Mostrando postagens com marcador Nego do Borel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Nego do Borel. Mostrar todas as postagens
Quem participou neste domingo (20) do ensaio do Bloco das Poderosas, produzido pela cantora Anitta no Rio de Janeiro, presenciou um momento de muito desconforto do público, que não gostou nada de uma das participações especiais do show: o cantor Nego do Borel.

Nego, pra quem não lembra, protagonizou na última semana um episódio de transfobia contra Luísa Marilac (famosa pelo meme “Se isso é estar na pior”), mais tarde publicando um vídeo, no qual se desculpa por o que disse ter sido uma brincadeira.

Anteriormente, a situação do cantor já não era das melhores com o público LGBTQ: no clipe “Me Solta”, ele interpreta uma personagem exagerada e repleta de estereótipos sobre gays e trans negros; durante as eleições, demonstrou simpatia com o atual presidente do país, Bolsonaro, e, em 2016, também apoiou Biel em relação ao assédio contra uma jornalista, inclusive tirando sarro de toda a história com uma música apresentada ao vivo.

No palco de Anitta, a recepção não poderia ser outra. Nego do Borel foi recebido ao som de vaias, que nem mesmo a cantora de “Veneno” pode conter.

Num discurso confuso, ela pediu a paciência dos fãs, afirmando que ama Nego do Borel e que estava ensinando-o sobre os tópicos que ele tanto erra quanto a comunidade LGBTQ. Veja o trecho em um vídeo:

Amigos de longa data, essa não é a primeira vez que Anitta sai em defesa de Nego sobre alguma situação problemática. Musicalmente, os dois já colaboraram nas faixas “Você partiu meu coração” e “Pode Chegar”.

Na contramão da insistência de Anitta, outros artistas já preferiram deixar que Borel lide com seus problemas sozinho. Foi o que aconteceu com Luísa Sonza, que abriu mão da sua participação no DVD do cantor, anunciada dias antes do caso de transfobia.
Já dizia Nina Simone que “não se pode ser um artista, sem refletir o seu tempo”. A política e a cultura pop estarão sempre de mãos dadas, e mesmo quando os artistas inseridos nela buscam uma posição neutra, isentona, eles estão omitindo algo e, desta maneira, comunicando alguma coisa também.

Apenas algumas semanas após aparecer em uma foto ao lado de Jair Bolsonaro, pré-candidato a presidência da República e, entre outras coisas, denunciado por racismo e condenado por injúrias misóginas, o cantor Nego do Borel achou que seria uma boa ideia resgatar uma velha personagem que interpretava na internet, reforçando inúmeros estereótipos racistas, misóginos e LGBTQfóbicos.

A personagem, criativamente chamada por “Nega da Boreli”, é a personificação dos tantos estigmas que a imagem de mulheres e gays negros foi historicamente associada. Ela é desbocada, atrapalhada e toda escandalosa. Quer dançar, incomodar e, enquanto grita e causa pela vizinhança, até perde o calçado. Perto do fim, o vídeo ainda guarda um beijo entre o cantor e outro cara, que garante a representatividade branca de outros clipes de Nego, como “Pretinha Vou Te Confessar”.

Sendo um nome de peso dentro de um gênero musical ainda dominado por homens e heterossexuais, tivesse ele feito desta uma oportunidade de incluir mulheres e LGBTQs para protagonizarem e representarem quem realmente são, sem essa forçação de barra que os ridiculariza e ainda visa lucrar em cima disso.

A internet facilitou e muito a ascensão e avanço dos debates sobre minorias no Brasil, de forma que permanecer no erro dificilmente será uma questão de não ter acesso a informação. Não dá mais pra ser racista e dizer que foi mal interpretado, machista e dizer que o mundo tá chato, nem apoiá-los e acreditar que sairá ileso.

A gente te solta, sim, Nego, e lamentamos os tantos vacilos, principalmente vindo de um dos maiores artistas negros do pop brasileiro atual e com uma música que é realmente muito boa.

Biel até tentou vender a ideia de que estava arrependido por conta do episódio de assédio contra a jornalista Giulia Pereira, que deu uma entrevista para a Record na semana passada, mas por trás das câmeras, o comportamento do cara é a mesma merda de sempre – como já esperávamos.
Na última terça (27), o cantor se apresentou com o Nego do Borel, na festa de aniversário da atriz de “Malhação”, Gabi Lopes, e nesse show, os dois improvisaram um “tá gostosinha, te quebro no meio”, fazendo alusão ao caso que segue na justiça. Um vídeo foi divulgado no Snapchat da Jade Seba, que afirmou: “mandou malzão, perdeu meu respeito”.


Enquanto tentava limpar a sua imagem, Biel afirmou que estava arrependido, que essa não tinha sido a educação que recebeu dos seus pais e se desculpado inúmeras vezes, mas a memória dele, assim como do público e empresas que já voltaram a passar a mão na sua cabeça, é bem fraca.

Estamos desapontados mesmo em, daqui em diante, enterrar o Nego do Borel também, que compactuou com a brincadeira machista. A parte boa é que eles não farão falta.
Fim de ano é, definitivamente, a temporada perfeita para listas. Mas fora as tradicionais listagens de melhores do ano, o que também acontece muito nesse período são apostas do que iremos ouvir no próximo ano, como é o caso da BBC Sound of 2016, que revelou há pouco seus indicados desse ano, e agora o Spotlight, do Spotify.


Revelada nesta quinta-feira (03), a lista de apostas do Spotify se baseia nos destaques que viralizaram na plataforma, o que serve como um termômetro pra que eles acompanhem o que vem ou não ganhando a aceitação do seu público, e também nas músicas escutadas por perfis de influenciadores, que tendem a ditar a próxima grande descoberta da música.

Quem é usuário do Spotify, sabe que o serviço é bastante cuidadoso quando o assunto são novos artistas e, sem nos deixar na mão, está o tempo todo nos recomendando alguns artistas, seja por meio da playlist pessoal com descobertas da semana, ou pela inclusão de novos nomes em suas listas principais.


Aliás, no caso da Spotlight, a lista se tornou uma playlist, é claro. E, com nomes como Karol Conká, Troye Sivan, Biel, Nego do Borel, Zara Larsson e Far From Alaska, reúne tendências da música de todo o mundo no Brasil.

Confira abaixo: