mutantes ainda com a mão da 20th Century Fox. O filme proporciona a volta de vários nomes consagrados na franquia, como o trio Jennifer Lawrence, Michael Fassbender e James McAvoy; e não podemos esquecer da estreante no mundo mutante, Jessica Chastain.

"X-Men: Fênix Negra" chega aos cinemas em junho.
"Assassin's Creed" é uma franquia de jogos criada pela Ubsoft que arrecadou milhões nos últimos anos. O sucesso foi grande suficiente para trazer o game às telonas. 

Quando a adaptação foi anunciada com Michael Fassbender no papel principal, as expectativas foram para o alto, principalmente considerando que a Ubsoft estaria envolvida na produção. A franquia de jogos traz uma história digníssima de Hollywood, e esta era a oportunidade certa para ver algo bem incrível no cinema baseando-se num videogame do jeito certo. Porém fomos pegos de surpresa quando descobrimos que o longa-metragem não pegaria uma das tramas dos jogos.

Mesmo com toda a grandiosidade da franquia, seria arriscado trazer uma trama diretamente dos jogos, logo a melhor opção foi pegar apenas a mitologia e começar do zero. Aqui acompanhamos Cal Lynch (Fassbender), um ex-presidiário que revive as memórias de seu ancestral Aguilar na Espanha do século XV. Aguilar é um membro do Credo dos Assassinos que protege a Maçã do Éden, um artefato cobiçado pelos Templários. E pararemos aqui para não soltar grandes spoilers.

Por mais que o filme de Justin Kurzel ("Macbeth") busque algo novo, ela ainda consegue ser destinado até para o fã mais chatinho que insiste que uma adaptação deve ser extremamente fiel e que não entende que são mídias diferentes, logo mudanças são feitas para se adequar melhor ao formato de tal mídia. A tão pedida fidelidade entra como fanservice para o deleite dos fãs, e é por este motivo que a produção é destinada a eles. E surpreendentemente ele é dosado.


Um ponto legal de se relevar é todo o aspecto visual, que vai desde à fotografia ao próprio Animus. É tudo tão lindo: os tons cinzas da Abstergo e o aspecto sujo e escuro da Espanha são fantásticos. Considerando seu gênero, é bacana ver que até a fotografia foi pensada. E quanto ao Animus, a solução dada para tornar a experiência de Cal mais real é maravilhosa.

A ação é freneticamente foda e as coreografias são de tirar o fôlego. Boa parte de tais sequências ficam por conta das passagens no passado — coraçãozinho forte para a segunda sincronização do Animus ♥. Inclusive, estas passagens no passado entram para quebrar o ritmo lento do presente, que só mergulha na ação nos minutos finais.

Um dos problemas da produção fica pelos personagens de apoio que são totalmente descartáveis. Você não se importa com ninguém. Os assassinos são rasos ao ponto de serem apenas para efeito da ação — a companheira de Aguilar é problematicamente esquecível. Até mesmo o vilão do filme é bem qualquer coisa, sem personalidade e frases de efeito que dão sono. Seu tom genérico só é "perdoado" por estar ali apenas para dar gás à vilã de sua continuação. Apenas Michael Fassender e Marion Cotillard se salvam.


Outro probleminha de “Assassin’s Creed” é ser destinado única e exclusivamente para os fãs. Trazer referências claras à franquia de jogos quebra a experiência de quem sequer tem ideia de que o filme é baseado em algo maior. Por mais incríveis que o filme possa ser, o resultado é diferente para cada um — ele tem que ser quase o mesmo.

O roteiro também dá suas escorregadas. A mitologia de "Assassin's Creed" é complexa demais para ser explorada em pequenas 2 horas, e até que o roteiro consegue se virar, porém o saldo final é de que nada foi de fato muito bem aprofundado.

