Mostrando postagens com marcador eminem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador eminem. Mostrar todas as postagens
Talvez venha aí, galera. Rihanna tá focadíssima no empreendedorismo com as marcas Fenty Beauty e Savage x Fenty, mas seus fãs continuam sedentos por novos trabalhos musicais e, seguindo o ritmo de seus últimos anos, pode ser que mais uma colaboração esteja a caminho.

O nome da vez já é conhecido: Eminem, com quem ela também trabalhou no hit “Love The Way You Lie” e em “Numb”, do disco “Unapologetic”.

Ainda não há qualquer indício concreto de que o feat acontecerá, mas os rumores vêm de fontes confiáveis, afinal, tudo começou por conta de um post bem aberto às interpretações pelo Burn It Down Group, empresa responsável pela comunicação comercial do rapper.

A última vez que ouvimos a voz de Rihanna numa música nova foi em março deste ano, quando a cantora serviu vocais na música “Believe It”, do PARTYNEXTDOOR:

Sede de vingança! P!nk veio pronta para, finalmente, dominar os charts com sua nova era. "Revenge", seu novo single em parceria com o Eminem lançado hoje, 13 de outubro, junto com o álbum, é um prato que a gente come de qualquer jeitinho de tão bom que é, e nos fez até relevar a presença do rapper. 

Divertida da letra a melodia, a faixa é muito mais a cara da cantora do que seu primeiro single, a política "What About Us". Em "Revenge", P!nk usa e abusa das repetições e até faz um rap bem tímido. A participação de Eminem não acrescenta muito (e as vezes em que ele fala desesperadamente "whore" e "slut" são completamente desnecessárias), e quem brilha mesmo é ela. É a canção que estávamos esperando desde que ela anunciou seu novo álbum.



Hmmmm, que gostinho de hit!

Ao que tudo indica, a música deve ser também o novo single do rapper, que lançará seu novo álbum no dia 17 de novembro. 

"Beautiful Trauma", o oitavo disco de P!nk, já está disponível em todas as plataformas digitais, e traz tanto as baladas sofridas que apenas ela sabe fazer, quanto as canções divertidas e supersinceras que já está acostumados a ouvi-la cantar. 

P!nk está prestes a estrear seu novo álbum, "Beautiful Trauma", e com a chegada do disco também chega um novo single. Para suceder "What About Us", a cantora parece ter escolhido "Revenge", sua parceria com o Eminem.



De acordo com uma entrevista que a cantora deu ao New York Times, o clipe da colaboração já está gravado e a faixa possui algumas rimas ~explícitas~ do cara. Pretends to be shocked

Não é a primeira vez que os dois se juntam em uma canção. P!nk apareceu no disco "Recovery", do Eminem, em "Won't Back Down", em 2010, enquanto o rapper retribuiu a parceria em "Here Comes The Weekend", presente no último álbum da cantora, "The Truth About Love", de 2012. 


Segundo rumores, um grande lançamento, que não é algo que poderíamos imaginar, acontecerá ainda no final desse ano. Tudo indica que Eminem deve aproveitar a deixa de "Revenge" para fazer seu comeback. Outros boatos também dizem que haverá uma parceria entre ele e P!nk no seu álbum, o que pode indicar tanto que a faixa é uma daquelas com créditos igualitários quanto uma nova colaboração. 

Grande lançamento do último trimestre mesmo é o álbum da P!nk, "Beaufitul Trauma", que chega na próxima sexta-feira, 13 de outubro, junto com um documentário exclusivo para a Apple Music sobre a produção do CD. 
Mas esses rappers só estão vacilando com o Lolla, hein?

Uma das principais atrações do Lollapalooza Brasil 2016, o rapper Eminem não permitiu que sua apresentação seja transmitida ao vivo pela televisão ou internet.

No Spotify: ouça gratuitamente músicas do Eminem e outras atrações do Lolla 2016 com a playlist “It Popalooza”

Como de praxe no festival, o Lollapalooza terá sua cobertura na televisão, pela Multishow e Globo, enquanto na internet também é transmitido pelo site da primeira emissora, mas após algumas negociações, não conseguiu um sinal positivo do rapper, que chega ao Brasil com alguns de seus grandes sucessos e músicas do disco “The Marshall Mathers LP II”, que conta com participações de Rihanna e Sia.


Sendo um dos headliners do Lolla, Eminem fechará a primeira noite do evento, que acontecerá no dia 12 de março, mas só quem estiver no Autódromo de Interlagos poderá presenciar o momento.

A parte boa é que, pela TV e internet, o destaque será todo para a galesa Marina & The Diamonds, que foi um dos principais assuntos do evento no ano passado, quando cancelou sua vinda horas antes de sua apresentação.

Pela primeira vez no Brasil, a cantora mescla em seu setlist músicas de seus três discos, incluindo hits como “Primadonna” e “How To Be A Heartbreaker”, além de um provável cover de “True Colors”, da Cyndi Lauper. O que faz a gente pensar na decisão de Eminem como algo nem tão ruim assim.


O Lollapalooza Brasil 2016 acontece nos dias 12 e 13 de março e, pelo Spotify, você pode conferir a nossa playlist, com músicas de todas as principais atrações desse ano. Ingressos para o evento seguem disponíveis no site do festival.
Dominando a principal parada do mundo com seu smash hit "The Hills" e o ano de 2015, com o álbum "Beauty Behind the Madness", além, lógico, do hino "Can't Feel My Face", o canadense The Weeknd promete aumentar ainda mais esse reinado e o primeiro passo já foi dado.
Esteje oficializado o fim do sofrimento com a espera pelas atrações do Lollapalooza Brasil 2016, porque a Time For Fun cumpriu com o combinado e, na manhã desta terça-feira (06), confirmou a line-up completa do festival que acontece nos dias 12 e 13 de março e, segura esse spoiler, dando como certos boooa parte dos rumores. Que dia lindo para os fãs desses artistas, hein?



Logo de início, a gente já anuncia a parte mais legal: os headliners desse ano serão Florence + The Machine, Jack Ü, Mumford & Sons e o rapper Eminem. Aliás, uma dessas atrações já cantam bastante sobre o festival, nesta edição predominado por artistas eletrônicos, mas não acaba aí, porque a lista ainda nos reserva Snoop Dogg, Noel Gallagher, Albert Hammond Jr., e, se prepara, até os sul-africanos do Die Antwoord, os islandeses do Of Monsters and Men e a lenda urbana galesa Marina and The Diamonds, que a gente só acredita quando estiver no palco mesmo.



Outros destaques são novidades como Halsey, Twenty One Pilots e Walk The Moon, além dos brasileiros Emicida e Karol Conká. Tombaram mesmo, hein Lollapalooza? Pela primeira vez na história da música, taí uma line-up que nos agradou quase que 100%, só melhorando se também trouxessem HAIM e Macklemore que, cof cof, foram lá pro Chile (taí uma line-up que preferimos nem olhar, hahah).



Dá uma olhada na lista completa das atrações:



O Lollapalooza Brasil acontece nos dias 12 e 13 de março em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, e os ingressos podem ser comprados no site da T4F.
Aí que eles estão arriscando de vez. O Lollapalooza 2016 começou a agradar os fãs de longa data do festival desde que surgiram rumores sobre a vinda de Florence + The Machine, Of Monsters and Men, HAIM, Alabama Shakes e até a prometida que nos deu bolo nesse ano, Marina and The Diamonds, mas do mês passado pra cá, a linha em torno das especulações sobre o festival fez uma curva e tanto.



A curva em questão é pelo risco que o festival parece estar prestes a assumir ao apostar num gênero e público que apareceu timidamente nas edição anteriores: o hip-hop.

Pra você ter uma ideia, na sua primeira edição, que aconteceu em 2012, quando ainda estavam no Jockey Club, o Lollapalooza Brasil contou com seis atrações do rap, entre nomes grandes e emergentes, sendo elas O Rappa, Rhythm Monks, Pavilhão 9, Ritmo Machine, Racionais MCs e Tinie Tempah. Na edição seguinte, o festival manteve o contato com o gênero ao trazer para seus palcos artistas como Criolo, Nas, Planet Hemp e Major Lazer, mas já tinha como sua característica o faro para revelações do pop e rock alternativo, quando já tocava Of Monsters and Men, Passion Pit, Crystal Castles e até os brasileiros do Copacabana Club e Boss in Drama.



Na sua estreia no Autódromo de Interlagos, em 2014, o Lollapalooza também trouxe rap, só que em menor escala, com nomes como Kid Cudi e Cone Crew Diretoria, e a preferência pelos outros gêneros prevaleceu no ano seguinte, no qual Marcelo D2 foi um dos principais representantes do estilo e, ainda assim, convidado apenas pelo desfalque duplo de última hora de Marina and The Diamonds e a banda Kodaline, que iria substituir a galesa, mas não conseguiu seu visto a tempo do show.

Para esse ano, entretanto, o Lolla parece apostar pesado no hip-hop e, pela primeira vez, investe em grandes nomes do gênero para o que deve ser uma “noite do rap” dentro do festival.



Como conta o jornalista José Norberto Flesch, responsável por inúmeros anúncios que ainda farão nossos cardiologistas ficarem ricos, os rappers Eminem e Snoop Dogg estão confirmados na próxima edição do evento, que acontece nos dias 12 e 13 de março, no Autódromo do Interlagos, mais uma vez. Só que não parou aí pois, fora os rappers, que são dois dos maiores ícones do hip-hop dos anos 90 e 2000, o festival estaria em negociação com a dupla Macklemore and Ryan Lewis, que estourou em 2013 com músicas como “Thrift Shop” e “Can’t Hold Us”, do CD de estreia “The Heist”, e há pouco lançou seu single novo, “Downtown”, lá no MTV Video Music Awards.



O jornalista ainda anunciou que o festival está de olho no duo americano Run The Jewels, uma das maiores apostas do hip-hop para o próximo ano e que, desde o começo de 2015, tem protagonizado alguns momentos bem promissores, como uma parceria com o músico Jack White no grandioso Madison Square Garden, uma colaboração com o baterista Travis Barker e até mesmo performances em outros festivais, como o Coachella 2015. Se confirmadas, essas atrações transformariam esse momento numa verdadeira viagem pela história do hip-hop, dos grandes nomes do passado às apostas do presente. Bem que podiam trazer também o Drake, Kendrick Lamar e Azealia Banks, né? Se a verba bancar, o Kanye West é bem vindo. Até a Iggy Azalea podia vir pra arriscar uns freestyles.

Além dos nomes citados desde o início do post, também é esperado que o Lollapalooza Brasil 2016 conte com apresentações da banda Mumford and Sons e do músico Noel Gallagher. Entre tantas especulações, até o britânico Sam Smith, que se apresenta daqui alguns dias no Rock in Rio, parece estar a caminho do festival no ano que vem.



Seria esse o melhor Lollapalooza de todos os tempos?

Revelar alguém que seja interessante pro mercado pode até ser uma tarefa simples à primeira vista, principalmente quando se tem um grande nome por trás (seja gravadora ou empresário). Porém, da mesma forma que alguns nomes atingem o sucesso meteórico em suas estreias, caem no ostracismo em igual proporção com o passar dos meses de hype (às vezes bem exagerado, inclusive).


Seleção de sete novidades musicais que não apareceram no blog ao longo da semana, mas que valem sua atenção. Para conferir as edições anteriores do It's New, clique aqui!


Eminem tá bastante envolvido na trilha sonora do filme “Southpaw”, da qual foi escalado para fazer a curadoria, mais ou menos como Lorde fez em “Jogos Vorazes: A Esperança”, e depois do single “Phenomenal”, volta a emprestar suas rimas para o longa em “Kings Never Die”, com a participação mais que especial da Gwen Stefani.

Como contamos aqui, Gwen Stefani tá ensaiando a sua volta às rádios há algum tempo, desde que lançou os singles “Baby Don’t Lie” e “Spark The Fire”, mas enquanto o disco solo não sai por completo, a gente tem se contentado bastante com suas parcerias, o que inclui a música nova.

Seguindo aquela fórmula de rap + refrão melódico, a nova “Stan” vem carregada de bateria e guitarra, flertando com o rock, enquanto Em’ trata de trazer sua dose de hip-hop e Gwen Stefani dá o tiro de misericórdia, com o refrão que anuncia: “os reis nunca morrem”. Parece que encontramos um novo hino aqui.

Ouça:


Eminem leva jeito para essas colaborações com cantoras, né? Seu histórico inclui “Stan”, com a Dido, “Love The Way You Lie”, com a Rihanna, “Beautiful Pain” e “Guts Over Fear”, com a Sia, além de suas muitas colaborações com a Skylar Grey (“I Need A Doctor”, “C’mon Let Me Ride”, “Asshole” e “Twisted”), todas dignas de muitos scrobbles. Que venham outros hinos para o cara chamar de dele, a gente só tem a agradecer.

O que você achou da música nova?
VEM NOVA “STAN”! O rapper Eminem está bastante focado na divulgação do filme “Southpaw”, do qual ficou responsável pela trilha sonora, e depois de lançar o single “Phenomenal” para o filme, ele também revelou sua tracklist e com uma notícia bastante animadora: tem parceria com a Gwen Stefani à caminho!

A vocalista do No Doubt vem ensaiando seu retorno às rádios há algum tempo e, no ano passado, chegou a lançar os singles “Baby Don’t Lie” e “Spark the Fire”, que deveriam abrir os trabalhos de seu novo álbum, mas a baixa procura pelas canções fez com que a gravadora repensasse suas estratégias e, enquanto divide seu tempo com as gravações do novo CD com a banda, Gwen terminou por não falar mais desse disco solo — que a gente precisa que esteja entre nós em algum momento, pfvr —, só voltando à dar as caras agora, com o Em’.



Dentro da tracklist de “Southpaw”, a parceria entre Eminem e Gwen Stefani se chama “Kings Never Die” e, conhecendo o histórico de parcerias entre Eminem e cantoras, como quando ele se juntou com a Dido em “Stan”, Rihanna em “Love The Way You Lie” e Sia em “Beautiful Pain” e “Guts Over Fear”, o que não faltam são razões pra aguardarmos ansiosos por essa nova colaboração.

É esperado que a trilha sonora de “Southpaw” seja lançada na íntegra no dia 24 de julho, entretanto, até lá outros singles devem ser revelados. O álbum ainda contará com participações de Bad Meets Evil, The Weeknd, e 50 Cent.


Seleção de sete novidades musicais que não apareceram no blog ao longo da semana, mas que valem sua atenção. Para conferir as edições anteriores do It's New, clique aqui!


Mesmo cercado de polêmicas, muitas vezes infundadas e totalmente desaprovadas por nós, é inegável admitir que Eminem tem muito tato para ter músicas boas. Não à toa, é um dos maiores rappers da história. "Guts Over Fear", sua nova parceria com a cantora Sia, é uma dessas grandes músicas.

Você não pode dormir sem saber que, em meio a divulgação do disco "Shady XV", para comemorar os quinze anos de sua gravadora "Shady Records", Eminem lança um vídeo onde aparece, junto a outros rappers, fazendo um rap freestyle em que diz que vai socar a cara da Lana Del Rey!
No dia 9 de novembro rola mais uma edição do Europe Music Awards, que neste ano faz aniversário, e com apresentação de Nicki Minaj, que é uma de suas atrações confirmadas, a premiação da MTV europeia revelou uma lista pra lá de generosa de algumas de suas performances, mostrando que motivos pra assisti-la não faltarão.
Comemorando quinze anos da Shady Records, o rapper Eminem lançará no dia 24 de novembro a coletânea "Shady XV", composta por seus maiores sucessos e canções inéditas, e após revelar o primeiro single do material, que é a colaboração com a Sia Furler em "Guts Over Fear", Em' usou seu Instagram para mostrar também a capa do disco, anunciando a sua "volta ao básico".

Desde o disco "Marshall Mathers LP II", de onde extraiu faixas como "Rap God" e "The Monster", Eminem tem assumido uma postura mais madura e, em sua letra com Sia, não perde a oportunidade de falar que não repetiria coisas como "We Made You", que fizeram da sua imagem algo mais irônico e direcionado ao ataque para outros artistas.

No Instagram, a capa foi revelada com um curto vídeo, olha só:

Loading
Back to basics! Here's the cover for #SHADYXV out 11/24.

Entre tantos nomes, "Shady XV" deve contar com parcerias de 50 Cent, Yelawol, Bad Meets Evil, Rihanna e a já citada Sia. Novas canções inéditas devem ser reveladas o quanto antes.
O rapper Eminem e a cantora Sia trabalharam juntos pela primeira vez em “Beautiful Pain”, uma das nossas músicas favoritas no disco “The Marshall Mathers LP II”, mas antes que a gente reclamasse pela música não ter sido lançada como single do material — que, entre tantas coisas, contou com “The Monster” com a Rihanna e “Rap God” —, ele foi lá e preparou OUTRA música com a australiana.

Chamada “Guts Over Fear”, a nova parceria dos dois foi feita para a trilha-sonora do filme “The Equalizer”, estrelado por Denzel Washington e Chlöe Moretz, e aproveitando a estreia do filme, que acontece no próximo mês, a música também será trabalhada como nova música de trabalho do rapper, o que significa que ainda deveremos ouví-la por muito tempo. E só temos a agradecer.
No primeiro semestre de 2014, Eminem lançou seu novo álbum, "The Marshall Mathers LP 2", com algumas participações especiais. E uma delas foi com a hitmaker de "Chandelier", Sia. Pois bem, os dois devem ter gostando tanto da parceria (nós amamos tá?) que resolveram se unir novamente, e irão lançar uma música para o filme "O Protetor"!


A contagem regressiva começou! No dia 24 do mês que vem, agosto, rola nos EUA mais uma edição do Video Music Awards, uma das principais premiações do mercado pop e promovida pela emissora estadunidense MTV, e nesta edição, eles tem uma difícil missão, visto que no ano anterior renderam assunto de sobra por conta de Miley Cyrus e toda a sua porralouquice, mas eles parecem prontos pra isso.

Nesta quinta-feira (17), a emissora revelou os indicados na premiação deste ano e, enquanto os fãs já lamentam a ausência de nomes como Lady Gaga (#JusticeForGUY) e Christina Aguilera (mentira, ninguém esperava que "Let There Be Love" ainda pudesse ser indicado), a gente comemora, porque a MTV tentou ser bem democrática e foi desde os grandes nomes do fim de 2013 (alô, Beyoncé!) às revelações desse ano, como Sam Smith e Kiesza, e sobrou até espaço para o retorno do Michael Jackson, que neste ano teve lançado o disco "Xscape" e o clipe de "Love Never Felt So Good", com o Justin Timberlake.

Assim como no Billboard Music Awards, a cantora neozelandesa Lorde aparece nas categorias de rock e, repetindo a insatisfação do público com a premiação, já tem gente questionando a presença da moça ali, até porque hoje ela é, de fato, uma artista mais que pop, mas basta escutar seu CD de estreia na íntegra, "Pure Heroine", pra compreender a origem dessas indicações, mas somos suspeitos pra falar, né? Little Lordelícios com muito orgulho, tanto que fomos um dos primeiríssimos a falar dela aqui no Brasil, o que é uma coisa e tanto. Quem lidera as indicações é Beyoncé, com oito indicações, enquanto Eminem e Iggy Azalea vem na cola, com sete indicações cada.

Mas antes que percamos o fio da meada, confira abaixo os indicados ao VMA 2014, com direito aos nossos comentários e apostas:

VIDEOCLIPE DO ANO
Beyonce feat. Jay Z "Drunk In Love"
Iggy Azalea feat. Charli XCX "Fancy"
Miley Cyrus "Wrecking Ball"
Pharrell Williams "Happy"
Sia "Chandelier"

Nossa torcida é pra Sia e "Chandelier", que é nosso clipe do ano, dsclp. Maaas as apostas envolvem os favoritos do público, então ficamos entre Beyoncé e Miley Cyrus, mesmo que Iggy Iggs também seja uma adversária e tanto, afinal, "Fancy" foi o maior sucesso do ano por enquanto. Sim, ficamos na dúvida mesmo, só falta dar Pharrell.



ARTISTA PRA FICAR DE OLHO
5 Seconds of Summer "She Looks So Perfect"
Charli XCX "Boom Clap"
Fifth Harmony "Miss Movin On"
Sam Smith "Stay With Me"
Schoolboy Q "Man Of The Year"

Sam Smith ou Charli XCX, gente? Apostamos forte nos dois. A banda 5 Seconds of Summer tá com um marketing massivo lá nos EUA, mas não achamos que seja o suficiente pra algo assim, e as Fifth Harmony estão começando a convencer o público agora, por conta de "Bo$$", tanto XCX quanto Smith já estão na nossa cola há um tempo e o Sam tem até uma listinha de hits pra chamar de seu, o deixando bem a frente nesta corrida.



MELHOR CLIPE POP
Ariana Grande feat. Iggy Azalea "Problem"
Avicii feat. Aloe Blacc "Wake Me Up"
Iggy Azalea feat. Charli XCX "Fancy"
Jason Derulo feat. 2 Chainz "Talk Dirty"
Pharrell Williams "Happy"

VAI DAR IGGY AZALEA. Até lá, é provável que a poeira da Ariana tenha diminuído, até porque ela estará promovendo "Break Free", seu novo single (bem morninho, por sinal) com o Zedd, então tem que ser "Fancy". No quesito clipes pop, foi sim um dos melhores desse ano e o público americano (a gente também!) enlouqueceu com a parceria da Iggy Iggs com a Charli. Vai que é tua, Azalea!

MELHOR CLIPE DE HIP-HOP
Childish Gambino "3005"
Drake feat. Majid Jordan "Hold On (We're Going Home)"
Eminem "Berzerk"
Kanye West "Black Skinhead"
Wiz Khalifa "We Dem Boyz"

A bancada de jurados do It Pop se dividiu entre Drake e Eminem. "Hold On (We're Going Home)" é o melhor clipe, não duvide disso, mas o Eminem sempre leva pra casa todos os prêmios para os quais é indicado, então surgiu a dúvida. Childish Gambino não parece ter muitas chances para nós, Wiz Khalifa, bem... E "Black Skinhead" tem uma ótima música, mas o clipe é trash demais, até para o Kanye, preferíamos que "Bound 2" fosse indicado. Rs.



MELHOR CLIPE MASCULINO
Ed Sheeran feat. Pharrell Williams "Sing"
Eminem feat. Rihanna "The Monster"
John Legend "All Of Me"
Pharrell Williams "Happy"
Sam Smith "Stay With Me"

Sacanagem colocar "The Monster" neste meio, hein? Riri e Eminem têm tudo pra levar essa pra casa, mas neste caso, "Happy" do Pharrell Williams também parece uma boa aposta, e teve toda aquela proposta do primeiro clipe na história da música com vinte e quatro horas de duração. Amamos "Stay With Me", do Sam, mas o vídeo não tem nada demais para assumir algo assim.

MELHOR CLIPE FEMININO
Ariana Grande feat. Iggy Azalea "Problem"
Beyonce "Partition"
Iggy Azalea feat. Charli XCX "Fancy"
Katy Perry feat. Juicy J "Dark Horse"
Lorde "Royals"

Será que dá tempo da Lorde tomar outro prêmio da Katy? Hahahah. Brincadeiras à parte, se a Ariana Grande levar esse com "Problem", a gente liga para o Kanye West e encomenda outro momento "Imma let you finish", pois "Partition" é uma das coisas mais sensuais que assistimos com o álbum visual da Beyoncé, e se tratando dela, tem todo esse lance do empoderamento, da sensualidade, o que significa que é o melhor candidato a uma categoria direcionada para clipes de mulheres.

MELHOR CLIPE COM MENSAGEM SOCIAL
Angel Haze feat. Sia "Battle Cry"
Avicii "Hey Brother"
Beyonce "Pretty Hurts"
David Guetta feat. Mikky Ekko "One Voice"
J. Cole feat. TLC "Crooked Smile"
Kelly Rowland "Dirty Laundry"

Preeeeettty huuuuuuuuurts, shine the light on whatever is wooooorse...

MELHOR COLABORAÇÃO
Ariana Grande feat. Iggy Azalea "Problem"
Beyonce feat. Jay Z "Drunk In Love"
Chris Brown feat. Lil Wayne & Tyga "Loyal"
Eminem feat. Rihanna "The Monster"
Katy Perry feat. Juicy J "Dark Horse"
Pitbull feat. Kesha "Timber"

Olha o forninho caindo de novo. A parceria da Ariana Grande com a Iggy Iggs é a nossa aposta, mas as outras candidatas são muito fortes. Jayoncé se saiu muito bem com "Drunk In Love" e o mesmo também rolou com a Rihanna e o Eminem, além de "Timber" marcar a volta da Kesha, que super roubou a cena do Pitbull. "Dark Horse", por sua vez, é um hino e também foi smash, mas alguém realmente se preocupa com o rapper na música? Sendo assim, não merece esse prêmio não. Se fosse algo como Melhor Música Que Não Vale Um Grammy, Mas Curtimos Pacas, até dava.

MELHOR CLIPE DE ROCK
Arctic Monkeys "Do I Wanna Know?"
Black Keys "Fever"
Imagine Dragons "Demons"
Linkin Park "Until It's Gone"
Lorde "Royals" 

Bem queríamos que desse Lorde, mas estamos apostando no Imagine Dragons. Não sabemos vocês, mas temos a impressão de que o Linkin Park lança a mesma música e clipe desde "New Divine", apenas mudando os títulos, enquanto Arctic Monkeys teve clipes beeem melhores com o disco "AM", então perderam a chance de hitar sem prometer. Não achamos que rola Black Keys, mesmo sabendo que agora o público deles está ainda maior, graças ao buzz do "Ultraviolence" da Lana Del Rey. E o clipe de "Demons" é ao vivo e, atualmente, poucas coisas na vida são tão boas quanto Imagine Dragons em palco, OU SEJA.



MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Arcade Fire "Reflektor"
DJ Snake & Lil Jon "Turn Down For What"
Eminem "Rap God"
Iggy Azalea feat. Charli XCX "Fancy"
Tyler, The Creator "Tamale"

EITA. Ficamos com "Fancy", mas o coração tá pendendo para "Reflektor" do Arcade Fire e "Turn Down For What", que também é um clipe SEN-SA-CI-O-NAL. Mas vem cá, como querem falar de arte sem indicar a rainha do pop artístico conceitual despretensioso que, sem exageros, não é escrito para as charts? Tem que ver isso aí. Brincadeira, tem não, tá lindo assim, mas a campanha continua, justiça por "G.U.Y"!

MELHOR COREOGRAFIA
Beyonce "Partition"
Jason Derulo feat. 2 Chainz "Talk Dirty"
Kiesza "Hideaway"
Michael Jackson & Justin Timberlake "Love Never Felt So Good"
Sia "Chandelier"
Usher "Good Kisser"

Ai que sacanagem colocar a Sia e Kiesza nesta. Nos dividiu bonito. Toda a performance de Maddie em "Chandelier" é fantástica, demais mesmo, dando ainda mais emoção para o single de retorno de Furler, mas "Hideaway", da Kiesza, também tem uma leveza e animação tãaaao contagiante. Com exceção de "Talk Dirty", todas são merecedoras, até do Usher.



MELHOR CINEMATOGRAFIA
Thirty Seconds to Mars "City of Angels"
Arcade Fire "Afterlife"
Beyonce "Pretty Hurts"
Gesaffelstein "Hate Or Glory
Lana Del Rey "West Coast"

Perfection is a disease of a nation.

MELHOR DIREÇÃO
Beyonce "Pretty Hurts"
DJ Snake & Lil Jon "Turn Down For What"
Eminem feat. Rihanna "The Monster"
Miley Cyrus "Wrecking Ball"
OK Go "The Writing's On The Wall"

WRECKING BALL. WRECKING BALL. WRECKING BALL. O Terry Richardson tá com a ficha bem suja por conta das acusações de algumas modelos, que falam sobre ele fotografá-las em troca de sexo, mas não tem polêmica que diminua o trabalho de Cyrus com "Wrecking Ball", nem ela lambendo a marreta do vídeo. "Turn Down For What" também é sensacional e, nesta altura do campeonato, não achamos que o Kanye West se importaria em ver a Beyoncé perdendo algo.

MELHOR EDIÇÃO
Beyonce "Pretty Hurts"
Eminem "Rap God"
Fitz and the Tantrums "The Walker"
MGMT "Your Life is a Lie"
Zedd feat. Hayley Williams "Stay the Night"

"Stay The Night" do Zedd, gente? É o nosso favorito neste quesito, mas como dissemos, o Eminem é super fominha nessas premiações e Beyoncé com "Pretty Hurst" também tem seu mérito. Um dos três. Certeza.

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Disclosure "Grab Her!"
DJ Snake & Lil Jon "Turn Down For What"
Eminem "Rap God"
Jack White "Lazaretto"
OK Go "The Writing's On The Wall"

DJ Snake, Lil Jon e todos os envolvidos na surra de pica que foi "Turn Down For What" não mereciam um VMA, mas sim um Oscar, mas é o que tem pra hoje, então só nos resta apostar. Essa tem que ser do DJ.



E é isto aí! Está com apostas semelhantes às nossas ou acha que nada a ver, estamos prevendo tudo errado? Nos conte pelos comentários. Enquanto isso, vamos preparar algumas propostas de discursos e enviar para a Beyoncé, que vai precisar de muitas ideias. 



Só reforçando, o VMA 2014 rola no dia 24 de agosto e, por enquanto, já possui confirmadas performances de Ariana Grande, Usher e 5 Seconds of Summer, enquanto especulam também apresentações de Eminem com Rihanna e Ellie Goulding com Zedd. Tá muito em cima pra eles convidarem a Kiesza também? A gente espera que não. VEM, VMA!

Eminem segue promovendo seu atual álbum, o "MMLP2", lançado no ano passado e que recebeu boas críticas, inclusive na nossa review, por revisitar seu passado glorioso em busca do seu entendimento atual. Destes material já saíram os singles/hits "Berzerk", "Rap God" e o smash hit "The Monster", em parceria com a Rihanna. No final de semana, uma nova faixa ganhou videoclipe.

"Headlights" é fruto de sua parceria com o queridinho das rádios nos dois últimos anos, Nate Ruess, vocalista da fun.. A faixa, que faz referência explícitas sobre a relação marcada por abandono, raiva, tristeza e muito desapontamento entre Eminem e sua mãe, funciona muito bem como um pedido de desculpas por todos os erros (admitidos) cometidos no passado nebuloso do rapper. Dirigido pelo premiado e queridinho Spike Lee, o vídeo ganha contornos de documentário, afinal temos o recurso de found footage (câmera na mão), mostrando a visão da mãe do rapper ao relembrar atos do passado em fotografias, bem como sua relação atual com Eminem, em meio à sua rotina em Detroit, cidade-natal deles. Nate não aparece no vídeo, mas sua voz inconfundível está lá, ajudando Eminem a recontar sua história. Confiram: