Mostrando postagens com marcador música. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador música. Mostrar todas as postagens
Já estamos quase na metade de 2020 e, entre tantos acontecimentos, talvez você tenha passado despercebido por um importante fato: Rihanna ainda não lançou seu novo disco.

Até então chamado pelos fãs por “R9”, o novo trabalho da barbadiana, sucessor do “ANTI”, vem sendo prometido e alvo de especulações há alguns anos e, ainda que seja questionada sobre ele em onze a cada dez entrevistas, a cantora de “Bitch Better Have My Money” parece ser a menos preocupada em tê-lo finalmente lançado.



Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por badgalriri (@badgalriri) em


Prova disso são as respostas que a cantora costuma dar quando indagada sobre o disco e, em sua declaração mais recente, Rihanna foi ainda mais debochada.

Em seu Instagram, uma fã questionou: “Cadê o álbum?”, e Rihanna respondeu: “Eu perdi.”



Na sequência, os fãs se dividiram entre rir e garantir que a piada não tem mais graça. Nós estamos no meio de uma quarentena e, definitivamente, um novo disco da Rihanna é o que precisamos.
“De Diadema para o mundo”, como o próprio se anuncia, o funkeiro MC Lan está pronto pra atravessar as fronteiras depois da sua parceria com Anitta e Major Lazer no hit eletrônico “Rave de Favela” e, por suas redes sociais, anunciou a chegada do disco “Bipolar”: sua estreia internacional, com colaborações de diferentes países ao redor do mundo.

Também parceiro de Ludmilla e Skrillex em “Malokera”, MC Lan usou seu Twitter pra trazer novidades sobre o disco, no qual o próprio brasileiro se aventurará por versos em inglês e espanhol, e já adiantou o nome de alguns colaboradores, como o cantor sul-coreano Psy, do hit “Gangnam Style”, Wiz Khalifa, Skrillex, Don Omar e Desiigner (o rapper de “Panda”).

“Bipolar”, inicialmente, havia sido anunciado como um projeto de Lan no rap, com diversos nomes da cena nacional como Djonga, BK’, Filipe Ret e WCnoBeat, mas parece que as coisas mudaram após as aparições internacionais e, pela lista de participações prometida no registro, tem tudo pra projetá-lo de maneira significativa no mercado internacional.

Ouça uma prévia do disco, também liberada pelo artista:



Ao longo dos últimos anos, o funk tem sido o berço pra diversos artistas nacionais que alcançaram público no exterior. Antes de Anitta, que hoje coleciona parcerias com artistas de Madonna ao J Balvin, nomes como MC Carol, Linn da Quebrada e Bin Laden já estavam importando as batidas e rimas brasileiras por outras terras.

“Bipolar” ainda não tem previsão de lançamento, mas com tantos detalhes já revelados, não deve demorar a vir ao mundo.

Kim Petras lançou há alguns dias seu novo single, a ensolarada “Malibu”, e já que o isolamento não nos permite curtir o hino numa praia, ela deu um jeito de unir todos seus amigos na única pool party possível nesta quarentena: todos aproveitando através de vídeos caseiros.

A lista de convidados, por sua vez, não poderia ser mais abrangente, incluindo nomes como Pabllo Vittar, Jonathan Van Ness (de “Queer Eye”), Paris Hilton, Charli XCX, Demi Lovato e váaaaarios outros rostos bem conhecidos. Olha só:


“Malibu” deverá integrar o próximo disco de Petras, sucessor do álbum de estreia “Clarity” e os projetos de Halloween “Turn Off The Light” I e II, e apesar de levar o nome de Dr. Luke entre seus compositores, tem tudo pra repetir os passos de “Say So” da Doja Cat, também co-composto por ele, e se tornar um dos hits desse verão.
Lady Gaga até tentou, mas bastou confirmar a data de lançamento do disco “Chromatica”, marcada para o próximo dia 29 de maio, pra novas amostras do trabalho começarem a circular pelas redes sociais.

Entre especulações sobre uma possível chegada do seu feat com a Ariana Grande, “Rain On Me”, e do suposto segundo single do álbum, “Free Woman”, foi a segunda que vazou na íntegra, mostrando um pouco mais da proposta eletrônica do disco, aqui inspiradíssimo na house music.

Mantendo o saldo positivo desta era, enquanto conversa bem com a infusão disco do lead single “Stupid Love”, “Free Woman” soa quase como uma filha perdida do icônico “Born This Way”, com quês de “Love Is Free”, da Robyn & La Bagatelle Magique, nos synths mais atuais de nomes como Kiesza (“Hideaway”), Diplo (“Be Right There”) ou Calvin Harris (“How Deep Is Your Love”).



“Chromatica”, só pra reforçar, chega ao mundo no dia 29 de maio e, além de “Stupid Love” e “Free Woman”, contará com colaborações inéditas como “Sour Candy”, com Blackpink, e “Sine from above”, com Elton John.

Manu Gavassi já descansou após o retiro espiritual que foi a sua passagem pelo Big Brother Brasil e, após realizar seu primeiro show desde o reality, obviamente, online, a cantora lançou também a sua primeira música pós-confinamento.

Como adiantamos por aqui, a canção se trata da parceria com o Zeeba, “Eu Te Quero”, e mantém a sonoridade adotada por Gavassi em trabalhos como os EPs “Cute But Psycho” e “Cute But (Still) Psycho”, que também se aproximam da pegada acústica do cantor, contando ainda com versos em inglês.

Ouça abaixo:



Em seu primeiro show após o programa, Manu não economizou nos clássicos de sua carreira, como o hit atemporal “Planos Impossíveis”, e se arriscou em covers como da inevitável “Don’t Start Now”, da Dua Lipa, que foi a sua trilha-sonora ao longo do reality.

Veja o cover abaixo:

Vai um pagodinho aí, gente?

Dilsinho revelou nesta sexta-feira (08) a sua nova música de trabalho, e a faixa, chamada “Não Vai Embora”, conta com a participação especial de ninguém menos que a cantora Luísa Sonza, com quem o cantor já vinha trocando interações pelas redes sociais há algum tempo.

Ao melhor estilo dos hits do próprio cantor, “Não Vai Embora” traz a dona de “Garupa” para o pagode e ela, mais uma vez, prova a sua versatilidade, se fazendo o único nome possível pra dividir os vocais desta faixa, que versa sobre um término ainda cheio de sentimentos.

A canção foi lançada em parceria com o projeto Malibu Studios, que visa formar colaborações inusitadas no cenário nacional; antes de Dilsinho e Sonza, passaram pelo canal artistas como Clau, Luccas Carlos, Sandra de Sá e Sorriso Maroto.

Ouça a música abaixo:


Na noite desta sexta-feira (08) Luísa Sonza realizará seu primeiro show ao vivo desde o início da quarentena, com transmissão no seu canal no Youtube, será que a faixa nova estará no repertório?
Charli XCX, com certeza, foi uma das artistas que melhor aproveitaram o tempo livre neste período de isolamento e, faltando apenas uma semana pra chegada do disco “How I’m Feeling Now”, revelou a terceira amostra do projeto: a dançante e reflexiva “I Finally Understand”.

Com menções às suas sessões de terapia e uma verdadeira conversa aberta sobre si mesma e seus sentimentos, a música fala sobre o quanto a cantora percebe agora as dimensões de suas emoções, com vocais eletrônicos acompanhados por sintetizadores pulsantes.

Apesar de soar mais distante das faixas anteriores, “forever” e “Claws”, “Finally” também traz a produção do cabeça da PC Music, AG Cook, que assina também a produção executiva do disco.

Ouça a canção abaixo:


O disco “How I’m Feeling Now” será lançado no dia 15 de maio.
Um dos grandes novos nomes do pop com dois trabalhos expressivos entre os fãs e críticos do gênero, sendo esses o disco de estreia “Clarity” (2019) e os álbuns de Halloween “Turn Off The Light, Vol. I” e “Turn Off The Light”, a cantora Kim Petras deu sequência a sua nova era nesta quinta-feira (07) com a estreia do single “Malibu”.

Gritando pra ser mais um hit de verão, principalmente pela sonoridade próxima de músicas como “Say So”, da Doja Cat, a faixa tem tudo pra se tornar um dos maiores feitos da breve carreira de Petras até aqui, principalmente nos Estados Unidos, e não damos nem algumas horas até que já surjam os primeiros challenges do Tik Tok ao som da faixa, que é uma verdadeira bop.

Ouça:


Apesar da animação por conta da música nova, vale ressaltar que, assim como seus trabalhos anteriores, o novo single de Kim Petras conta com a participação de Dr. Luke em sua composição, sendo ela uma das mais recentes pupilas do produtor, acusado de abusar sexualmente de Kesha, além de ainda manter a cantora de “Die Young” presa aos contratos de sua gravadora, Kemosabe Records.

Isso não significa, de forma alguma, que devemos culpar ou condená-la pelos erros dele, que ainda responde pelas acusações judicialmente, mas o que fica aqui é a reflexão sobre a facilidade como ele mantém o apoio de grandes gravadoras para se reposicionar por trás de artistas novos e, consequentemente, submissos aos seus selos.
Já que tá todo mundo isoladinho em casa, o que não falta é tempo pra aproveitarmos as centenas de lives que rolam diariamente, sejam pelo Youtube, Twitch ou Instagram, com os mais variados gêneros, repertórios e artistas.

Nesta semana, o pop será muito bem alimentado, obrigado, e pra ninguém perder nada, a gente preparou essa lista com 5 lives imperdíveis que acontecerão pelos próximos dias.

Cata aí:

07/05 - Manu Gavassi

Em sua primeira apresentação desde a saída do BBB20, no qual terminou na terceira posição, nossa garota certa canta nesta quinta (07) em seu canal no Youtube. Para o repertório, é esperado seu atual hit, “áudio de desculpas”, além de clássicos atemporais como “Planos Impossíveis” e “Garoto Errado” e, muito provavelmente, sua música nova com o Zeeba, que será lançada no dia seguinte, chamada “Eu Te Quero”.



08/05 - Luísa Sonza

Literalmente lançando a braba, Luísa Sonza será a responsável por fazer a trilha sonora da nossa sexta-feira (08) com um show muitíssimo animado também pelo Youtube, que deverá resgatar o repertório do seu disco de estreia, “Pandora”, que lhe rendeu hits como “Garupa”, “Pior Que Possa Imaginar” e “Bomba Relógio”. Seu single atual, “Braba”, é pedido inevitável, além de hits pré-disco de estreia, como “Boa Menina” e a balada “Olhos Castanhos”.



09/05 - Marília Mendonça

A gente já tá chorando desde já, porque a sofrência vem, mas a superação também. Sucesso em sua primeira live, Marília Mendonça fará a alegria da internet mais uma vez com seus milhões de hits e covers pra ninguém colocar defeito, aglomerando emoções nos nossos corações. “Bem Pior Que Eu”, “Supera” e “Ciumeira” deverão ser alguns dos hinos presentes no set.



10/05 - Ivete Sangalo & convidados

Em pleno Dia das Mães, Ivete Sangalo quer fazer a live das lives e, chamada por “Live Leve”, a apresentação de leve não terá nada, contando com inúmeras participações e, pra nossa felicidade, váaarias músicas inéditas. Duas colaborações já confirmadas são dos cantores Jão e Vitão. Dá pra reunir a família por vídeochamada pra aproveitarem todos juntos, apesar do isolamento.



Anotou na agenda? Qual live mais aguardada por você?
É Beyoncé no céu e Thelminha na Terra, gente!

Mulheres e negras poderosíssimas, agora Thelma Assis e Honey B têm mais uma coisa em comum: as duas passaram pelo título de segunda foto a atingir mais rápido a marca de 1 milhão de curtidas no Instagram.

Antes pertencente a Beyoncé, que conquistou essa quantidade de likes em 30 minutos, o segundo lugar agora está nas mãos da brasileira, que conquistou o mesmo número que a cantora de “Formation” em apenas 18 minutos, ficando atrás de Selena Gomez, que detém o título maior por uma foto que bateu a marca com cinco minutos a menos.

O melhor é que a publicação recordista de Thelminha, que atualmente possui mais de 5 milhões de seguidores na plataforma, foi justamente o seu post de comemoração da vitória no BBB. Lindo demais, né?


Thelma foi a vencedora do BBB20, numa final disputada entre ela e suas amigas de confinamento, Rafa Kalliman e Manu Gavassi. Atualmente, a doutora se divide entre se acostumar com o atual assédio dos fãs e público conquistado ao longo do programa e a agenda cheia de entrevistas e participações em programas da grade global.
Você não pode dormir sem saber que na noite da última quinta-feira (30), enquanto realizava o festival virtual LGBTQ+ “Live do Orgulho”, a cantora e drag queen Pabllo Vittar dedicou uma das canções para Anitta, mandando um beijo pra artista com quem divide o sucesso “Sua Cara”.

