Mostrando postagens com marcador Supercombo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Supercombo. Mostrar todas as postagens
Texto do colaborador Luiz Lucas (@lulufeju)

A banda Supercombo lançou hoje seu quinto álbum, ‘Adeus, Aurora’, refletindo a mistura que a banda é: ao invés de mídia física apostaram numa história em quadrinhos, lançada em dezembro do ano passado durante Comic Con Experience. Às 0h de hoje o álbum de mesmo título saiu em todas as plataformas como uma trilha sonora para a história, trazendo músicas como 2 e 1 e Maremotos, que já tem clipes, além de Menina Lagarta, Robozin e Xepa das Estrelas. No total, dez músicas compõem o trabalho.

No enredo, a protagonista Aurora precisa enfrentar conflitos internos e familiares, contando com a ajuda (ou não) de “Rogério”. Em entrevista, Léo Ramos, vocalista e fundador da banda, nos conta que a inspiração para esse formato veio de toda as teorias criadas pelos fãs nos álbuns anteriores e das próprias HQs, games, filmes e séries que os integrantes consomem. 

“Nós queríamos inventar um universo nosso, com easter eggs presentes nas nossas músicas, então pensamos em fazer uma história em quadrinhos e compor a trilha sonora”, explica. 


A banda passou por muitas transformações, desde a era Emo, no primeiro álbum intitulado ‘Festa?’ (2007) até a atual vertente mais pop, sem perder os efeitos clássicos e as guitarras, comuns nos refrões. “Já desistimos de rótulos há bastante tempo. O caminho natural da nossa música foi pra esse lado sem forçar. O rock e o pop tem que continuar sendo interessante para os fãs. Quando esse interesse acaba,  você tem menos artistas fazendo música, menos shows e as pessoas migram para outro segmento. Se a gente gosta e se mantém fazendo, nós perseveramos”.

Supercombo ficou conhecida nacionalmente em 2014 com o CD ‘Amianto’, trazendo hits como Piloto Automático, com mais de 30 milhões de visualizações no YouTube e a música Amianto, homônima ao CD, que  conta a história de uma menina prestes a se jogar da sacada de um prédio. Dois anos depois eles lançaram o CD ‘Rogério’ e agora os dois personagens se unem na HQ. “Eu não gosto de dar spoilers, mas quem conhece a banda entende que Aurora é a menina da sacada”. 


Novo integrante

Desde a saída de Raul em 2017 a banda estava sem baterista fixo, contando sempre com músicos de outras bandas nas baquetas, como Maick, do Oficina G3. Agora a banda apresenta André, popular na cena do rock e que já havia tocado em outras ocasiões com a Super. “Estamos em um momento em que gostaríamos de consolidar uma imagem. O fato de ter um baterista fixo traz um peso maior para imagem que queremos firmar”.

Sem participações

Diferente de Rogério (2016) que em 12 música contou com sete participações, entre Negra Li, em Lentes, e Lucas Silveira, Bomba Relógio, dessa vez a banda optou por não trazer nenhuma. “Nós fizemos um trabalho incrível no último álbum com muitas pessoas bacanas. Estava na hora de algo nosso, com uma cara mais de Supercombo. Isso não impede que nos shows não possa vir alguém pra cantar com a gente”, destaca Léo.

Adeus, Aurora está disponível nas principais plataformas de streaming e você não só pode, como deve ouvi-lo abaixo:

Não é surpresa pra ninguém que o Lollapalooza, festival que rola em terras tupiniquins desde 2012, vai acontecer nos dias 12 e 13 de março, trazendo muitas atrações bacanas, como Florence + The Machine, Marina and the Diamonds (AGORA VAI), Eminem e Halsey. 

Um dos pontos mais legais do festival é que eles não deixam de lado os artistas e as bandas brasileiras. Em anos anteriores, tivemos Marcelo D2, Banda do Mar, Pitty, Nação Zumbi e muitos outros. Em 2016, além de Karol Conka e Emicida, tem alguns artistas que talvez você não conheça, é por isso que montamos esse post. Bora lá?

12.03 | Sábado


Dônica

Uma das bandas que estamos mais animados em ver é o grupo formado pelos cariocas do Dônica. Tendo aberto shows do Jota Quest, Skank e até se apresentado no Rock In Rio do ano passado, os caras têm um som que brinca com o rock progressista setentista, MPB e música experimental. O resultado? Simplesmente, não poderia ser mais delicioso.



A faixa acima, "Bicho Burro", faz parte do CD de estreia do caras, "Continuidade dos Parques", que você pode ouvir por stream clicando aqui. Spoiler: você não vai se arrepender de ouvir, tá?

Supercombo

Os ex-participantes da segunda temporada de Superstar, da Globo, também marcarão presença no Lollapalooza deste ano. O Supercombo tem três álbuns em seu repertório, mas foi só com seu último, "Amianto", que eles conseguiram repercussão nacional, até ganhando a atenção da Rolling Stone brasileira, ao comentar sobre a faixa "Piloto Automático" em sua análise do disco:

A faixa "Piloto Automático" exaspera o sentimento de inadequação com uma época de hiperatividade e busca incessante por um sentido da vida.



Os moços do Supercombo já estão produzindo seu novo álbum, com previsão de estreia para o primeiro semestre de 2016. Para ouvir mais dos caras, só clicar aqui.

Matanza

Segura esse rock! Os cariocas do Matanza já misturam country norte-americano, hardcore e trashmetal desde 1997, tendo viajado o país todo, lotado casas de shows e também feito apresentações em festivais como Rock In Rio e Maquinária.



Em seu som, os caras gostam bastante de usar o humor e, claro, o mau humor, isso sem falar da mistura inusitada de banjo com riffs de metal. Se curtiu Matanza, dá uma olhada nas outras músicas deles clicando aqui.

13.03 | Domingo


Dingo Bells

Uma das atrações que estamos mais entusiasmados para ver no domingo é os caras da Dingo Bells. A banda de Porto Alegre começou lá em 2005 e, sem pressa, foi trilhando seu caminho dentro do cenário musical nacional, lançando seu primeiro EP em 2010, depois "Lobo do Mar", parceria com o vocalista do Vanguart, em 2013, até que 2015 foi o ano deles e os caras soltaram seu disco de estreia, o bem pensado "Maravilhas da Vida Moderna".



O álbum, dono de uma leveza contagiante, é um questionamento ao nosso modo de vida, tratando de assuntos como rotina, melancolia, trabalho e até o papel do ser humano na Terra. Eita. A música acima, "Mistério dos 30", é uma boa demonstração do que a banda quer transmitir.

Caso tenha gostado do trabalho do Dingo Bells, a boa notícia é que "Maravilhas da Vida Moderna" pode ser baixado gratuitamente no site da banda. Se joga!

Maglore

Nem só de axé e samba viverá a Bahia, e o Maglore tá aí pra provar isso! Formada em 2009, os caras têm um som bem indie e três álbuns só seus: "Veroz", "Vamos Pra Rua" e o recente "III", que nos deu ótimas faixas, como "Dança Diferente" e "Mantra".



Com referências setentistas, "III" vaga entre o pop, rock e a MPB, isso com versos leves e melodias que podem (e devem) ser amadas. A aposta da Deckdisk pode ser ouvida no Spotify e, em breve, num Lollapalooza perto de você.

Versalle

Aqui, também temos outro participante do Superstar. Versalle terminou no terceiro lugar do reality show musical da Globo e promete um show inesquecível no Lolla desse ano, dizendo até que será um divisor de águas na vida da banda de Rondônia.



Os caras têm um álbum só, o "Distante em Algum Lugar", que pode ser ouvido pelo Spotify. Vai que dá pra aprender as músicas todas antes do show.

...

É isso, gente! Essas são algumas das bandas brasileiras que vão se apresentar no Lollapalooza desse ano. Para conferir o lineup completo do evento, só clicar nesse link. A gente se vê no festival?