Enfim, poucos elementos dos jogos foram mantidos, enquanto coisa ou outra foi alterada e até mesmo melhorada (alô, Animus!). Talvez o fanservice tenha contribuído para uma melhor experiência, fazendo com que o que fosse alterado não causasse um certo estranhamento para quem conhece a franquia no mundo dos videogames. De qualquer maneira, a adaptação é a prova de que dá para fazer algo bom sem a necessidade de ser fiel. Uma boa dose de fanservice é sempre bem-vinda, mas não é apenas isto que torna um filme excelente.


"X-Men" é uma das franquias mais lucrativas da Fox, talvez a maior. São 8 filmes levando os mutantes para as telonas da forma mais bagunçada possível. Claro, quando o estúdio teve a oportunidade certeira de dar um reboot na franquia, decidiu dar início a uma trilogia que, em um dos filmes, tentou corrigir os erros do passado, não convencendo alguns espectadores. Entretanto, a bilheteria continua dando lucro, então ajustar a linha temporal ou até mesmo recomeçar tudo do 0 nunca foi uma opção.

O máximo que tivemos próximo de um reboot foi uma troca de atores. Pelas histórias se passarem anos antes da trilogia original em "Primeira Classe", os atores que deram vida ao Magneto, Xavier, Fera e Mistica foram gongados, dando lugar aos excelentes Michael Fassbender, James McAvoy, Jennifer Lawrence e Nicholas Hoult. Agora, com o fim da nova trilogia, uma segunda troca deve acontecer.

No ano passado, a atriz de "Jogos Vorazes" já tinha nos avisado que "X-Men: Apocalipse" seria seu último filme na franquia. Com o fim do contrato dos atores, era esperada uma renovação, mas segundo o The Hollywood Reporter ela não deve acontecer porque os mesmos não estão nem um pouco interessados em uma nova contratação.

PODE ENTRAR, REBOOT!

Apesar de "Apocalipse" introduzir a Fênix, a trilogia começada por "Primeira Classe" chegou ao fim. "Logan" marcará o fim de Hugh Jackman no papel de Wolverine. Hoult e os outros não devem renovar contrato com a Fox. Logo, a melhor saída para o estúdio seria dar o tão sonhado reboot na franquia. A única coisa que impede é Sophie Turner e Tye Sheridan. Ambos os atores teriam contrato para outros dois filmes. De qualquer maneira, a Fox precisa urgentemente encontrar uma solução para este problema. E pelo amor de deus, que a solução não seja grotesca!

Finalmente temos o primeiríssimo trailer do tão aguardado "Assassin's Creed", adaptação da fantástica franquia de jogos criada pela Ubisoft. A gente estava tão ansioso pelo trailer que quando o mesmo ficou disponível na rede mundial de computadores, olhamos para o teclado e não conseguimos dizer mais nada, apenas sentir. TÁ. FO. DA. PRA. CA. RAM. BA.

Desde quando o projeto foi anunciado, muitos de nós ficamos com o pé lá atrás. O longa foi anunciado em uma época sombria da Ubi — os jogos não estavam lá aquelas coisas —, e saber que ele não seria fiel em ponto algum aos jogos deixou tudo pior. Mas é aquele ditado, né? Vamô esperar o primeiro trailer para poder julgar melhor.

Na última semana, rolou uma exibição de algumas cenas do filme aos jornalistas, e eles foram só elogios. "AC" tinha quase todos os elementos dos jogos, desde o Animus ao Salto de Fé (♥). Foi aí que a gente voltou a dar uma chance ao filme, e hoje comprovamos que sim, o filme vai dar certo, muito certo.

O primeiro trailer procura ao máximo esconder a trama. Não sabemos qual caralhos é objetivo da Abstergo aqui — não só reviver memórias — e não temos pista alguma de como a trama no passado será desenvolvida. Temos apenas o plot inicial, um "cara" sendo convidado para participar do programa da Abstergo, e muita ação. Ah!, teve um pouquinho de fanservice e um piteco de "I'm A God", música do Kanye West. Precisamos dizer mais alguma coisa sobre o quão foda ficou?



Para quem não sabe, "Assassin's Creed" é uma franquia criada em 2007, com seu primeiro jogo de mesmo nome lançado pela Ubisoft. A trilogia principal traz a trama de Desmond Milles, descendente de uma linhagem da Ordem dos Assassinos, que é sequestrado por membros da Indústrias Abstergo (cavaleiros templários no mundo atual) para resgatar os Pedaços do Éden, artefatos poderosos criados por Aqueles Que Nos Precederam, através do Animus - dispositivo capaz de recriar situações já vividas por antigos assassinos. Porém, com a ajuda de Lucy, uma assassina infiltrada na Abstergo, Desmond consegue fugir e vai atrás dos Pedaços do Éden para evitar um caos mundial. 

Já o novo filme exclui toda essa mitologia, ou pelo menos, não deve explorá-la. No longa, iremos conhecer Callum Lynch (Michael Fassbender), descendente do assassino espanhol Aguilar que viveu na Espanha durante o século XV. "Assassin's Creed" chega aos cinemas brasileiros em 19 de janeiro de 2017!

O site EW divulgou a primeira oficial de uma cena da versão cinematográfica do maravilhosos jogo “Assasin's Creed”. Na foto podemos ver o protagonista Callum Lynch que será protagonizado por ninguém menos que Michael Fassbender, o mesmo que faz o Magneto nessa nova fase dos X-Men. Segue a nova imagem junto de diversas fotos dos bastidores já divulgadas.

Assassin's Credd

Para quem não conhece, a história fala sobre um cara que através de uma tecnologia revolucionária desbloqueia suas memórias genéticas e revive as experiências de um de seus antepassados, assim adquirindo habilidades para derrubar uma organização opressora dos Templários.

O longa tem direção de Justin Kurzel, o mesmo por trás da adaptação muito elogiada de "Macbeth", que estreou esse ano também com Fassbender, que inclusive confessou nunca ter jogado a série de jogos tão aclamada pelo público.

O filme está sendo gravado em locações na Espanha, e como vimos nas fotos, os sets estão muito fiéis à ambientação do universo dos games.

A 20th Century Fox e Ubisoft Motion Pictures trabalham juntos nessa adaptação, e prometem lançar o filme em meados de janeiro de 2017.

No meio de ano, a gente ganhou um trailer vazado de "X-Men: Apocalipse" que nem aumentou, e nem diminuiu nossas expectativas — provavelmente estávamos extasiados demais com o trailer de "Deadpool", que saiu no mesmo dia, para nos preocuparmos com este. Agora, finalmente temos o primeiro (mas segundo, na verdade) trailer do longa estrelado por James McAvoy, e táqueopariu, hein?

O foco do novo trailer é a união dos mutantes, seja para bem ou mal. De um lado, temos Professor Xavier, Jean Grey, Ciclope, Jubileu e mais alguns heróis; do outro, Apocalipse, Tempestade, Magneto, Psylocke e Arcanjo. E assim o trailer segue, com muita ação entrelaçada com a premissa, e sem mostrar muita coisa, viu? Ah!, Jennifer Lawrence perdeu um pouco o estrelismo que teve nos dois últimos filmes neste trailer, ficando um pouco no escanteio. Será que no filme vai se prevalecer assim?


Este novo filme da franquia "X-Men" se passará uma década após os acontecimentos de "Dias de um Futuro Esquecido" e será focado na juventude dos mutantes, servindo como uma continuação de "X-Men: Primeira Classe". O elenco do filme conta com os veteranos James McAvoy (Professor Xavier), Michael Fassbender (Magneto), Jennifer Lawrence (Mística), Nicholas Hoult (Fera) e Lucas Till (Destrutor). Já Tye Sheridan (Ciclope), Sophie Turner (Jean Grey), Kodi Smit McPhee (Noturno), Alexandra Shipp (Tempestade), Lana Condor (Jubileu), Ben Hardy (Arcanjo) e Olivia Munn (Psylocke), formam o elenco de novatos que irão interpretar a versão jovem dos mutantes.

X-Men: Apocalipse" tem direção de Bryan Singer, que já dirigiu anteriormente "X-Men" (2000), "X-Men 2" (2003) e "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" (2014). O filme tem estreia marcada para 27 de maio de 2016.

It's coming you little bitch. Diferente dos jogos, em que a produção é absurdamente rápida, a primeira adaptação de "Assassin's Creed" ao cinema parece calma e tranquila, passando até por adiamentos que nos fizeram pensar que o longa poderia não acontecer. MAS, está acontecendo e suas primeiras informações e imagem já estão entre nós, apenas provando o que todos nós já sabíamos: longe, mas ainda fiel à franquia da Ubisoft.

Comecemos pela trama. Michael Fassbender será Callum Lynch, um descendente do assassino espanhol Aguilar que viveu na Espanha no século XV. Assim como aconteceu com Desmond, Lynch passará por todo o processo para entrar no clã dos assassinos e só então assumir o manto. Claro, tudo isso com referências claras aos jogos porque tem que ter uma pitadinha de fanservice, né nom?

Agora a imagem seguida de nossa rápida analise.


Michael Fassbender não está trajado com o clássico manto branco que remete a Ezio Auditore ou até mesmo Altair — os assassinos "principais" e "pioneiros" dos jogos —, não claramente. O manto negro junto da barba que ainda não entendemos se está por fazer faz referência proposital ou não ao Ezio de "Revelations", quarto game da franquia. Outro ponto interessante da imagem é o olhar doentio de Fassbender, seria seu assassino um psicopata? E deu pra perceber que ele carrega duas lâminas, né? Vimos uma galerinha reclamando, mas cronologicamente está "certo". Entretanto, na mão (esquerda ou direita?) de Fass, não encontramos 5 dedos, e sim, quatro. No primeiro game, os assassinos perdem o anelar com o uso da lâmina, mas como o longa se passa, aparentemente, ao decorrer da trilogia Ezio — nela o probleminha é resolvido —, a gente ficou um pouquinho confuso.

Para quem não sabe, "Assassin's Creed" é uma franquia criada em 2007, com seu primeiro jogo de mesmo nome lançado pela Ubisoft. A trilogia principal traz a trama de Desmond Milles, descendente de uma linhagem da Ordem dos Assassinos, que é sequestrado por membros da Indústrias Abstergo (cavaleiros templários no mundo atual) para resgatar os Pedaços do Éden, artefatos poderosos  criados por Aqueles Que Nos Precederam, através do Animus - dispositivo capaz de recriar situações já vividas por antigos assassinos. Porém, com a ajuda de Lucy, uma assassina infiltrada na Abstergo, Desmond consegue fugir e vai atrás dos Pedaços do Éden para evitar um caos mundial. 

Com filmagens previstas para começar entre setembro e outubro, "Assassin's Creed" estará entre nós em 21 de dezembro de 2016.

William Shakespeare é autor de diversas obras literárias que já foram readaptadas em diversas mídias, incluindo até músicas. Boa parte de seus livros foram adaptados aos cinemas e temos mais um entrando para essa listinha, desta vez com Michael Fassbender e Marion Cotillard (aquela que sabe como morrer em filmes) nos papéis principais. "Macbeth" logo, logo estará entre nós, e um primeiro trailer pra lá de animador foi liberado ontem.

Já avisamos, "Macbeth" é uma tragédia, assim, alguma m*rda acontecerá no decorrer no filme (risos). Na trama, Michael Fassbender é Macbeth, um general do exercito escocês que assassina o Rei Duncan, influenciado pela esposa Lady Macbeth (Marion Cotillard) e pela profecia de três bruxas, o que acaba desencadeando uma série de problemas na corte.



Dirigido por Justin Kurzel ("Snowtwon"), "Macbeth" tem estreia prevista para 2 de outubro no Reino Unido.

O californiano e co-fundador da Apple, Steve Jobs, nos deixou em setembro de 2011, devido a um câncer pancreático. Jobs deixou um legado para trás, com suas diversas contribuições para a empresa da maçã, além de lançar várias tendências ao mercado tecnológico através dela. Com sua morte, surgiram, é claro, muitas biografias não-autorizadas, seja por livros, seja por filmes - um deles foi com Ashton Kutcher como protagonista. Mas, depois de um tempo considerado até grande, o primeiro longa autorizado do inventor chegará aos cinemas neste ano, e com Michael Fassbender no papel principal. ♥

Intitulada "Steve Jobs", a cinebiografia, produzida pela Sony Pictures, será composta por três atos, com 30 minutos cada, acompanhando Jobs nos bastidores do lançamento do Mac, do NeXT e do iPod. Além de contar com Fassbender, temos também Seth Rogen (sim, daqueles filmes de comédia) como Steve Wozniak, co-fundador da Apple, no elenco. O próprio Wozniak ajudou na roteirização do filme, ao lado Aaron Sorkin, com o intuito de encontrar a melhor abordagem para o filme. Danny Boyle ("127 Horas") é quem fica responsável pela direção.

O filme em questão ganhou ontem à noite seu primeiro teaser trailer, e já dá pra ver o primeiro vislumbre de Michael Fasbender caracterizado como Steve Jobs, sendo ovacionado nos segundos finais do vídeo. Assista.


"Steve Jobs" chega aos cinemas norte-americanos em 9 de outubro!
Já não é uma novidade para ninguém, mas caso você estava lavando seu cabelo, o jogo "Assassin's Creed" ganhará uma adaptação cinematográfica com ninguém menos que Michael Fassbender no papel principal. Informação dada, vamos à notícia em si. Quando foi anunciado a adaptação ao cinema (tipo, há uns 68238 A.C), muitos se questionaram quanto à fidelidade ao jogo. E assim que foi dito que o filme não iria se basear em algum dos 11 jogos (apenas seis fazem parte da trama principal), a questão se tornou muito mais relevante, e até agora não foi respondida.

MAS, apesar desta grande decepção (podiam muito bem se basear no primeiro jogo e criar uma franquia enorme, já que se depender da Ubisoft - produtora do game - e dos fãs, isso vai muito longe), Michael Fassbender nos acalma: "Queremos respeitar o game. Há tantas coisas legais nele que, na verdade, estamos repletos de opções para colocar na adaptação, mas também queremos introduzir novos elementos e, talvez, mostrar nossa versão do que já existe no jogo". Acalmou? Que nada! Diz que vão respeitar o jogo (tá, mas qual?), mas que vão introduzir novos elementos e quem sabe uma nova história. Queremos isso tudo bem explicado futuramente e um longa digno. Obrigado, de nada.

Para quem não sabe, "Assassin's Creed" é uma franquia criada em 2007, com seu primeiro jogo de mesmo nome lançado pela Ubisoft. A trilogia principal traz a trama de Desmond Milles, descendente de uma linhagem da Ordem dos Assassinos, que é sequestrado por membros da Indústrias Abstergo (cavaleiros templários no mundo atual) para resgatar os Pedaços do Éden, artefatos poderosos  criados por Aqueles Que Nos Precederam, através do Animus - dispositivo capaz de recriar situações já vividas por antigos assassinos. Porém, com a ajuda de Lucy, uma assassina infiltrada na Abstergo, Desmond consegue fugir e vai atrás dos Pedaços do Éden para evitar um caos mundial. E se você quer saber mais da história, vá comprar/jogar o jogo, por que para nós esse resumo está de bom tamanho.

Além de protagonizar, Michael Fassbender produzirá o filme. "Assassin's Creed" tem estréia prevista para o dia 7 de Agosto de 2015!