Mostrando postagens com marcador French Montana. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador French Montana. Mostrar todas as postagens
Seria 2018 o ano de Tinashe? Depois de ser deixada de lado por sua gravadora, o que a fez lançar o trabalho independente “Nightride”, a cantora parece ter voltado com o plano de divulgação de seu segundo disco oficial, a quase lenda urbana “Joyride”, e liberará nesta sexta (19) três novas faixas.

“No Drama”, “Faded Love” e “Me So Bad” trazem a participação de rappers de bastante sucesso no momento. A primeira terá Offset, do trio Migos, enquanto a segunda tem Future e a terceira uma dupla colaboração com Ty Dolla $ign e French Montana. Com esse tanto de rappers assim, já dá pra dizer que Tinashe vai voltar finalmente para o urban?

Ela também liberou algumas imagens de divulgação da nova era, onde aparece com um visual elegante e clean, ainda que bastante trabalhado em prata. Em seu Twitter, em meio a imagens e pequenos vídeos que revelam o conceito do “Joyride”, Tinashe também tem postado o que parecem ser pedaços de letras.


Esperamos que o tão falado/adiado/esperado “Joyride” faça justiça ao talento dela, e que dessa vez a Tinashe consiga o reconhecimento que merece. Menos “Flame” e mais “Company” que o hit vem!

Há um tempo atrás, Charli XCX fez questão de deixar todo mundo saber que ela estava trabalhando com ninguém menos do que David Guetta. Então, o que já era improvável ficou ainda mais inimaginável: "Dirty Sexy Money", lançada hoje, 3 de novembro, ainda traz a participação de Afrojack e o rapper French Montana e, surpreendendo a todos, é um hino da porra. 

Feita aos moldes Charli XCX, a faixa soa perfeitamente como algo que ouviríamos em um CD da cantora. Em alguns momentos, "Dirty Sexy Money" nos lembra um pouco os trabalhos de Cashmere Cat, e nos remete, em seu início, a "Love Incredible", canção lançada pelo DJ no início do ano com a Camila Cabello. No refrão, entretanto, a música explode, soando como algo que poderíamos imaginar Guetta fazer com Afrojack, parceiro de longa data com quem já trabalhou em "Hey Mama" e em algumas outras canções.  

Com o pré-refrão cheio de palminhas e o refrão agitado, "Dirty Sexy Money" ganha a boa adição do rapper do momento, French Montana, dono do hit "Unforgattable". Sua participação funciona para diminuir ritmo, de um jeito que não soa chato nem como uma quebra da música, e faz com que o refrão final soe ainda maior. Um party anthem pra ninguém botar defeito. 

Só a gente reparou que a Charli gosta muito de falar "pull up"? É "pull up" em "Dirty Sexy Money", "pull up" em "OMG", música que escreveu com a Camila, e até "Pull Up", sua própria colaboração com a . A senha do sucesso!
Fifth Harmony está colocando todas as suas armas para jogo. Depois de lançar o melhor clipe da carreira para "He Like That", atual single do grupo, e ainda assim não verem resultado nas paradas, as meninas chamaram French Montana, rapper que está hitando bastante pelos Estados Unidos, para um remix da música. 



Lançada hoje, 20 de outubro, a nova versão traz os versos de Montana no lugar do solo de Ally, ao invés de no fim da música, aonde a participação de rappers costuma se encaixar, e quebra um pouco o ritmo da canção. Considerando que hip hop tem feito bastante sucesso nos EUA, a parceria pode realmente ajudar "He Like That" a crescer e ganhar a atenção que merece.


French Montana é responsável pelo hit "Unforgattable", que passou semanas no Top 10 da Billboard Hot 100, chegando ao #3 e estando, nesse momento, em #10 no chart. Um reforço é um reforço, né?

"He Like That" é o segundo single oficial do "Fifth Harmony", terceiro disco da girlband e primeiro como um quarteto, que também já contou com o single "Down", uma parceria com o Gucci Mane.

Apesar do Fifth Harmony continuar junto após a saída da Camila Cabello, as integrantes restantes também parecem estar com bastante vontade de se aventurar fora do grupo. A mais nova participante da girlband a lançar uma música solo oficialmente será Dinah Jane, que assumiu os vocais de "U Here Tonight", canção nova do produtor RedOne, mais conhecido por ter trabalhado com a Lady Gaga.

A faixa também contará com a presença do French Montana e do Fetty Wap, que trabalhou com a Dinah em "All In My Head (Flex)", do 5H, e especula-se que será lançada nessa sexta. Nenhuma data oficial foi revelada, mas uma versão de "U Here Tonight" em baixa qualidade já ganhou a internet e deixou os fãs da cantora bastante animados.

