Mostrando postagens com marcador Channing Tatum. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Channing Tatum. Mostrar todas as postagens
Depois de performar seu novo single, "Beautiful Trauma", pendurada em um prédio altíssimo durante o American Music Awards, P!nk deu sequência a divulgação da música lançando hoje, 21 de novembro, seu clipe. E, para ajudá-la a dar vida ao amor traumatizante descrito na canção, ela chamou ninguém menos do que o ator Channing Tatum.

Na produção, os dois satirizam o famoso casal Fred Astaire e Ginger Rogers, parceiros de dança que fizeram diversos filmes durante os anos de 1933 e 1949. Aqui, a cantora e o ator levam os nomes de Fred e Ginger Hart (sobrenome de P!nk), e retratam um casamento que sobrevive a base de muitas pílulas e bebidas alcóolicas, tudo isso em cenários coloridíssimos e enquanto dançam ao melhor estilo anos 60.

Diferente de "What About Us", onde ela aposta em algo mais performático, que nós até gostamos, aqui a americana volta a fazer o que sabe de melhor e o que nós queremos vê-la fazer pra sempre: brincar com seu lado irônico e debochado. Não tem nada mais P!nk do que isso!


Peraí, peraí... vocês também lembraram bastante de Anitta e "Essa Mina É Louca"? Ícone que mal começou a carreira internacional e já está influenciando cantoras importantes faz assim mesmo!

Quando "Kingsman: O Serviço Secreto" chegou aos cinemas, lá em 2014 e sem muitas expectativas, tanto o público quanto a crítica ficaram surpresos com o aspecto divertido e jovial do filme. Utilizando-se de cenas de ação cheias de humor e tecnicamente atraentes, o longa-metragem, baseado em uma famosa HQ, não deixou para trás seus personagens, desenvolvendo-os de forma satisfatória e entregando carisma suficiente para diferenciar a produção de muitos blockbusters formulaicos que são lançados constantemente pela indústria cinematográfica.

Em 2017, a sequência "Kingsman: O Círculo Dourado", também a cargo do diretor Matthew Vaughn ("Kick-Ass", 2010), trouxe os espectadores de volta ao universo insano (e ainda assim, "elegante") da franquia. Desta vez, no entanto, o filme regride um pouco em relação ao anterior: incluindo ainda mais estrelas no elenco, a trama sofre com o excesso de personagens, reduzindo alguns a um nível superficial.

Agora um agente de sucesso, Eggsy (interpretado pelo talentoso galã Taron Egerton, de "Voando Alto" [2016]) lida com as saudades de seu mentor Harry (o ótimo Colin Firth) e a rotina com sua namorada, a princesa Tilde (Hanna Alström). A situação muda completamente após um ataque à Kingsman, que destrói a sede do serviço secreto e aniquila todos os seus membros. Como sobrevivente, ele deve buscar a ajuda de uma entidade similar localizada nos Estados Unidos, a Statesman, enquanto investiga a ligação de um cartel de drogas denominado Golden Circle com o ataque ocorrido.

Além do retorno, ainda que em aparições, de boa parte do elenco original, que inclui nomes como Mark Strong e Sophie Cookson, o segundo filme adiciona a participação de várias personalidades relevantes do cinema atual, como Julianne Moore, Halle Berry, Channing Tatum, Jeff Bridges, Emily Watson e Pedro Pascal — há espaço até para o músico Elton John! Entretanto, poucos conseguem tempo de tela suficiente para trazer algum resquício de relevância em seus personagens. 

Moore e Pascal, talvez, foram os únicos com maiores aspectos a serem explorados. A vilã de Julianne Moore, Poppy, ainda que siga uma loucura exagerada, diverte ao ser tão caricata quanto psicótica. Pedro Pascal, por sua vez, encara um personagem bastante diferente das produções em que tem se envolvido (como os seriados televisivos "Narcos" e "Game of Thrones"), sendo uma das boas surpresas do filme. Tatum é irritante, Berry é mal utilizada e Bridges consegue ser desinteressante. Egerton e Firth permanecem bem, ecoando suas performances do primeiro filme.

É estranho pensar que o roteiro do próprio Vaughn, escrito junto com Jane Goldman e Matt Byrne, parceiros do Kingsman anterior, tenha se perdido tanto em sua sequência. Muitos personagens já estruturados são abandonados em poucos segundos e substituídos por uma leva de vários novos, como se o próprio longa-metragem tivesse um botão de "resetar". Além disso, apesar de apresentar bastante humor inteligente (com ótimas indiretas à Donald Trump), "O Círculo Dourado" inicia uma discussão a respeito da legalização e consumo de drogas ilícitas que, apesar de relevante, acaba por não definir-se muito bem, entregando uma mensagem que pode parecer confusa ao final da produção. 

Por outro lado, o nível técnico do filme permanece elevado, com um design de produção bastante colorido e essencial para a construção da atmosfera descontraída que permeia o longa-metragem. As cenas de ação, muitas utilizando-se de um inquietante e já esperado exploitation, são envolventes e bem coreografadas, com movimentos e truques de câmera que tornam a experiência do expectador ainda mais louca e divertida. 

"Kingsman: O Círculo Dourado" consegue divertir, ainda que com algumas falhas. Retrocede um pouco nos aspectos e na mensagem que destacaram seu predecessor, mas entrega uma experiência alucinada que mantém o filme com um saldo positivo. Não consegue ser memorável, mas talvez agrade a quem o assista sem expectativas. Talvez a franquia desenvolva melhor as sementes que plantou agora? Saberemos nas próximas missões.


Num fuzuê que envolve Conde Drácula, Frankenstein, o Lobisomem e um herói que vai atrás destes seres sobrenaturais, temos “Van Helsing –  O Caçador de Monstros”, filme lançado em 2004 com Hugh Jackman no papel do protagonista cujo nome é justamente o título do filme. E, agora que a Universal irá regravá-lo para compor sua seleção do Dark Universe, quem está cotado para viver Abraham Van Helsing nesta nova versão é ele: o maior stripper que a gente respeita Channing Tatum!

Até agora não há nada confirmado e tampouco o filme tem data de lançamento definida. Mas, ao que parece, de acordo com as informações do Site Screen Rant, estão esperando o roteiro terminar de ser reescrito por Dan Mazeau, de “Fúria de Titãs 2”, para fazer a oferta a Tatum. GORE OU QUERO?

Assim como o recente “A Múmia”, “Van Helsing” também se passará nos dias de hoje. Enquanto o papel do caçador de monstros ainda não está oficialmente ocupado, outros "seres" do Dark Universe já ganharam seus intérpretes: Russell Crowe será Dr. Jekyll, Javier Bardem, Frankenstein, e Johnny Depp terá o papel do Homem Invisível. 

O próximo filme do Dark Universe depois de “A Múmia” é “ A Noiva de Frankenstein”, que tem estreia marcada para fevereiro de 2019. O longa contará com a direção de Bill Condom (“A Bela e a Fera”, “A Saga Crepúsculo: Amanhecer partes I e II") e, possivelmente mas já queremos, com Angelina Jolie no papel principal. 

A Fox liberou nesta quinta-feira (20) o segundo trailer de um dos filmes mais aguardados do ano (pelo menos aqui no It Pop): Kingsman: O Círculo Dourado, que tem estreia marcada no Brasil para 28 de setembro. O novo vídeo ganha destaque por ser classificado como "para maiores" e apresentar muitas cenas inéditas. Confira abaixo:


Nesta sequência ao filme de 2015, Eggsy (Taron Egerton) e sua equipe encontram-se ameaçados quando seu quartel-general é destruído e o mundo torna-se refém de uma nova organização. Para derrotá-la, o grupo de Kingsman alia-se à Stateman, outra agência de espionagem bastante semelhante e que atua nos Estados Unidos. O estrelado elenco contará, além de Egerton, com os grandes nomes de Julianne Moore, Colin Firth, Halle Berry, Jeff Bridges, Channing Tatum e até Elton John.

O que achou do novo trailer? Conta pra gente nos comentários!
Semana passada, "Kingsman: O Círculo Dourado" ganhou uma leva de imagens e um teaser todo frenético, nos preparando para o grandioso trailer que o filme acabou de receber. Como nosso próprio título condena, "não há palavras para descrever o quão foda" é o este primeiro trailer, então vamos deixar ele falar por si.



JESUS QUE COISA MARAVILHOSA CARAMBA MEU DEUS DO CÉU O BLOCKBUSTER DO ANO MEU KINGSMAN TÁ VIVO A GENTE NÃO SABE MAIS DA EXISTÊNCIA DE PONTUAÇÃO DEPOIS DESSE TRAILER, SÉRIO QUE HINO, VIU?

Okay, nos acalmamos um pouco. Mas que hinozão, né? Toda a trilha sonora do primeiro filme, acompanhado de um flashback, seguido de inúmeras recortes de cenas da sequência ao som de "My Way", do Frank Sinatra, ficou do caralho, e como é bom ver em tela o aumento de orçamento. No mais, é um vídeo que mostra muita coisa, mas não esclarece quase nada, sem contar toda a sensação de estar recebendo conteúdo apenas dos dois primeiros atos. Seria "Logan" fazendo escola dentro da própria Fox?

"Kingsman: O Círculo Dourado" contará com um elenco de dar inveja. Além de contar o retorno do crush de todos nós, Taron Egerton, e Colin Firth, a sequência contará com ninguém menos que Julianne Moore, Halle Berry, Channing Tatum, Pedro Pascal, Jeff Bridges e Elton John. Que elencozão! Ah!, o novo filme é dirigido novamente por Matthew Vaughn, conhecido por "Kick-Ass" e "X-Men: Primeira Classe". "Kingsman: O Círculo Dourado" chega aos cinemas em outubro deste ano.

"Kingsman" é um hino de filme, e se você tem opinião contrária, por favor assista de novo, porque você assistiu errado. O longa-metragem de Matthew Vaughn é uma sátira aos inúmeros filmes de espionagem, e por banhar-se do bom humor e sequências de ação espalhafatosamente ótimas, consegue trazer um filmão da porra. E felizmente ganharemos uma sequência. Vitória do povo de deus.

Intitulado "Kingsman: O Círculo Dourado", o novo filme vem sendo aguardado desde seu anúncio, e a ansiedade só aumentou quando soubemos que um personagem dado como morto estaria voltando vivíssimo. Seremos sinceros, se fosse uma produção que quisesse ser levada a sério dentro do gênero, nós com toda certeza estaríamos com um pé atrás. Mas, caramba!, o primeiro filme trouxe cabeças explodindo da melhor forma já imaginada, trazer um personagem morto não é nada.

Após uma leva de imagens divulgadas pela EW na última semana, eis que surge o primeiríssimo teaser da sequência, que mostra muita coisa, mas ao mesmo tempo nada. São incontáveis frames em tímidos 16 segundos. Mesmo assim, não poderíamos estar menos animados. Que hino! O trailer completo deve ser divulgado em breve.



É, não deu pra ver quase nada, não é mesmo? Pois calma, lá! Um fã desacelerou o teaser, e dá pra ver frame por frame bonitinho. Agora sim podemos gritar "que hino!" com prioridade.



"Kingsman: O Círculo Dourado" contará com um elenco de dar inveja. Além de contar o retorno do crush de todos nós, Taron Egerton, e Colin Firth, a sequência contará com ninguém menos que Julianne Moore, Halle Berry, Channing Tatum, Pedro Pascal, Jeff Bridges e Elton John. Que elencozão! Ah!, o novo filme é dirigido novamente por Matthew Vaughn, conhecido por "Kick-Ass" e "X-Men: Primeira Classe". ♥

"Kingsman: O Círculo Dourado" chega aos cinemas em setembro deste ano.

O primeiro "Magic Mike" chegou para contar a história de Mike, banhando em striptease sem muito propósito. Já o segundo, nosso preferido, dosou tal cenas e quando as trouxe, trouxe com um propósito diferente — a cena de Joe Manganiello é um belo exemplo —, sem contar a humanização de todos personagens. Entretanto, a sequência teve uma arrecadação inferior ao original, o que pode ter influenciado numa certa decisão.

"Magic Mike 3" não vai acontecer. Pelo menos é o que Channing Tatum disse durante um evento na França. Segundo ele, o projeto que vai ficar no lugar do longa é o show ao vivo em Las Vegas, que está previsto para ter sua estreia em março do próximo ano. O cara ainda disse que o espetáculo deve explorar mais uma vez os personagens, só que agora seu passado. Confira a declaração:

"O terceiro filme será o show, e eu acho que envolverá o passado desses caras. O primeiro era sobre Mike, o segundo sobre os caras e eu acho que o terceiro é realmente sobre um homem e uma mulher conversando sobre sexo, eles mesmos e sobre quem somos. Esse é o próximo passo que eu gostaria de dar na história", revelou Tatum.

Para quem gostaria de um terceiro longa, só resta esperar com que os shows sejam o sucesso, podendo trazer a franquia de volta às telonas. Você apoiaria a volta ou acha que esses filmes nunca deveriam ter acontecido?


Querido leitor do It Pop!, nós da equipe sabemos que você provavelmente já fez a sua listinha de filmes pra ver esse mês no cinema. Dentre aqueles que a gente está louco para ver, como o live action de "Mogli - O Menino Lobo", a fantasia "O Caçador e a Rainha de Gelo" e briga entre super-heróis "Guerra Civil", decidimos fazer essa listinha com cinco títulos que talvez você não conheça, mas que estão em cartaz nesse mês. Vale a pena dar uma espiadinha nos trailers! Olha só:

1. "Ave César" (14 de abril)

O novo longa dos irmãos Coen (responsáveis por "Onde os Fracos Não Têm Vez" e "Inside Llewyn Davis - Balada de Um Homem Comum") é uma verdadeira homenagem ao cinema hollywoodiano dos anos 1950. Com um elenco maravilhoso, que inclui Josh Brolin, George Clooney, Scarlett Johansson e Channing Tatum, a trama traz um faz-tudo do estúdio de cinema Capitol Pictures, que entra em apuros quando o astro de uma superprodução, Baird Whitlock (Clooney), é sequestrado durante as filmagens. Estamos super curiosos!




2. "O Escaravelho do Diabo" (14 de abril)

Baseado no famoso livro infantil escrito por Lúcia Machado de Almeida, o filme de Carlo Milani apresenta a pequena cidade Vale das Flores, onde uma série de assassinatos à pessoas ruivas começam a ocorrer. Curiosamente, todas as vítimas recebem, antes de sua morte, uma pequena caixa com um escaravelho dentro. O elenco traz como principal nome o ator Marcos Caruso. Vai rolar muita nostalgia na sessão, temos certeza!



3. "Sinfonia da Necrópole" (14 de abril)

Se você é fã de musicais, assim como a gente, não pode perder esse! "Sinfonia da Necrópole", longa dirigido por Juliana Rojas, traz um musical brasileiro totalmente original, misturando ritmos para contar uma trama cheia de humor: Deodato (Eduardo Gomes) é um medroso aprendiz de coveiro, cuja rotina é abalada depois que a funcionária do serviço funerário Jaqueline (Luciana Paes) chega para propor uma reforma total no cemitério. Amamos, sim ou claro?



4. "Amor por Direito" (21 de abril)

De cara, te damos três motivos para ver esse filme: Julianne Moore, Ellen Page e a trilha sonora com Miley Cyrus. Esse comovente drama, dirigido por Peter Sollett, traz uma policial e uma mecânica que sofrem para ter sua união reconhecida após uma delas ser diagnosticada com uma doença terminal e desejar que a parceira herde seus bens. Além das duas atrizes maravilhosas, o longa ainda conta com Steve Carrell e Michael Shannon no elenco. Uma dica: comprem lencinhos.



5. "A Frente Fria que a Chuva Traz" (28 de abril)

Este drama brasileiro, dirigido por Neville D'Almeida, ocorre na favela carioca e traz um grupo de jovens ricos que alugam uma laje para promover festas, mas impedem a participação de moradores do morro. Seus planos, no entanto, passam a ser afetados por uma frente fria, que parece despertar diversos conflitos entre eles. Destacamos o elenco, que conta com Bruna Linzmeyer, Chay Suede e Jhonny Massaro.  



Se temos indivíduos que sabem vender bem um filme, antes mesmo das gravações começarem, estes são Channing Tatum e Ryan Reynolds. O primeiro não é tão arriscado e abusando quanto o segundo, mas sempre que há uma brecha, o ator trata de comentar algo sobre o seu aguardado filme, falando sobre o tom escolhido, a linha de raciocínio tomada, e por aí vai.

Tudo parecia correr bem. O ator de "Magic Mike" estava super empenhado para fazer o papel, e até estava fazendo oficina de mágica. Um diretor já havia sido contratado, o Rupert Wyatt, do excelente "Planeta Dos Macacos: O Confronto". A primeira versão do roteiro já estava pronta e, de acordo com Tatum, o filme poderia ser tão arriscado quanto "Guardiões da Galáxia" ou ser algo similar ao "Batman: Begins". Tudo realmente parecia correr bem, mas...

DEU RUIM.

Sim. Segundo o TheWrap, o acordo feito entre Channing Tatum e a Fox pode estar sendo desfeito e o estúdio já estaria em busca de um novo protagonista. O site ainda afirma que o diretor do longa, mesmo com tal desventura, está atrás de atrizes para estrelar o longa ao lado do novo (e futuro) protagonista, ou até mesmo de Tatum - já que, até alguma declaração oficial, ainda é o nosso Gambit -, e a favorita da vez é Lea Seydoux (de "Azul É A Cor Mais Quente" e "007: Contra Spectre").

Caso encontrem um novo protagonista logo, o cronograma de filmagens não deve atrasar e começar agora em outubro. O filme tem previsão para ser lançado no dia 7 de outubro de 2016.

O universo dos X-Men no cinema está crescendo, seja pela Disney ou pela Fox. Já temos dois filmes confirmados dos mutantes. Um deles é o novo (e possivelmente último) filme solo do Wolverine e "X-Men: Apocalipse" em 2016. E são especulados novos filmes em breve como o solo de Mística e o solo de Gambit, que se confirmou hoje!

Channing Tatum era o preferido (tanto para os produtores quanto para gente) para viver o personagem e depois de muitas rezas foi se confirmado. O filme solo de Gambit ou a participação do personagem em algum filme era praticamente algo certo de acontecer, visto que os produtores sempre diziam algo em relação ao ator e um futuro papel para ele no universo dos X-Men.

Em entrevista à Total Film, Lauren Shuler confirmou tanto o personagem quanto o ator no cinema. E de acordo com Hollywood Reporter, o personagem estará em "X-Men: Apocalipse" e depois ganhará um filme solo, sendo incerto sua previsão de lançamento.

E antes da confirmação Channing disse à MTV que havia conversado com Lauren em relação ao filme do anti-herói. "Gambit é o único X-Men que eu realmente amei. Quero dizer, eu amo a todos, todos são ótimos, mas eu não sei, acho que é por ser do sul - meu pai é da Louisiana, eu sou do Mississippi, Alabama e Flórida -, não sei, acho que me identifico com ele. Ele é meio agradável, é o menos X-Men dos X-Men que já esteve nos X-Men, além do Wolverine. Ele é meio que um anti-herói, é um ladrão. Ele nem chega a ser como um herói, ele anda em uma linha meio cinza. Ama mulheres, bebidas e cigarros. É um cara legal que tem uma boa moral interna".


O novo filme dos mutantes reunirá os dois "universos" de "X-Men" dos cinemas, o apresentado na trilogia original, e o apresentado em "X-Men: Primeira Classe". No longa, o mundo está situado em tempo apocalítico devido a ascensão dos Sentinelas (robôs programados para destruir os mutantes) e em busca de uma solução para tais problemas, Wolverine é enviado para os anos 70, acreditando que com a interrupção de um determinado acontecimento naquele tempo não desencadeie o futuro aterrorizante.

"X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" chega aos cinemas brasileiros no dia 22 de Maio!