Enquanto apresentava sua parceria, Vittar brincou, dizendo: “se estiver assistindo, um beijo, rapariga!”.


Pouco tempo depois da estreia de “Sua Cara”, Anitta e Pabllo Vittar se desentenderam após especulações sobre os gastos para a execução do videoclipe, lançado pelo trio de música eletrônica Major Lazer. Nos últimos meses, entretanto, foram muitas as interações entre as cantoras, que até voltaram a falar sobre uma possível nova colaboração.

Transmitida pelo Youtube, o Festival Live do Orgulho também contou com shows de Pepita, Urias, Mateus Carrilho e Aretuza Lovi.
Gente, mas que confusão! 

Doja Cat quer aproveitar ao máximo o sucesso de “Say So” e, nesta semana, anunciou um remix com a participação de ninguém menos que Nicki Minaj, mas as coisas saíram um pouco do controle quando uma suposta versão foi vazada e começou a ser divulgada como a oficial.

O problema? Os versos de Nicki Minaj no remix eram, na verdade, da sua colaboração com a Katy Perry em “Swish Swish”. O curioso é que, mesmo com as rimas já sendo conhecidas, os fãs comemoraram e elogiaram como se estivessem escutando-nos pela primeira vez.

Ouça abaixo:


Claramente memorável.

Em seu Twitter, Doja Cat esclareceu que o remix oficial será lançado na madrugada desta sexta-feira (01) e que alguém se confundiu com a divulgação daquela edição não-oficial.


“Say So” faz parte do disco “Hot Pink”, lançado pela rapper e cantora em novembro do ano passado. Além do hit, descoberto pelos usuários do TikTok, Doja também é famosa pela faixa “Juice” e, neste ano, ainda lançou como single a canção “Like That”, presente no mesmo álbum.
Não tem um momento do dia que não tenha algum artista ou figura pública fazendo alguma transmissão ao vivo pelo Instagram, mas Anitta foi além e, em breve, transformará as suas “lives” num programa transmitido ao vivo, obviamente, pela internet e Multishow.

“Anitta dentro da casinha” é o mais novo projeto da artista e, anunciado por seu Instagram, promete ser repleto de quadros ainda não explicados, além da participação especial de outros artistas virtualmente.

Em seu anúncio, Anitta, que já vinha usando seu Instagram pra divulgar aulas de diferentes idiomas e séries de exercícios físicos, brincou com a final do Big Brother Brasil 20: “Não tem pra onde ir agora que a casa do BB acabou? Vem pra minha!”.

A atração será semanal na programação da emissora, com estreia marcada para o dia 14 de maio.


Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Anitta 🎤 (@anitta) em
Não dá pra negar que Manu Gavassi ainda colherá muitos frutos da sua passagem pelo BBB, e após atingir a marca de 14 milhões de seguidores no Instagram, o maior número entre os participantes desta edição, e chegar ao terceiro lugar do reality show, a cantora vem chamando a atenção também para a sua música.

“áudio de desculpas”, que teve seu clipe lançado durante o confinamento na casa, tem crescido diariamente no Spotify e, com cerca de 80 mil execuções diárias, atualmente se encontra na 133ª posição da plataforma, sendo a terceira música mais ouvida de Gavassi entre os usuários do serviço, atrás de “Vício” e o hit atemporal “Planos Impossíveis”.

A canção fez parte do EP “Cute But (Still) Psycho” e deverá contar com um impulsionamento ainda maior na próxima semana, quando a artista fará um número musical durante o programa “Encontro”, também na Globo.

No BBB, a dona de “Aqui estamos nós” protagonizou alguns dos momentos mais comentados do programa, tendo vencido o paredão que deu ao programa o recorde de maior votação de um reality show no mundo, além de, entre outras coisas, aumentado o número de buscas sobre o termo “sororidade”, utilizado na justificativa para um paredão.

Por conta da quarentena, inúmeros artistas têm usado suas plataformas para a transmissão de lives cantando seus maiores sucessos e, além daqueles que tiveram suas atividades interrompidas em decorrência do isolamento, as condições atuais também incentivaram que nomes em hiato ou até mesmo separados topassem reuniões em prol de uma causa maior, como é o caso do grupo brasileiro Br’Oz.

Formado em 2003 durante o programa “Popstars”, do SBT, o grupo famoso por hits como “Prometida” e “Se você não está aqui” usou suas redes sociais pra anunciar que estarão juntos no dia 17 de maio, através do Youtube, relembrando os sucessos que marcaram toda uma era da música e televisão brasileira.



Originalmente composto por Oscar Tintel, Andre Marinho, Jhean Marcell, Filipe Duarte e Matheus Rocha, o grupo retornará sem apenas um dos integrantes, Filipe, que atualmente integra Os Travessos e está contratualmente impedido de realizar atividades com o Br’Oz.

A live do dia 17 de maio está prevista pra começar às 17h, no horário de Brasília, e será beneficente, arrecadando colaborações para as famílias afetadas pelo Coronavírus.

Anos após o fim das suas atividades com o disco “Segundo ato”, Br’Oz chegou a se reunir em 2017, para o lançamento independente do EP “Br’ozhood”, que rendeu os singles “Foi melhor assim” e “Cheio de vontade”.

Beyoncé mal estreou o remix para o hit da Megan Thee Stallion, “Savage”, e ja atraiu uma rede social um tanto quanto diferenciada querendo a sua presença entre os seus usuários.

Se você pensou no Tik Tok, que certamente já está repleto de challenges ao som da canção, pensou errado. O interesse partiu mesmo foi da plataforma adulta OnlyFans, citada pela cantora no verso sobre a série de performances sensuais no Instagram, “Demon Time”.

Hips tik tok when I dance / On that Demon Time, she might start an OnlyFans / Big B and that B stand for bands / If you wanna see some real ass, baby, here's your chance


Minha cintura ‘tik tok’ quando eu danço / Naquela Demon Time, ela deveria começar um OnlyFans / Big B e B estão aqui pelo dinheiro / Se você quer ver algumas bundas de verdade, baby, essa é sua chance


Nada bobos, e cientes de que a menção de Beyoncé impulsionará a sua quantidade de buscas e usuários, o pessoal do site já tratou de convidar a cantora para se unir à eles, afirmando:

“Beyoncé, e qualquer outro artista, estão convidados a se unirem ao OnlyFans a qualquer momento para criarem uma conexão mais profunda com seus fãs.”

Imagina a Bey vendendo fotos e vídeos lá no site? Seguidores, ninguém duvida que ela teria aos milhões.



De Hollywood à Broadway, a atriz, cantora, diretora e produtora Barbra Streisand comemorou 78 anos nesta sexta-feira, 24 de abril. Com mais de 50 anos de carreira, a artista aparece na lista, com poucos nomes, dos vencedores do “EGOT”, que une Emmy, Grammy, Oscar e Tony. Relembre:

Emmy
Na televisão, Barbra foi já premiada pelo Emmy seis vezes. Sua primeira estatueta veio em 1965, um período de ascensão para ela, com o especial de “My Name is Barbra”, que chegou junto ao quinto disco de estúdio da artista.

Na época, ela ganhou por Melhor Realização Individual e Melhor Programa Especial. Depois, em 1995, com o “Barbra Streisand: The Concert” ela também recebeu dois prêmios.

Em 2001, a norte-americana participou como produtora executiva do documentário “Reel Models: The First Women of Film” e lançou seu quinto disco ao vivo, “Timeless: Live in Concert". Ambos saíram vencedores da premiação.

Grammy
A artista recebeu seus primeiros dois Grammys em 1963 por “The Barbra Streisand Album”: Álbum do Ano e Melhor Performance Feminina. Em 1965, ela também venceu a categoria Melhor Performance Feminina pelo disco “My Name is Barbra".

Doze anos depois, “Evergreen”, sua música-tema para “Nasce Uma Estrela (1976)” saiu com dois títulos da premiação: Música do Ano e Melhor Performance Pop Feminina.

Streisand ganhou mais dois gramofones, sendo o último o Grammy Legend Award, uma homenagem à artista.

Oscar
Pelo filme “Funny Girl”, ela recebeu seu primeiro Oscar, interpretando a comediante Fanny Brice. 



Já em 1977, Barbra recebeu o prêmio de Melhor Canção Original pela música “Evergreen”, de “Nasce Uma Estrela”. No ano passado, Lady Gaga garantiu a mesma estatueta por "Shallow", no 3º remake do filme.

Tony 
Dois de seus mais importantes trabalhos no teatro foram “I Can Get It for You Wholesale”, que passou pela Broadway durante dois anos, e “Funny Girl”, que também andou por lá em 1964. Streisand foi indicada pelas duas atrações, mas seu prêmio chegou em 1970, com um título honorário de "Estrela da Década".
Com estética inspirada na pc music de artistas como Hannah Diamond e Charli XCX, histórico de censura pelo Youtube e cerca de cinco músicas já lançadas, a drag queen ludovicense Frimes tem tudo pra entregar um dos melhores dj sets da festa virtual Trophy, que acontece nesta sexta (24) na plataforma ZOOM.

Fugindo do isolamento, festa brasileira de ‘pc music’, Trophy, fará sua primeira edição virtual no ZOOM

Com singles como “Fadinha”, “Pink Money” e o mais recente, “Big Fat D*ck”, a brasileira mescla batidas explosivas e sintetizadas com letras que abordam da sexualidade ao cotidiano LGBTQ+, trabalhando em sequências de rimas e versos chicletes críticas sociais com a maior franqueza possível.



Na festa Trophy, que começa às 20h nesta sexta (24), a drag tocará ao lado de nomes como Cyberkills, Sophie da Rua Augusta, Gui Tintel, Jana Duarte, ST e Zowk. Saiba mais no link do evento pelo Facebook.
Se no mundo real Charli XCX lida com inúmeras burocracias para lançar suas músicas e discos da maneira que os idealiza, no meio de uma pandemia de escala global as coisas são diferentes e, até aqui, tudo tem dado certo até demais para sua era de quarentena, com o disco “How I’m Feeling Now”.

Fugindo do isolamento, festa brasileira de ‘pc music’, Trophy, fará sua primeira edição virtual no ZOOM

Inicialmente divulgado pela canção “Forever”, o novo álbum da britânica ganhou nesta quinta (23) uma música nova e, conforme prometido em suas redes sociais, a escolhida da vez foi a faixa “Claws”, anteriormente chamada “I Like” e “I Like Everything About You”.

Pra quem não tem acompanhado, tudo acontece em tempo real pelo Twitter e Instagram da artista, além de eventuais transmissões ao vivo, que também utilizam a plataforma ZOOM, nas quais ela mostra trecho das músicas que têm produzido e pede a opinião dos fãs sobre o que deve ou não ser divulgado.

“Claws” foi produzida pelo Dylan Brady, do 100 gecs, ao lado do AG Cook, que assinará a produção executiva do álbum “How I’m Feeling Now”, só galera metida com a pc music. Ao contrário de “Forever”, que aproximava Charli da sonoridade de seus primeiros trabalhos, como o disco “True Romance”, a faixa nova é muito mais propícia aos fãs de seus registros mais recentes, como as mixtapes “Number 1 Angel” e “Pop2”.

Uma música de amor para o fim dos tempos, assim como pedem os dias atuais, olha só:



“How I’m Feeling Now” tem estreia prevista para o dia 15 de maio e, ao que tudo indica, a canção que sucederá “Claws” será a produção do Dylan com Danny L Harle em “Generation”. Ela também já tem uma prévia online:



Caralhoooo! Servindo demais na quarentena, Charli, obrigado por tudo!
Tamborzin, tamborzin! Dua Lipa tá chegadíssima no Brasil desde o lançamento do seu novo disco, “Future Nostalgia”, que ganhou até um remix do Alok para o hit “Physical”, e agora ela vai além, fazendo a felicidade dos participantes do BBB20 com um show nesta quarta (22).

Dona da canção “Don’t Start Now”, que sempre rouba a cena das festas com a coreografia de Manu Gavassi, a britânica foi confirmada entre as atrações remotas da festa de hoje, que também contará com Marília Mendonça, Anavitória, Jota Quest, Daniela Mercury e uma dupla sertaneja.

A notícia, antes especulada como uma possibilidade dela cantar na final do programa, foi confirmada pelo portal de entretenimento da Globo, GShow, fazendo a felicidade do top4 de finalistas do reality.