Esse não será o primeiro lançamento de Dinah Jane, que liberou no ano passado a canção "All 2 U". Porém, esse não foi um lançamento oficial. Se liberada pelo produtor, "U Here Tonight" será a verdadeira estreia da garota fora do Fifth Harmony.



Vale lembrar que, além de Dinah, todas as meninas estão com projetos paralelos. No ano passado, Lauren Jauregui lançou "Back To Me", uma parceria com o duo Marian Hill, e já voltou aos estúdios nesse ano, enquanto Ally Brooke está com show solo marcado no Brasil e até lá deve lançar sua primeira música fora da girlband e Normani Kordei também está preparando uma canção sozinha. 

Seleção de sete novidades musicais que não apareceram no blog ao longo da semana, mas que valem sua atenção. Para conferir as edições anteriores do It's New, clique aqui!

It's New tá de volta, obg deus. Após uma pausa anunciada de duas semanas, retornamos com aquela seleção de sete novidades musicais que não apareceram no blog durante a semana, mas que valem a sua atenção.


Jennifer Lopez, que não é amadora nem nada, aproveitou o buzz que conseguiu com all eyes on her durante a abertura da Copa do Mundo 2014 pra jogar na rede o stream lindíssimo do seu novo álbum, "A.K.A.", VAI TER JABÁ SIM!

Recheadinho de colaborações, tem a rapper do momento Iggy Azalea, tem Rick Ross, French Montana, T.I. e, claro, lógico, óbvio, evidente, Pitbull. O álbum já contou com os singles "I Luh Ya Papi", "Same Girl"  e "First Love", e está pronto para seu julgamento.

Ouça o "A.K.A." completinho e deixa comentário sobre o que achou (inclusive você, Cláudia Leitte)!


Tá difícil organizar as palavras, gente. Não tá dando pra entender muito bem a proposta do que acaba de tocar aqui, mas uma coisa é certa e o nome dela é "decepção". Calma, nada sério aconteceu, é só um drama em cima do primeiro single oficial da J.Lo com seu oitavo álbum que, infelizmente, é muito ruim.

É fato que Jennifer Lopez tá mais próxima de suas origens, ela até usou capuz com pelinhos no clipe de "Same Girl" e a tendência também foi confirmada na divulgação da música "Girls". Tudo isso pode ser bom, muito bom. Mas há grandes chances de ser um desastre. Sim, sabemos, é extremamente cedo pra julgar, mas assim como "Same Girl" foi super bem recebida por nós e, pelo que vimos, por vocês também, o primeiro single oficial de seu próximo álbum, a canção em parceria com French Montana de título "I Luh Ya Papi", nos decepcionou profundamente e nos tirou toda aquela certeza absoluta de que o álbum será de destruir carreiras.

Capa do single "I Luh Ya Papi"

Elaboramos uma pequena lista de pedidos/perguntas à queridíssima (sim, a adoramos apesar dos pesares) J.Lo e vocês podem ler e manifestar seus próprios desejos nos comentários enquanto ouvem "I Luh Ya Papi" logo abaixo:



1 - Por que o ritmo de "I Luh Ya Papi" soa tão errado no refrão?
2 - Gostaríamos de compreender o motivo de algum artista chamar French Montana para uma colaboração.
3 - Invista mais em você, como fez em "Same Girl", mas se for apostar em parcerias mantenha o Pitbull por perto. É sempre bom ter uma fórmula segura como saída de emergência.
4 - J.Lo, a gente sabe que você tem origens latinas, mas tira o "papi" da boca pra cantar. Muito sério isso.

No mais, que esse álbum saia logo, porque Jennifer Lopez terá sempre um lugarzinho especial em nossas playlists. 

Nicki Minaj que se cuide, pois seu recorde de colaborações está cada vez mais perto de ser quebrado. Miley Cyrus, que nesse ano lançou o disco "Bangerz" (nossa review), tá devolvendo o favor dos seus amigos ~urban~, e nesta lançando parcerias com mil e uma pessoas. O rapper e produtor will.i.am, por exemplo, é um dos que não perderam a oportunidade e, depois da ótima "Fall Down", veio com seu novo single, "Feelin' Myself", promovendo o relançamento do seu último disco, o "#willpower" (review).

Além da Miley, a música ainda conta com os rappers French Montana e Wiz Khalifa, e soa como aquele urbano mais eletrônico de outras faixas do cd, como "Freshy'". O clipe, por sua vez, saiu de forma inesperada nesta terça-feira (26) e talvez seja o mais simples de toda a divulgação do will com o novo álbum, suprindo uma possível falta de orçamento com o bom e velho chroma-key, mas o resultado final até que é bem interessante. Olhem só:


Estamos com dó mesmo é da Miley. Atualmente ela promove o segundo single do "Bangerz", que é a baladinha "Wrecking Ball", ano que vem sai numa turnê em suporte ao álbum e não tem descansado um só momento, seja fisicamente ou sua imagem na mídia. De certo, até ela chegar no próximo disco todos já estarão bem cansados de seu nome.

O disco novo da Miley Cyrus, "Bangerz", finalmente está entre nós e tem sido muito bem recebido pela crítica, mas se vocês acham que isso significa um pouco de descanso pra Hannah Twerkanna, se engana. É agora que ela tem que trabalhar mesmo, botar o bumbum pra suar a manter seu nome sendo assunto, e parece que ela foi a primeira a saber disso.

Pra começar, nesta segunda-feira (14) foi divulgada a versão completa do remix de "Ain't Worried 'Bout Nothin'", com o único Montana que Miley ainda quer em sua vida, o French. No velho "uma mão lava a outra", a parceria sucede a colaboração do rapper na canção "FU", presente no álbum "Bangerz", e por sorte foi Molly quem ficou com a melhor música. Ouçam:


Não há nada pra se preocupar, certo? Além do remix nigga acima, também surgiu na internet uma versão acústica do hino "Wrecking Ball", mas aparentemente se trata de uma produção não-oficial. Aqui, o grande diferencial fica por conta do instrumental, desta vez sem as explosões que tomam conta do refrão na versão original. Parece ou não um grande bolo sem cereja? Ouçam:


Em breve, quem também deve apresentar coisa nova com a Miley Cyrus é o Kanye West. Os dois produziram recentemente um remix para "Black Skinhead", do disco "Yeezus" do Kanye, mas neste caso é só Jesus na causa. Enfim, por hoje é só. Já conferiram nossa resenha do "Bangerz"?

Mais um dia, mais uma música com a participação da rapper Nicki Minaj. Desta vez sem grandes nomes envolvidos, a novidade é a canção "Rich Friday" (ela e suas sexta-feiras, rs), produzida pelo DJ Clue com colaboração da rapper e do French Montana, que também já colaborou com a moça na frenética "Freaks". Aparentemente, a música foi feita apenas para o programa radiofônico do Clue na rádio e, com sinceridade, se produzida para ser algo grande, é certo que ela não iria muito longe.

Como dissemos, com exceção de Onika, "Rich Friday" não conta com nenhuma outra grande participação, sendo assim, é a rapper quem brilha, mesmo mandando suas rimas de forma tão rápida que por pouco não passa despercebida. 

Ouçam:


Na noite do último domingo (30) aconteceu a grande premiação à cultura afro-americana, o BET Awards. Caso alguém não saiba, a sigla significa Black Entertainment Television, ou seja, é organizada por um canal também voltado à cultura afro.

O evento teve duração de 3  horas e 30 minutos. Exatamente, três horas e meia. Mas vamos tentar fazer um resumão aqui para vocês, começando pelo tapete vermelho, afinal, além de celebrar o talento de diversos artistas, também celebramos a beleza afro. Mesmo quando o artista não faz muito uso desse patrimônio cultural, né Minaj? Pra não ficar aquela coisa extensa e chata vamos resumir o tapete vermelho de forma bem simples: um top 4 -s.

As duas celebridades mainstream mais bem vestidas

Nicki Minaj e Miguel. "Poxa, mas por que It Pop?" Porque ambos estão simples, com roupas totalmente sóbrias e ainda de acordo com suas personalidades. Minaj só tem nos surpreendido positivamente e Miguel deve estar pulando de alegria!



As celebridades (ou subcelebridades, se você preferir) mais mal vestidas

French Montana (é, aquele de "Freaks" com a linda da Minaj) e pequena mama Lil' Mama. Me recuso a dissertar sobre o Montana Francesa. E Lil' Mama é o típico exemplo de quem se esforçou, mas não conseguiu achar a roupa mais adequada. Caimento tá feio, tem essa armação na parte de baixo e nem sempre dá pra ser feliz com vestidos de alcinha num red carpet, né?

Vale dizer que Janelle Monáe estava também muito linda e estaria como melhor vestida, caso esse que aqui escreve, não fosse um pouco parcial em termos de Minaj, hehe. Anyway, vamos às performances, afinal o que seria de uma premiação sem apresentações, certo? Pra abrir o estouro de uma noite boa, apesar de não chegar a merecer ser chamada de memorável, tivemos Chris Brown fazendo um medley de "Fine China" + "Don't Think They Know" + "Love More".  O Marrom nunca é aquele estouro ao vivo, correto? Corretíssimo, mas quando a Minaj entrou ~voando~ todos se deram por mais que satisfeitos.

Chris Brown - Fine China/Don't Think They Know/Love More feat. Nicki Minaj


Quem também chamou a atenção através das performances e, claro, também visualmente, foi a lenda da música Erykah Badu. Se vocês não a conhecem, por favor, corram pro google, ela merece. Na terceira performance da noite, Badu se juntou a uma das grandes promessas da premiação: Kendrick Lamar, para cantarem a ótima "Bitch, Don't Kill My Vibe". Mas para um público conhecedor da música negra, só uma performance com Erykah Badu não chega perto de ser suficiente. Por isso também chamamos a atenção de vocês para a performance de Janelle Monáe com a música "Q.U.E.E.N." que tem a participação da Erykah na versão estúdio e não podia ser diferente num live. Levando toda sua negritude da forma mais extravagante para o palco, Janelle e Badu cantaram em perfeita sintonia, afinal ambas estavam explodindo com tanta energia numa apresentação memorável e que encerrou a noite de domingo! Confiram abaixo as duas apresentações. 



No decorrer da noite, tivemos várias outras apresentações, mas nem todas de tanto destaque. Ciara e Nicki Minaj (rainha dos featurings até em premiação, tá fácil não!) mandaram apenas um recado no live de "I'm Out": Haters, desistam. A gente tomba, mas levanta e como levanta! O clipe para a música com potencial para hit foi lançado ontem, durante o pré-show do BET Awards e nós adoramos a Ciara igualzinha a Janet Jackson/Keri Hilson e a visita a espaçonave do MJ de "Scream". A surpresa com a apresentação não ficou atrás. Minaj com suas rimas afiadíssimas na ponta da língua, fazendo tudo ali no fôlego pra silenciar qualquer hater e Ciara esbanjando suas coreografias de - essas sim poderiam - detonar qualquer carreira.


Opa! Pera, gente. Eu esqueci de uma performance, assim como a Mariah esqueceu de cantar ao vivo. Cantando (ou pelo menos pensando que fôssemos acreditar que ela tava fazendo isso)  a deliciosa "#Beautiful" com Miguel e Young Jeezy, Mariah Carey foi o assunto da noite nas redes sociais por motivos de dúvidas em relação a autenticidade de sua performance. O que a gente acha? Bom, o mesmo que o canal BET parece achar ao dar o título de "Mariah makes #Beautiful look easy" (Mariah faz #Beutiful parecer fácil). Fácil até demais. Tão fácil que a gente não acredita. Com nuances em sua voz idênticas a versão de estúdio, até mesmo em termos do tempo da música, sem nenhuma personificação típica de apresentações realmente ao vivo, Mariah chamou a atenção de uma forma um tanto negativa. Mas não podemos esquecer que "#Beautiful" é linda e deliciosa. Tão deliciosa quanto a Mariah nesses vestidos que não são do tamanho dela -n.



E os prêmios gente? Os grandes  vencedores foram Kendrick Lamar, Nicki Minaj ganhando prêmios ali na cara da Mariah e Rihanna, que venceu a Beyoncé. Quem é a empregada agora, seus favelados? Confira a lista de quem não saiu de casa a toa logo abaixo!

Vídeo do Ano
Started from the Bottom - Drake

Diretor de Vídeo do Ano
Benny Boom

Melhor Artista Masculino (R&B)
Miguel

Melhor Artista Feminina (R&B)
Rihanna

Melhor Artista Feminina (Hip-Hop)
Nicki Minaj

Melhor Artista Masculino (Hip-Hop)
Kendrick Lamar

Melhor Colaboração
Problems - A$AP Rocky feat. 2 Chainz, Drake e Kendrick Lamar

Melhor Novo Artista
Kendrick Lamar

Melhor Grupo
Macklemore & Ryan Lewis

Melhor Atriz
Kerry Washington

Melhor Ator
Jamie Foxx

Melhor Filme
Think Like a Man

Melhor Ato Internacional: África
Ice Prince, da Nigéria

Melhor Ato Internacional: Reino Unido
Emeli Sandé

O rapper French Montana lançará nesse ano o seu disco de estreia e depois do single "Pop That", o cara apostou em sua parceria com a Nicki Minaj como sua próxima música de trabalho. "Freaks" é o nome da faixa e nesta quinta-feira (07) ela ganhou seu videoclipe, mas só tem uma coisa que conseguimos notar nele: O-NI-KA-MA-RA-J.

Além da rappper, que rebola mais que a Inês Brasil em seu vídeo de inscrição para o BBB13, o clipe ainda conta com uma festa toda dourada e cheia de gente freak que gosta de tremer o bumbum. Quem assina a direção do video é o Eif Rivera, amiguinho do 50 Cent, e é uma produção que deverá deixar o Diplo orgulhoso. Confiram:


O primeiro CD do French Montana se chama "Excuse My French" e será oficialmente lançado dia 21 de maio. Drake, Rick Ross, The Weeknd, 2 Chainz e Lil Wayne são alguns dos nomes que colaboram no material. Por fim, confiram abaixo os bastidores do clipe "Freaks" (com mais cenas da Onika sensualizando com as estrelinhas nos seios):