Mostrando postagens com marcador james wan. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador james wan. Mostrar todas as postagens
No próximo sábado (21), durante a San Diego Comic-Con, será revelado o primeiro trailer de “Aquaman”; e ontem o Jaiminho Wan postou em seu Instagram que está trabalhando nos últimos detalhes do vídeo que será divulgado. A foto publicada traz uma imagem ao fundo com o herói, seu tridente e água para todos os lados.


Com o lançamento do trailer se aproximando e a divulgação do primeiro pôster do filme, reunimos algumas das principais informações do filme para ficar com o hype lá em cima com esse Aquaman  (Jason Momoa) todo trabalhado no “ooh yeaah”, cabelão e tatuagem neste tentativa positiva de cair no mainstream e matar a personalidade zoada até hoje graças “Super Amigos”.

James Wan é quem assina a direção de “Aquaman” e apesar do rapaz ser famoso pelas suas produções assustadoras — o cara está por trás de “Jogos Mortais” e “Invocação do Mal” —, a gente já sabe que ele dá conta do recado em outros gêneros. Um exemplo é “Velozes e Furiosos 7”, assinado por ele, que trouxe coisas insanas para a melhor franquia de todos os tempos; depois de “Transformers”, é claro.


Em entrevista a Entertainment Weekly, James Wan revelou que o filme abusa de efeitos práticos, incluindo maquiagem pra caramba, em “praticamente todos os atores”. Um deles é Djimon Hounsou (“Guardiões da Galáxia”) que está irreconhecível como o Rei dos Fisherman. O frame divulgado representa uma cena onde Orm (Patrick Wilson, de "Invocação do Mal"), o Mestre dos Oceanos, pede ajuda ao rei para declarar guerra contra a superfície por conta da poluição.

Ainda falando do visual da produção, há rumores de que o Aquaman terá um uniforme bem parecido com o clássico laranja e verde. Segundo o The Aquaman Shrine, o traje mostrado em uma feira de licenciamento seria idêntico ao uniforme criado por Ivan Reis. Vem, fanservice!


Além dos nomes já citados, a produção conta com um puta elenco, como nomes firmadíssimos na indústria, como Nicole Kidman. A oscarizada por “As Horas”, inclusive, será a Rainha de Atlanta, a mãe de Arthur Cury (Jason Momoa). Amber Heard interpreta Mera, uma princesa guerreira poderosíssima de Xebel, capaz de controlar a água e futura rainha de Atlanta. Não podemos esquecer de Willem Dafoe, o Vulko, mentor de Arthur, e Yahya Abdul-Mateen II como o vilão Arraia Negra.

Tá, mas e a trama? Em entrevista ao Comic Book, Ernie Malik, um dos chefes publicitários da produção, revelou que o Aquaman está em busca do Tridente do Rei, o verdadeiro, perdido há anos. O "quindente" usado em "Liga da Justiça" não tem o mesmo poder do Tridente do Rei, capaz de controlar os oceanos e somente o verdadeiro rei é capaz de empulha-lo. O longa provavelmente explorará a disputa pelo tridente entre Arthur Cury e Orm.

Fiquem atentos porque neste final de semana muita coisa de "Aquaman" deve ser divulgada graças a San Diego Comic-Con. "Aquaman" estreia nos cinemas brasileiros em 13 de dezembro.
Na próxima quinta-feita (19), começa mais uma edição da San Diego Comic-Con, e com ela as principais novidades do ano acerca da tevê e do mundo do cinema. Sempre rola aquele anúncio que ninguém esperava ou aquele trailer que para a internet no dia de seu lançamento; sem contar a presença de vários atores em painéis bem legais de suas produções.

Com a feira chegando, a gente pensou em reunir algumas coisinhas que queremos muito que aconteça, mas quando fomos conferir os estúdios confirmados, tivemos a certeza de uma coisa: DC, ESSE MOMENTO É SEU.

É sério, gente! Este é um dos anos mais fracos da San Diego, com boa parte dos grandões de fora. Mesmo com Fox — que focará seu painel em "Predador" — e a Universal com presença marcada, é a Warner quem dominará o famigerado Hall H como a sequência de "Animais Fantásticos" e os filmes da DC que devem se tornar o grande destaque.

Graças ao sucesso de "Mulher-Maravilha" no último ano e toda a sua importância para o mercado cinematográfico, é esperado que Gal Gadot e Patty Jenkins dominem o painel. Há rumores, inclusive, que a israelense surja vestida de Mulher-Maravilha e, não vamos mentir, seria foda pra caramba, né? Deve rolar ainda a revelação do visual de Kristen Wiig como Mulher-Leopardo. Caso as gravações tivessem começado bem antes, não seria surpresa um teaser, mas isso não deve acontecer.


Podemos esperar também o primeiro trailer de "Aquaman", contando com a presença de boa parte do elenco do filme e o anjinho James Wan, quem dirige. A produção ex-esnobado das HQs deve dividir um grande espaço durante o painel, então podem esperar uma caralhada de novidade sobre o filme, sejam elas grandiosas ou não.

Ainda dentre as atrações confirmadas, "Shazam!" deve ganhar um teaser trailer também porque a Warner gosta de meter o louco às vezes. Também pode rolar o anúncio oficial do novo selo da DC e uma "explicação" ao grande público de como toda a bagaça vai funcionar, além do anúncio do filme solo do Coringa com Joaquin Phoenix.

MAS!, o que nós realmente queremos é o anúncio de "Homem de Aço 2". Em 2018, o Superman completa 80 fucking anos, é o momento perfeito para anunciar um novo filme. E, para fechar um chave de ouro, um calendário com todos os filmes que estão por vir, já em produção ou não, para dar uma esperança no coraçãozinho da gente.

Sonhar não paga e no próximo sábado, durante o painel da Warner, saberemos o que foi cumprido dentre as expectativas e o que foi esnobadíssimo.

+ notícias sobre a San Diego Comic-Con 2018

A gente avisou.

Em 2013, James Wan trouxe "Invocação do Mal" aos cinemas, fazendo um puta barulho para seu gênero, arrecadando horrores. Há quem não seja muito fã da produção por suas soluções e escolhas bem convencionais no terror, mas não vamos mentir, adoramos. Um segundo filme só saiu no ano passado porque o diretor de "Jogos Mortais" esteve ocupado cuidando de "Velozes Furiosos 7", e por um motivo similar, deve ficar de fora do terceiro longa-metragem.

Segundo o Deadline, "Invocação 3" já tem seu roteirista contratado: David Leslie Johnson, roteirista do segundo longa e "A Orfã". Entretanto, aparentemente, por conta de "Aquaman", Jaiminho entra apenas como produtor, através de sua própria produtora. Não é a primeira vez que o diretor abandona seus filhos: as franquias "Jogos Mortais" e "Sobrenatural" estão aí para provar. Ah, não! James Wan não pula de mais uma franquia não.

Caso "Aquaman" seja realmente o motivo de sua ausência, é bem provável que a Warner não queira deixar um hiato tão grande entre um filme e outro, como aconteceu com os dois primeiros. Mas sendo bem sinceros, não vamos nos surpreender caso surja a notícia de que Jaiminho estará como diretor, sim, nesta terceira sequência. "Annabelle" e "A Feira" podem muito bem tomar conta do recado enquanto "Invocação 3" não sai. Se o propósito é apenas lucrar, estes dois dão conta.

"Invocação do Mal" foi lançado em 2013, arrecadando mais de 300 milhões de dólares mundialmente, garantindo uma sequência e um spin-off. O derivado "Annabelle" é duvidoso até para quem adorou a boneca em sua aparição no original, mas fez até um certo barulho nas bilheterias. Entretanto, quem deve arregaçar é "Invocação do Mal 2", que chega aos cinemas brasileiros hoje. O sucesso é tão certo que conversas sobre um terceiro filme já existem.

Nada oficial, é claro, nem o estúdio responsável pelo longa mostrou interesse em uma nova sequência (ainda!). Quem deu pistas de que um novo filme poderia acontecer foi o próprio diretor James Wan durante uma entrevista a Entertainment Weekly, indicando que não deve voltar como diretor. O cara tem a produção de "Annabelle 2" e do suposto reboot de "Mortal Kombat", fora a direção de "Aquaman", prometido para 2018.

"Outro 'Invocação do Mal'? (...) Eu amo o mundo, eu amo Patrick e Vera, e eu tenho uma ótima relação com a New Line e Warner, então a ideia de voltar para essa família não é algo ruim. (...) Mas eu estarei ocupado nos próximos anos. Então, quem sabe se eles vão realmente esperar por mim e fazer outro?

Quando James solta suas criações nas mãos dos estúdios, ou abandona a direção, cuidando apenas da produção, elas acabam perdendo a qualidade com o decorrer das sequências. "Sobrenatural" não é a mesma coisa sem ele na direção, e nem precisamos falar da montanha-russa "Jogos Mortais". É torcer pro cara não abandonar o barco. A gente consegue esperar outros três anos para um novo filme.


Apesar dos 800 milhões de dólares arrecadados até o momento da publicação deste post, "Batman V Superman" não deu nada certo, sendo um ame ou odeie. Devido a este e outros inúmeros problemas, o universo cinematográfico da DC pode sofrer alterações, seja de tom, abordagem e até mesmo gênero. Vários rumores negativos sobre tal universo surgiram então, relacionados ou não diretamente com o longa-metragem, e um deles é de James Wan e seu Aquaman.

No sábado, saiu um boato de que o diretor estaria simplesmente desistindo do filme, segundo o Birth.Movies.Death. De acordo com o site, Wan não precisaria do filme em sua grade de produção, por estar com "Invocação do Mal 2", "Lights Out", além do suposto stress que teria passado durante as gravações de "Velozes e Furiosos 7". 

Não demorou muito para que tal rumor chegasse aos ouvidos de um dos criadores de "Jogos Mortais", fazendo com que o mesmo fosse ao seu Twitter deixar bem claro que não estava deixando produção alguma, pedindo até para os fãs não ficarem enfurecidos com Devin Faraci, responsável pela notícia publicada no Birth.Movies.Death. Além da declaração, o diretor postou uma imagem sua com um Aquaman atrás.


Se os tuítes não são o suficiente para poder dizer que James Wan ainda é o diretor de "Aquaman", temos mais uma declaração do cara sobre o filme, dada recentemente durante a divulgação de "Quando as Luzes Se Apagam", dizendo que o filme pretende mostrar um lado diferente e descolado do personagem, além de contar com uma boa dose de diversão.

"Eu acho que o Aquaman é um personagem que tem sido... você sabe, fazem piada dele ao longo dos anos, e eu acho que será bom mostrar um lado mais diferente, descolado e forte desse personagem – mas, ao mesmo tempo, não vamos nos esquecer de ter diversão no filme", contou ao Movie Web.

Se ele tivesse saído, por que diabos ele estaria falando sobre o longa-metragem, gente? Então aquietem e vamos aguardar este filme que promete ser maravilhoso só pela promessa de tirar a fama de que o Aquaman é uma verdadeira piada. ♥

Aclamado pela crítica e público, "Invocação do Mal" pode ser dito como o principal filme de terror nos últimos cinco anos, apesar de não trazer algo de fato significante para o gênero. Com o bolso cheio, a Warner encomendou um derivado não tão bem aceito, além de uma sequência que chegará aos cinemas no meio deste ano, que promete arrecadar mais alguns milhões em bilheteria.

A gente teve teaserdoteaserdoteaserdoteaser para termos uma prévia que nem mostra muita coisa, mas que já diz que este novo longa do casal Warren fará tão bonito como o primeiro. E agora temos um novo trailer que reafirma tal ideia, mesmo caindo em alguns clichês, apresentando, enfim toda a história. Confira.


"Invocação do Mal 2" traz Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) com um novo caso. A trama baseia-se num caso envolvendo uma garotinha de 11 anos, Janet, chamado de "O Poltergeist de Einfield" (1977-1979), sendo considerado um dos relatos paranormais mais bem documentados da história, contando com diversas fotos pra lá de assustadoras. O filme chega aos cinemas norte-americanos em 10 de junho, enquanto no Brasil o filme deve chegar no dia 9.

Você provavelmente deve ter ouvindo falar de um curta aí, lá em 2013, que estava deixando qualquer um de queixo caído e morrendo de medo, e, se você foi corajoso como o blogueiro que vos escreve, conferiu o tão comentado curta e reafirmou todas as afirmações sobre o quão assustador é. Estamos falando de "Light's Out", que ficou tão famoso que ganhou sinal verde para sua versão estendida que promete ser tão boa quanto.



O curta surgiu devido ao Who's There Film Challenge, uma competição de filmes de terror. "Light's Out" não levou o principal prêmio, mas ganhou o prêmio na categoria Melhor Diretor, dado ao diretor sueco David F. Sandberg, que no longa fica como um dos produtores, ao lado de um cara foda pra caramba no gênero, além da direção e roteirização.

O longa-metragem ganha distribuição da gigantesca Warner Bros e também conta com a produção de ninguém menos que James Wan, o dono do terror atualmente, provável proprietário dos gêneros de ação e, se Zack Znyder quiser, vai entregar um dos melhores filmes de heróis de todos os tempos. Em outras palavras, o cara manda bem em tudo que faz. Rei, né, mores?

Mas chega de falar, né? Assistam ao primeiro trailer do filme abaixo.



O filme, que explorará a origem da entidade sobrenatural, chega aos cinemas norte-americanos em 22 de julho deste ano. Teresa Palmer e Gabriel Bateman protagonizam o longa.

Sem James Wan, sem progressão no terror. O cara é "só" a mente por trás de uma das melhores franquias do terror/suspense, e não satisfeito, pretende transformar outros longas em prováveis franquias. "Sobrenatural", por exemplo, encontra-se em seu terceiro filme, "Invocação do Mal" esbanja um spin-off dedicado à boneca que estava longe de se tornar o centro das atenções, aparentemente, e está prestes de ganhar seu segundo filme.

"Invocação do Mal 2" traz Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) com um novo caso. A trama baseia-se num caso envolvendo uma garotinha de 11 anos, Janet, chamado de "O Poltergeist de Einfield" (1977-1979), sendo considerado um dos relatos paranormais mais bem documentados da história, contando com diversas fotos pra lá de assustadoras. O caso é tão famoso que já rendeu um mocumentário pela BBC. Vocês podem conferir mais sobre o caso e conferir as imagens aqui e aqui.

Recentemente, surgiu a primeira imagem oficial do longa-metragem, trazendo Janet em meio ao caos, com uma cama revirada, objetos jogados, cruzes pregadas nas paredes e guarda-roupas de portas abertas. Confira.


Com a liberação de uma imagem, é válido ressaltar a possibilidade do lançamento de um trailer em breve. "Invocação do Mal 2" chega aos cinemas norte-americanos em 10 de junho, enquanto no Brasil o filme deve chegar no dia 9.

"Mortal Kombat" é uma das séries de games mais bem-sucedidas da história. São dez jogos principais, fora as versões ultimate, de relançamento e "Mortal Kombat vs. DC Universe", que proporcionou o encontro mais improvável de todos os tempos. A franquia, além de render milhões, rendeu séries e uma websérie bem amada, "Legacy", e dois filmes. O primeiro, fiel ao clássico game de 92, respeitado pelos fãs e dirigido por Paul W. S. Anderson ("Resident Evil"), já o segundo, bem... nem precisamos dizer, não é mesmo?

Dentre os vinte anos após ao primeiro filme, e com o sucesso de longas adaptados e baseados em jogos, é claro que rumores para um próximo rolaram solto. Uma sequência direta ao "Mortal Kombat: Annihilation" havia sido prometida ainda na década de 90, mas acabou sendo engavetada. O projeto só deu sinal de vida em 2009, através de um curta-metragem lançado no YouTube, dirigido por Kevin Tancharoen, que queria mostrar as suas ideias à Warner Bros. Elas foram aceitas, entretanto não como Tancharoen queria. No fim, não ganhamos a continuação, mas fomos presenteados com a websérie já citada.

Porém, a Warner ainda não jogou fora a possibilidade de um novo filme acontecer e, aparentemente, temos um puta de um nome envolvido. Não faremos mistério porque o nome do moço tá bem lá em cima, grandão, no título. É de James Wan, o diretor e produtor que já provou ser bom e eficiente em qualquer gênero, trazendo "o" filme de terror para muitos e o melhor filme da franquia "Velozes e Furiosos" - nem estamos falando isso por causa daquele cara lá, viu? -, que estamos falando.

Segundo o Tracking Board, Wan e a Warner estariam discutindo para o asiático produzir o filme através da New Line Cinema, produtora dos longas da década de 90. No mais, o site ainda afirma que a produção seria um reboot, dando um reinício para a franquia nos cinemas. A gente está gostando tanto da possibilidade de ver o ~menino~ James envolvido que estamos ligando para a Warner agilizar isso. O cara é bom, e todos nós sabemos disso. Não tem mais o que discutir, Bial. Onde clica pra acontecer?

Se o nosso bias dos filmes de terror vai assumir ou não a produção, só o tempo poderá responder. Enquanto isso, ficaremos no aguardo para os próximos filmes do diretor. Sim, estamos falando de "Aquaman", que contará com Jason Momoa (o Drogo de "Game of Thrones") no papel do personagem-título.
James Wan abandonou a franquia que deu seu nome ao mundo com medo de não conseguir desvincular-se dela quando quisesse. Demorou alguns anos, mas o diretor só foi conseguir sua ascensão novamente com "Sobrenatural" em 2010. De lá pra cá, Wan entregou "Invocação do Mal" e seu derivado - neste ele apenas produziu -, além de uma continuação para o filme de 2010. Talvez, procurando inovar, o moço apostou suas fichas em outro filme, ainda envolvido ao terror.

"Dominic" traz um terror policial. Na trama, um detetive, junto de uma psicologa, investiga o brutal assassinado de cinco jovens universitários. Parece um simples suspense, mas não é. Logo no primeiro trailer somos apresentados aos seres paranormais, e já deu para ficar com medinho (rs). Assista ao trailer logo abaixo e nos diga que amou a ideia dos "fantasmas" aparecerem, em primeiro momento, apenas nas filmagens.
Semana passada a internet parou com a notícia de que Robert Downey Jr estará em "Capitão América 3", e com o anuncio de dez longas da DC Comics para até 2020, dentre eles dois da Liga da Justiça, e filmes solos do Lanterna Verde, Aquaman, Flash e Ciborgue. Por mais que o segundo acontecimento não tenha chocado tanto quanto o primeiro, é fato que todos estão ansiosos para saber quem irá dirigir algum dos filmes anunciados pela empresa de histórias em quadrinhos em parceria com a Warner.

James Wan - "Jogos Mortais", "Invocação do Mal" e "Sobrenatural" - é o primeiro nome que começou a surgir em meio ao primeiro de muitos rumores envolvendo a escolha de diretoras para os futuros filmes. De acordo com o Deadline, o diretor recentemente assinou contrato exclusivo para dirigir a sequência de "Invocação do Mal", e em meio a isso, um filme da DC Comics estaria dentro do pacote. E mais! Toby Emmerich, presidente da New Line, disse que "James fará um filme importante para (a produtora) e Warner Bros. ou DC - isso definitivamente está dentro dos planos". Ver alguém do mundo do terror envolvido com heróis parece ser estranho, mas torcemos muito para que isso aconteça!