Mostrando postagens com marcador Rick Ross. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rick Ross. Mostrar todas as postagens

A gente simplesmente não consegue parar de falar sobre “Esquadrão Suicida”.


O filme estreou na última quinta-feira (04) e, após a chegada da sua trilha sonora no Spotify, com músicas que vão da Grimes ao Panic! At The Disco, chegou a hora de assistirmos ao clipe de “Purple Lamborghini”, que é a parceria do Skrillex com o Rick Ross no álbum, e, TAQUEPARIU, que clipe lindo, gente!


Com direção do Colin Tilley, “Purple Lamborghini” segue o exemplo dos clipes anteriores, ao reproduzir fielmente a estética de “Esquadrão”, mas com um porém: no lugar de cenas extraídas do filme, o vídeo conta com momentos inéditos do Jared Leto na pele do vilão Coringa, ao lado do Skrillex e Ross, que integram a sua gangue na produção.

A música combina bastante com essa pegada gangster do Coringa de Leto e, como vimos em um comentário no vídeo pelo Youtube, arriscamos dizer que tem mais aparições dele neste clipe do que no próprio filme.

Ficou foda MESMO! Olha só:  

O britânico Ed Sheeran anunciou "Thinking Out Loud" como próximo single do CD "x" na Austrália e é bem comum artistas testarem alguns singles na Europa antes de lançá-lo oficialmente no resto do mundo, mas enquanto o termômetro australiano não estoura com a música nova do cantor, a gente segue aproveitando a divulgação de "Don't", sucessora de "Sing" e segunda música de trabalho extraída de seu último álbum.
Antes de começar a ler este post, cheque se você já assitiu "Monument" e já escutou (mais de uma vez) o EP do Troye Sivan. Pois bem, feito isso, podemos prosseguir com mais uma edição do It's New - a coluna do It Pop que garante a você a certeza de que não perdeu nada do que rolou de mais bacana no mundo da música, nos últimos sete dias. Para conferir as edições anteriores, clique aqui.

Jennifer Lopez, que não é amadora nem nada, aproveitou o buzz que conseguiu com all eyes on her durante a abertura da Copa do Mundo 2014 pra jogar na rede o stream lindíssimo do seu novo álbum, "A.K.A.", VAI TER JABÁ SIM!

Recheadinho de colaborações, tem a rapper do momento Iggy Azalea, tem Rick Ross, French Montana, T.I. e, claro, lógico, óbvio, evidente, Pitbull. O álbum já contou com os singles "I Luh Ya Papi", "Same Girl"  e "First Love", e está pronto para seu julgamento.

Ouça o "A.K.A." completinho e deixa comentário sobre o que achou (inclusive você, Cláudia Leitte)!


Lady Gaga lançou hoje (20) o remix feito pelo DJ White Shadow para seu novo single, "Do What U Want", featuring com R. Kelly. O remix ganhou os vocais do rapper Rick Ross, porque Britney Spears já dizia "olá negões" no plural, então teremos dois no remix.


Estruturalmente a faixa não ganhou muitas modificações, apenas seu início foi alterado, ganhando novas batidas durante os vocais pesados de Rick Ross. Enquanto isso, a sua versão original vai estável nos charts, alcançando o peak de #13 na Hot 100 e #9 no UK, enquanto no iTunes ela vêm subindo depois da performance na final do The Voice US, onde Gaga dividiu os vocais com Christina Aguilera, numa apresentação memorável.

O clipe para o single, dirigido por Terry Richardson (que está quase virando lenda igual "Put It In A Love Song") deve sair ainda nesse mês. Enquanto isso, ouçam o remix oficial de "Do What U Want".


Como suspeitávamos: estratégia para impulsionar vendas. Também como suspeitávamos: não funcionou. O pedido de casamento que o DJ Khaled fez à Nicki Minaj não passava de uma jogada de marketing para promover a música hoje lançada, "I Wanna Be With You", que além de contar com a primeira dama da Cash Money Records também tem participações do Future e Rick Ross.

Depois de Khaled fazer sua proposta com um anel de meio milhão de dólares da Rafaello  & Co., o que poderia ter sido uma boa brincadeira com os fãs dele (se é que existem), o DJ e rapper reafirmou em entrevista que o pedido era verdadeiro e esse foi o (ou um dos) erros. Na noite de ontem foi liberada uma entrevista com a barbie da Young Money e ela não se preocupou em ficar fazendo tanto buzz sobre o assunto, falando logo que Khaled é seu "brother, e ele não falava sério sobre esse bendito pedido. Por favor deixem isso pra lá. Ele estava brincando". Yo.

A música não é nada relevante de mais, nem mesmo os versos da Minaj, mas caso você goste ou seja um dos raros fãs do DJ, vale lembrar que esse é o segundo single do 7º álbum de estúdio do Khaled, Suffering From Succes, que sairá dia 24 de setembro.


Wale lançou, faz uns dois meses, sua "Bad", com participação da who Tiara Thomas, que tem uma voz muito gostosa e que se encaixou bem na música, deixando-a mais que suave.

No entanto, apesar, porém, contudo, a canção não exibia toda aquela força para hitar. E o que você faz quando isso acontece? Chama o Will.i.am! Recruta alguma cantora pop qualquer. Nesse caso, não foi uma qualquer, mas a fábrica de hits Rihanna. Substituindo Tiara, RiRi vai além e ainda acrescenta alguns versos na canção por motivos de quem se define, se limita. -n

O single perdeu aquela sutileza, que podia fazer  com que a música passasse despercebida aos nossos ouvidos e ganhou  poder, afinal o exército da Rihanna é pesado. Cantando versos como "Is it bad that I never made love, no I never did it/But I sure know how to fuck", a intérprete de "Right Now" soube dar um tom sexy sem ser vulgar em sua voz e ainda deu o recadinho de que "bad girls want a real nigga", tá ouvindo Marrom? Ambas as versões de "Bad" estarão disponíveis no terceiro álbum de estúdio do Wale, o The Gifted, com lançamento marcado pro dia 25 desse mês e que além de Rihanna, vai contar com featurings da rainha deles (nem precisa citar nomes, né?) , CeeLo Green, 2 Chainz e Jerry Seinfeld. Clipe ca Rihanna já, prfvr.

Rihanna também podia  ter dado uns pitaco nessa capa, né?

Além de seu álbum, Wale estará na compilação da MMG, Self Made Volume 3, e eis que hoje a gravadora também liberou a inédita do rapper com Rick Ross e Lupe Fiasco. "Poor Decisions"  nos manda o aviso, quase ininterruptamente, de que "rich niggas make poor decisions".  Então por favor, todas sendo bad girls mas sem fazer poor decisions, por um futuro melhor, um mundo onde todos sejam como Wale, Lupe Fiasco e Rick Ross.

A faixa da compilação da MMG foi produzida por Jake Uno e o álbum será lançado só em agosto, no dia 6. Mas tudo bem, por enquanto não estamos ansiosos. 

Pois é, Drake soltando duas músicas no mesmo dia? Não é a tôa a amizade ca Minaj, né? Ontem saiu "No New Friends", do Dj Khaled (que além de rapper e dj é presidente da Def Jam South) com Future e a mini máfia da YMCMB: Drake, Lil' Wayne e Rick Ross. A música é, vamos dizer "OK", apesar de mais que repetitiva e enfim, não traz nada de novo, principalmente da parte do Dj Khaled. Assim fica realmente difícil fazer amigos. Confiram:



Daí que mais tarde ele solta a "Girls Love Beyoncé". Só não se animem tanto, a música não fala exatamente da Sra. Catra! Com um ritmo bem gostosinho e fácil de gostar, Drake expõe seus sentimentos sobre não querer amor, diz estar evitando compromissos. Caô! Quer, sabe que quer e acaba admitindo. No final, tudo que ele queria era só um love agora.

Com a participação de James Fauntleroy (é do grupo de produção musical R&B/Pop "The Y's", junto com Rob Knox e ninguém menos que Justin escultural Timberlake), eles fazem um tributo ao Destiny's Child. Quando chega o refrão PÁ!, Fauntleroy começa a cantar uns versos de "Say My Name" (não preciso nem explicar que música é essa, né? Pfvr! ♥). O charminho da música tá nesses versos, apenas. A canção  não estará no próximo álbum de inéditas, "Nothing Was the Same", do rapper canadense. Ouçam a parceria e nos digam: homenagem fofa ou ruina do hit das crianças do destino?



Lembrando também que Drake andou revivendo sua briguinha com o Chris Brown, dizendo que o iô-iô da Rihanna é inseguro pelo breve relacionamento que eles tiveram em 2009 e principalmente, porque as músicas do Marrom não são tão boas quanto as do mafioso da YMCMB. Com base nas músicas eu pergunto: quem tá valendo mais minha gente?

Sabe aqueles dias que você acorda se perguntando "por onde anda [coloque aqui o nome de uma cantora sumida]"? Foi mais ou menos assim que nos sentimos hoje e ficamos com "The Boys", da Nicki Minaj, tocando sem parar em nossa cabeça, aí o destino resolveu ser legal e bang!, aparecer com novidades da mocinha que faz uma colaboração em "The Boys" da Onika, Cassie.

Aos desavisados, a vida não tá fácil pra cantora, que está nesse chove e não molha com singles pingados há um tempinho, mas esse ano ela pretende mudar sua situação com o lançamento de uma nova mixtape, intitulada "RockaByeBaby". Sem previsão de lançamento, a mixtape deverá ser lançada pela Bad Boy Records (divisão da Interscope), e conta com várias colaborações, entre elas: Ester Dean, Pusha T, French Montana e o grande Rick Ross, que participa em "Numb", seu novo single.

Com toda sinceridade do mundo, não achamos muito interessante os últimos lançamentos de Cassie e "Numb" não fica atrás, mas seu videoclipe é super aceitável e por isso ela merece sua atenção, querido leitor. Na produção, com cenas coloridas e outras em preto e branco (que nos lembraram a Rihanna, risos), temos ela cantando sobre fazer música para relaxar nosso cérebro (tá conseguindo, gata) e takes intercalados com Rick Ross mandando suas rimas. Pra deixar o video mais animado, ainda contamos com algumas intervenções, como uns efeitos que imitam o 3D. Tá sem orçamento mas good enough, tá bacaninha, tá Rihanna! Assistam "Numb", clipe novo da Cassie com o Rick Ross:

Sem lançar nada inédito desde o natalino "Merry Christmas II You", de 2010, a cantora Mariah Carey teve seu retorno a mídia anunciada após a sua entrada para a bancada do American Idol e, aproveitando o buzz gerado pelo reality show, a cantora anunciou o seu retorno para as rádios, com a nostálgica "Triumphant (Get' Em)", que é um presente e tanto para os fãs da old Mariah feat. rappers, porém, MiMi vai ter que colocar seu (grande) bumbum para suar se realmente quiser que esse retorno se torne algo triunfante e, não sei se isso acontecerá com o lançamento do videoclipe para a faixa.

Lançado na noite desta terça-feira (21), após um generoso teaser, o clipe de Mariah para "Triumphant (Get' Em)" é, basicamente, uma luta de boxe que envolve muito poder aquisitivo e enquanto Meek Mill se joga no ringue, Rick Ross assiste tudo bem de pertinho e Mariah Carey faz a gostosona do video, passando pelo ringue anunciando os rounds. E em clima de Jogos Olímpicos, o clipe vem todo trabalhado em tons de dourado, banhado a ouro do ringue ao vestido de MiMi. Pra ser sincero, achei paradinho, mas como se trata de Mariah, de um retorno e de uma faixa como "Triumphant (Get' Em)", vamos deixar passar. Confira abaixo o clipe novo da cantora, dirigido por seu marido Nick Cannon, "Triumphant (Get' Em)":
Saiu, gente! Após ser oficialmente anunciada como nova jurada do American Idol, a cantora Mariah Carey revelou na internet os primeiros detalhes de seu retorno para as rádios e depois de uma breve prévia, que foi revelada na noite da última quarta-feira (01) pelo site de vendas Amazon, "Triumphant (Get' Em)" teve seu áudio completo liberado no site oficial da cantora. Em seu single de retorno, Mariah Carey vem com um R&B não muito diferente do que já apresentava antes e divide alguns segundos com os rappers Rick Ross e Meek Mill, só pra não sair da zona de conforto, sabe?! O videoclipe para o novo single da Mimi já foi gravado e deverá contar com a participação de alguns fãs, que vazaram a notícia com muita euforia pelo Twitter. E não acaba por aí! Mariah, que agora está alguns milhões mais rica, deverá investir em mais interação com seus fãs nesta nova fase de sua carreira e já entrou, inclusive, para a tendência do Instagram! Corre pra conferir as fotos da cantora no site e enquanto isso, vai escutando o novo single dela também:
Depois de me decepcionar com o videoclipe de "Scream", que foi o segundo single de seu novo álbum, "Looking 4 Myself", o cantor Usher já partiu para uma nova produção e lançou o videoclipe para "Lemme See", que conta com a participação do Cee Lo Green Rick Ross. Ao contrário de seu último clipe, desta vez Usher acertou em cheio e ainda conseguiu unir o sensual com o conceitual, sensualizando sozinho e depois na cama, com uma gata que além de seu calor, transmite algumas tatuagens para o cantor.

O clipe de "Lemme See" foi dirigido por Philip Andelman, responsável por "Lovebug" dos Jonas Brothers, "Pop Goes The World" do Gossip e outros clipes, como "Safe And Sound" da Taylor Swift e o mais legal do video, foi todo esse detalhe das "tatuagens com vida", que se movem, crescem no corpo e quando entram em contato com outra pele, se reproduzem. Quer conferir o novo clipe do Usher? I'll let you see:

Esse é o terceiro videoclipe de Usher com seu novo álbum, sucedendo "Climax" e o mediano "Scream".
Alguém me diz o que tá acontecendo com o Usher?! O cantor, que já foi um dos grandes nomes masculinos do R&B, parece estar desandando loucamente com seu novo álbum, "Looking For Myself", e seu novo buzz-single, "Let Me See", é apenas mais uma prova disso.

Recentemente, Usher lançou seu segundo single com o novo álbum, que é a genérica "Scream", e agora, parte para algo mais previsível ainda nesta parceria com Rick Ross, produzida por Jim Jonsin. Não é necessariamente ruim, mas também não é ótima. Esperando muito mais de você, Usher. Ouça: