Mostrando postagens com marcador Bonnie Mckee. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bonnie Mckee. Mostrar todas as postagens
Se tivéssemos que fazer uma lista com todas as atuais cantoras pop injustiçadas, ficaríamos aqui por um dia inteiro, mas uma certeza que temos é que nessa lista o nome de Bonnie McKee não faltaria. Compositora de grandes hits de Katy Perry como "Teenage Dream" e "Roar", ela tem tentado a sorte como cantora, mas as coisas não tem dado muito certo. Nessa sexta, 18 de agosto, com o lançamento de seu novo single, "Thorns", entretanto, tudo isso pode mudar.

Uma publicação compartilhada por Bonnie Mckee (@bonniemckee) em

Inegavelmente talentosa, Bonnie apareceu em 2015 com o EP "Bombastic" que trouxe uma sonoridade anos 80 do jeitinho que a gente gosta e foi bastante promovido, já que todas as suas quatro músicas ganharam um clipe. E não foram vídeos qualquer coisa não, tá? Mesmo com pouco reconhecimento, o que provavelmente também deve ter afetado seu investimento, todos os clipes foram super bem produzidos e contextualizados, nos fazendo pensar no quão incrível seria se a americana tivesse a verba da própria Katy.


"Thorns", sua nova música de trabalho, promete ser tão boa quanto todas já lançadas pela americana. A faixa já ganhou uma prévia beeem animadora e, por esses poucos segundos, parece que Bonnie vai continuar bebendo da fonte anos 80 que funcionou tão bem em seu último trabalho. 

Uma publicação compartilhada por Bonnie Mckee (@bonniemckee) em


Vocês também sentiram uma vibe "Stranger Things"?

Ainda não sabemos se a canção será o primeiro single de um álbum, ou até de um novo EP, mas não custa sonhar, né? Boa sorte, Bonnie!

A gente tem um fraco por cantoras que não desistem nunca. Por isso, gostamos tanto da Bonnie McKee. Conhecida por ser co-compositora de alguns dos maiores hits da Katy Perry, Bonnie está há algum tempo tentando construir uma carreira de sucesso para chamar de sua. Ela lançou a divertida "American Girl", bem ao estilo Katy, e então nos surpreendeu ao trazer o "Bombastic", EP oitentista e com muito mais identidade, que ganhou mais um single/vídeo.

A última música de trabalho do EP é a balada "Easy" que, assim como as outras canções do "Bombastic", ganhou um clipe ótimo e cheio de referências. Para esse vídeo, Bonnie apostou na simplicidade e brincou com um jogo de luzes e repetição de imagens bem característico dos anos 80, além de nos remeter, logo no início da produção, a famosa cena da cadeira do filme "Flashdance". 



"Easy" sucede "Bombastic", "Wasted Youth" e "I Want It All", todas canções do EP da moça. Assim, Bonnie McKee conclui essa era com um trabalho inteiramente visual e um conceito muito bem explorado. Só faltou estourar, porque merecia, né?

Essa seria uma ótima oportunidade para Bonnie emendar direto em um single novo e assim lançar seu álbum, mas parece que não vai ser dessa vez. Ao invés de focar em sua carreira solo, a cantora está trabalhando em composições para a Kylie Minogue e, mesmo não tendo sido confirmada no novo CD da Katy Perry, sempre pode aparecer. Fica aqui o nosso apelo: Bonnie, larga esses artistas e lança seu disco logo, mulher!

É inegável o talento da Bonnie McKee, né?! Depois de escrever vários hits #1 mundo afora, ela vem tentando duramente estabelecer uma carreira como cantora. Lá em 2013, Bonnie lançou o single "American Girl", que parecia a fórmula perfeita para um grande hit, mas acabou que o público americano ignorou a musica e ela foi mais uma vítima do famigerado flop.

Depois de alguns lançamentos não oficiais, McKee só deu as caras em 2015, com o EP “Bombastic”. Contendo apenas quatro musicas, já teve dois vídeos, “Bombastic” e “Wasted Youth”. Com vibes noventistas nos dois clipes, parece que esse é realmente o estilo visual dessa era.

E, graças aos deuses do pop, Bonnie não desiste nunca. Hoje (21), a cantora lançou seu mais novo clipe, “I Want It All”, música presente no EP. E, mais uma vez, com vibe retrô. Até nos lembrou muito os clipes do rei do pop, Michael Jackson. Dá uma olhada:




Maravilhosa, né?

É, Bonnie, talvez o que te falte é apenas um bom gerenciamento de carreira, um bom empresário e os nomes de peso pra quem você escreveu pelo menos twittarem ou retwittarem seus lançamentos. Não é equivocado dizer que ela poderia ser uma das maiores vozes dessa geração, até maior que Katy Perry, sua fiel colaboradora.

Ignorando o momento desabafo, a garota está prometendo o lançamento de uma parceria com o Major Lazer, trupe de DJs liderada por Diplo, para esse ano. O segundo álbum de inéditas da cantora segue sem uma data de lançamento, mas prevemos que ele será lançado em algum momento antes do clipe de “Do What U Want”, da Gaga.


Dono de uma das carreiras mais estáveis de participantes vindos do X Factor até hoje, Olly Murs se encaminha para o quinto álbum de sua vida, repleta de hits desde 2010. E depois de encerrar, oficialmente, os trabalhos com o "Never Been Better" (2014), o britânico deu o pontapé inicial em seu novo material, previso para o final desse ano ou o início de 2017.


Trabalhando com os colaboradores de sempre, Ed Drewett (Ed Sheeran), Sam Martin (Jess Glynne), Claude Kelly (Britney Spears e Adam Lambert) e Francis White (Ella Henderson) e animado com o novo trabalho, Olly embarcou recentemente para os EUA, onde se encontrou com mais duas excepcionais compositoras, a fim de novas ideias pro material. Uma delas é simplesmente a lenda Diane Warren, recentemente indicada (mais uma vez) ao Oscar, ao lado de Lady Gaga, pela brilhante composição de "Til It Happens to You"; e a outra, é a sempre precisa e despretensiosa hitmaker, Bonnie McKee, marcada por proporcionar grande parte dos maiores hits da carreira de Katy Perry, por exemplo.

Uma foto publicada por @ollymurs em

Uma foto publicada por @ollymurs em

Já pode lançar esse novo material o quanto antes, Olly. Estamos prontos!

A cantora e compositora Bonnie McKee, ao mesmo tempo que parece estar empenhada em emplacar um hit em seu segundo álbum de estúdio, parece não se importar muito com a divulgação do trabalho. Isso porque ainda não sabemos quase nada dele, apenas algumas novidades dispersas aqui e acolá. Esse fato não impede que a internet, porém, faça esse serviço por ela, sendo que seus fãs conseguem ouvir músicas novas da cantora hora ou outra, quando elas são vazadas.

Recentemente, tivemos o vazamento de “Speed of Light”, escrita por Bonnie e produzida por !llmind, sendo a música usada na campanha da HP para promover o filme mais recente da franquia Star Wars. Antes da sua data de lançamento oficial, uma apresentação da música caiu na internet e alarmou os fãs da cantora.



Dessa vez, vazaram três músicas da cantora, sendo elas: “Earthquake”, “Surrender” e “In The Wild”, parceria da verdadeira hitmaker com o grupo eletrônico, Major Lazer. Mais uma vez, estamos no chão, pois as músicas são muito boas. Confira:



E as músicas possuem um baita apelo para serem hits, né? Pelo menos se fossem devidamente divulgadas. “Into  The Wild”, inclusive, era inicialmente planejada para o novo disco do Major Lazer, “Music Is The  Weapon”, que sucede o aclamado “Peace Is The Mission”, de onde eles extraíram “Lean On”, e não sabemos agora, por conta do vazamento, mas dividiria espaço na tracklist deles com colaborações de Tinashe, Iggy Azalea, Gwen Stefani e vários outros nomes.

A espera pelo novo álbum da cantora está de matar, já que, oficialmente, pouca coisa tem sido liberada. A última atualização que tivemos dele foi que Bonnie esteve em estúdio com RedOne, produtor de músicas como “Bad Romance” e “Judas”, da Lady Gaga. Adicionada a isso, temos a amostrinha que ela nos deu do que está por vir ao lançar o EP “Bombastic”, que ganhou nossa atenção o suficiente para entrar na lista de melhores EPs de 2015. Vale falar que o EP tem músicas co-escritas com Charlie Puth e Greg Kurstin (Sia,  Ellie Goulding, Katy Perry).

Mas que a cantora é incrível no que faz nós não temos dúvidas, visto que ela está por trás de três dos seis singles do “Teenage Dream”, da Katy Perry, já escreveu músicas para Kelly Clarkson, Britney Spears, Kesha, Christina Aguilera, para a diva Cher e, acreditem, a lista não para por aí. Isso só comprova que talento ela tem de sobra. Talvez essa demora do álbum seja por diferenças criativas dela com ela mesma?

Enquanto o LP não sai, o que pode ser feito é esperar mais vazamentos e curtir o último single da cantora, “Bombastic”:


Apesar de ainda não sabermos muito sobre o segundo álbum de Bonnie McKee, já pudemos ter um gostinho do que está por vir com o lançamento de seu EP, “Bombastic”, e algumas músicas vazadas na internet. Dessa vez ela cantou uma música inédita, provavelmente produzida pelo Diplo, em um show em Nova Iorque.

Não seria a primeira vez que a hitmaker preferida da Katy Perry colaboraria com o produtor, considerando que já existe um trechinho circulando na internet com uma parceria entre ela e um dos grupos do Diplo, Major Lazer. Essa parceria, segundo boatos, tem mais possibilidades de estar no segundo álbum do Major Lazer, "Music Is The Weapon", que tem previsão para lançamento no meio do ano que vem, contando com Iggy Azalea, Tinashe, Gwen Stefani, Sia, numa música também já vazada, e The Weeknd.



Mas, voltando à Bonnie McKee, o EP “Bombastic” foi lançado esse ano e conta com quatro músicas, tendo também músicas escritas em parceria com Greg Kurstin (Sia, Lily Allen) e Charlie Puth, e já teve seu primeiro videoclipe lançado em outubro, numa quase homenagem ao clássico eletrônico “Call On Me”, do Eric Prydz. Tanto o clipe do primeiro single, como o EP completo, você pode conferir abaixo:




Já nessa segunda-feira (30/11), surgiu na internet uma performance da cantora, onde ela apresenta uma música cuja sonoridade nos remete muito aos trabalhos de Diplo. E, com certeza, ela não desapontou. Sobre a música, não temos muito que pode ser dito, visto que não temos uma confirmação de nome, apesar de estar sendo chamada de “Speed of Light”, nem confirmação de que o Diplo está entre a lista de produtores, ou, até mesmo, se ela estará na tracklist final do álbum.



Falando do segundo álbum da cantora, não temos capa, não temos tracklist, muito menos data de lançamento. A última notícia liberada pela própria em seu Instagram era de que ela estava em estúdio com o produtor RedOne, a mente por trás dos grandes hits de Lady Gaga, como "Bad Romance" e "Judas". Só temos uma coisa para falar: já pode lançar esse CD, Bonnie, nunca te pedimos nada.

Muito conhecida por seu talento como compositora de hits para nomes como Katy Perry, Adam Lambert, Avril Lavigne, Kesha, Christina Aguilera, 5 Seconds of Summer, entre outros, parece que, finalmente, Bonnie McKee lançará seu álbum de estreia no próximo ano.


Enquanto Kesha está ausente e Katy Perry tem ficado cada vez mais distante daquela cantora que nos conquistou com o disco “One Of The Boys”, a gente ficou um tanto carente de outra popstar tão disposta a quebrar padrões enquanto parecia estar tão controversamente dentro dele e, desta vez, quem parece cumprir com o requisito, trazendo não só um material de qualidade, mas também uma dose de ousadia, é a hitmaker (de fato, ela é!) Bonnie McKee.
Mesmo que não tenha nenhum hit pra chamar mesmo de seu, a cantora e compositora Bonnie McKee é uma hitmaker propriamente dita por conta dos seus trabalhos para nomes como Katy Perry, Kesha e Britney Spears, mas você não pode dormir sem saber que enquanto não tem uma legião de fãs aos seus pés por seus trabalhos solos, a americana sentiu o gostinho da fama durante sua passagem por Tóquio nos últimos dias, graças a Lady Gaga.
O DJ Steve Aoki pode não ter a mesma fama de nomes como David Guetta, Calvin Harris e outros nomes mais conhecidos neste meio mainstream, mas é beeem considerado entre os fãs de EDM e, aproveitando o lançamento do seu novo disco, “Neon Future”, veio nos ajudar na campanha em prol da carreira de Bonnie McKee.
O Lollapalooza Brasil se foi e com ele diversas pautas que deveriam, mas não passaram por aqui. Por sorte, lá vamos nós com mais um resumão do E Tem Outra Coisa..., mas bota coisa nisso. Algumas sairão, inclusive, com certo atraso, mas no momento o que vocês precisam saber são essas coisas que estão abaixo.

 Com uma blusa branca e jeans azul, Lana Del Rey gravou um clipe para seu novo single, "West Coast", em Los Angeles. (Vagalume)

 "Chandelier", o fantástico single de retorno da hitmaker Sia, agora também tem um lyric video fantástico para chamar de seu. (Youtube/VEVO)

  Robyn anuncia 3 novas datas para sua turnê em parceria com o duo Röyskopp nos EUA! (Pitchfork)

 will.i.am revela prévia do seu novo single, "(It's Your) Birthday". (Contém Pop

 A Katy Perry também lançará como single uma música com o mesmo nome. (Twitter)

 "Headlights", com o Nate Ruess, é o novo single do Eminem e já teve seu clipe gravado. (Wikipédia)

 To slay all your faves: novo single da Bonnie McKee se chama "S.L.A.Y." e estará presente em seu primeiro 'EP visual', que também contará com os singles "American Girl" e "Sleepwalker". (Original Tune)

 Sob nova direção, Lollapalooza Brasil 2014 alcança nossas expectativas, leia nossas resenhas para o primeiro e segundo dia do festival. (Portal It Pop)

 Clipe para o retorno ~cancelado~ da dupla t.A.T.u., "Love In Every Moment", já está entre nós. (Youtube)

 Falando nisso, "I Was Gonna Cancel" é a nova música de trabalho da Kylie Minogue. (POPLine)

Bitch, I am back out my coma.


Katy Perry lançou na última terça-feira (22) o seu terceiro disco de inéditas, "Prism", e depois de estrear o single novo, "Unconditionally", na festa de lançamento do cd, chamou as amigas (e inimigas também, rs) pra oficializar o fato de "Roar" ser um hino no evento beneficente Young Survival Coalition, uma organização em apoio às mulheres vítimas do câncer de mama.

Na performance, Kátia contou com diveeeersas convidadas especiais e olha, teve pra todos os gostos, com Ellie Goulding, Tegan and Sara, Kacey Musgraves, Bonnie McKee e até a Sara Bareilles (que, segundo nossas fontes, quase começou a cantar "Brave" por acidente, rs). De certo, nem tinha como dar errado, mas ficou lindo demais, estamos emocionados. Hino oficializado. Lady Marmalade versão basic bitch da nossa geração. 

Olhem que lindo isso:


Desta vez a Katy conseguiu guardar fôlego para o gritinho no final, né? Só sentimos um leve boicote com a Bonnie McKee, que não conseguiu brilhar tanto quanto as outras, mas ainda assim, estamos amando e assistindo de novo e de novo. Esperar essa super parceria numa versão em estúdio é pedir muito? Katy sempre adorou um remix, não seria ruim, mesmo sabendo que já estamos com outro single engatado. Lindo também é ver que a Sara Bareilles realmente tá pouco ligando pra toda essa polêmica "Roar" X "Brave". Também pudera, o single dela teve um aumento de mais de 80% nas vendas desde toda a polêmica e, FINALMENTE, agora aparece outro clipe além de "Love Song" quando a jogamos no Google, hahahah. Performance mais amor desse ano! 

Não gostamos de falar "nós avisamos", mas nós avisamos que "Sleepwalker", novo clipe de Bonnie McKee, prometia. O novo single da cantora e compositora sucede o injustamente ignorado "American Girls", mas é assim mesmo. No clipe do novo single, Bonnie toca o terror à la "Thriller" do Rei do Pop de forma extremamente divertida.

Feito como um curta-metragem, com arte meio "Rocky Horror Picture Show", o clipe é a história de uma festa que acaba com o apocalipse zumbi (!!!). Com sangue, corpos em decomposição e beijaço lésbico, Bonnie alia o bom single com o ótimo clipe. Falar mais é estregar a diversão, então vamos ao que interessa.


O novo álbum da cantora, com produção - claro - de Dr. Luke, já poderia sair, não?

O mundo não é um lugar justo e "American Girl", primeiro single da Bonnie McKee com seu segundo álbum, sucessor do ótimo e quase desconhecido "Trouble" de 2004, não rendeu nem metade do que a ruiva esperava (com ~pico~ #87 na Billboard Hot 100). Famosa por compôr hits para Katy Perry, Britney Spears, Ke$ha e derivados, a atual protegida do Dr. Luke tinha TU-DO pra ser o grande novo nome das rádios e paradas, mas preferiram passar a fórmula já ouvida antes do seu último single e mostrando que aprendeu rápido a lição, ela vem #prontapraoutra com "Sleepwalker".

Prevista pra ser lançada dia 29 desse mês, a música nova da Bonnie vem como primeiro segundo promocional do seu novo álbum e, pelos segundos que escutamos no trailer do seu videoclipe, parece que a moça não economizou nas mudanças, se esforçando pra que realmente soe como algo novo nas rádios e saindo até mesmo das mãos do Dr. Luke, com quem assinou contrato para seu próximo disco, numa produção assinada pelo Boys Noize. Olhem só:



A gente não quis estragar a surpresa falando do trailer, mas QUE TRAILER, hein? O comecinho fez com que a gente pensasse estar assistindo algo da Avril Lavigne, mas logo essa mistura de terror + comédia nos lembrou do melhor clipe pop da história, "Thriller". Bem que os EUA poderia dar uma chance pra ela, né? Talento, tanto como compositora quanto cantora, não falta. Enquanto o clipe novo não sai, revejam o smash ignorado, "American Girl":


Rosana que segure todos nós, porque a cantora e compositora Bonnie McKee está por dentro do processo de divulgação do "Prism", terceiro cd de inéditas da Katy Perry, e revelou em uma entrevista pra MTV que o próximo single da cantora, sucessor de "ROAR" nas rádios, já está pré-definido. Na entrevista pra emissora, Bonnie disse que não devemos imaginar todo o álbum por meio do primeiro single, visto que todas as canções são bem singulares e, quanto a nova música de trabalho, declarou:
“O próximo (single), até onde sei, será algo grande também. Estou muito empolgada pelo próximo. É colorido e solar”
Certo, o que vem em nossa mente quando pensamos em algo colorido e solar? Hum, hum?

tumblr_ml213595Dg1r0y8j6o1_500.gif (500×273)

"Double Rainbow" foi a primeira música do cd "Prism" a ter seu título revelado, durante uma entrevista da Katy em um evento da ASCAP. A música, até então especulada como carro-chefe do disco, conta com a composição da australiana Sia, responsável por sucessos como "Diamonds" da Rihanna, "Titanium" do David Guetta e "Let Me Love You" do Ne-Yo.

Agora vem cá, que negócio é esse de deixarem Bonnie McKee escutar informações preciosas sobre o novo álbum? Tudo bem que ela tem um grande crédito pelo "Teenage Dream", onde compôs os principais hits, mas o negócio é vender as composições e passar longe dos estúdios quando estiverem discutindo sobre o cd, até porque agora ela é da concorrência e anda barradíssima com o hit em potencial "American Girl", o que faz com que entendamos a razão dela estar vazando essas informações. Os lirôus aprovam. Hahahah, brincadeira, brincadeira, Bonnie e Little Kitty são só amor. Aproveitando, viram a última performance da moça para o single que os EUA tá ignorando? Caso a resposta seja não, não percam a oportunidade:


Seguindo a risca o modo britânico de lançar singles, mesmo com foco no público americano, a cantora Bonnie Mckee revelou na semana passada um teaser para o seu novo videoclipe, "American Girl". A canção, que marca o retorno da almost-hitmaker, foi revelada por meio de um video com a participação de diversos rostos famosos, mas infelizmente não atingiu seu objetivo, que era viralizar como "Call Me Maybe" da Carly Rae Jepsen.

Ainda assim, Bonnie não chegou até aqui para desistir e faltando poucos dias para o lançamento do single no iTunes (23 de julho, tomem nota!), prepara o lançamento de um clipe para o mesmo. Confiram o teaser:


É impressão nossa ou ela quer mesmo fazer de "American Girl" o novo hino de verão americano? Potencial para isso a música tem! Mesmo não sendo muito conhecida, Bonnie é dona de diversas canções que já cantamos no banheiro, estando por trás da composição de hits como "Teenage Dream" da Katy Perry, "Tik Tok" da Ke$ha e "Hold It Against Me" da Britney Spears, além de "Dynamite" do Taio Cruz e várias outras canções que em outrora tomaram conta da Billboard Hot 100.

A cantora e compositora Bonnie McKee está mesmo decidida a sair dos bastidores da música pra se relançar como artista principal e, após escrever hits para Ke$ha, Katy Perry e Britney Spears, começou oficialmente a divulgação de seu novo single, "American Girl". A faixa, que abre os trabalhos de Bonnie com seu segundo disco, foi revelada meio que de surpresa, com um video cheio de rostos conhecidos, e sua primeira apresentação aconteceu nesta sexta-feira no Good Day New York, deixando aquele gosto de quero mais.

No programa, obviamente, apresentaram McKee já falando do seu pequeno currículo e citando os smash hits que fez para Katy Perry, mas a moça parecia mais interessada em apresentar logo o seu hino solo e não fez feio. Olhem só:


Podemos dizer que lembramos da Ke$ha? Vai ver foi a convivência, haha! Aparentemente, talvez uma coreografia, público ou cenários teriam ajudado a tornar a performance mais animadora, mas não estamos reclamando, pois mesmo sendo simples, Bonnie conseguiu nos satisfazer. Só esperamos que outros programas, de preferência maiores que o GDNY, não esqueça de convidá-la pra cantar algumas coisas também!

Atualmente, o single "American Girl" segue disponível para download gratuito no site da cantora, só não sabemos até quando. Então corram pra não ter do que reclamar depois!

Vocês sabem que dia é hoje? Dia 4 de julho. Mas se não é feriado não importa, né? Totalmente errado.

Dia 4 de julho de 1776, o dia em que as colônias da América do Norte se tornaram independentes da Inglaterra. Mas isso importa pra gente? Bom, a independência dos EUA teve sua gota d'água para estourar e isso foi quando a Inglaterra impôs leis abusivas restringindo o comércio nas colônias americanas e criou diversos impostos, numa época em que o país europeu não estava tão bem economicamente/politicamente. Ou seja, a independência norte-americana, bem como a constituição que só foi aprovada 11 anos mais tarde, sempre carregaram essa sede de liberdade que vemos até hoje na cultura que vem de lá e que é odiada por uns e amada até demais por outros! Tudo isso foi extremamente influenciado pelos ideais iluministas, o que acabou influenciando uma série de movimentos que pediam independência aqui no Brasil! Cabô a aula.


Como hoje é um dia muito importante na terra do Tio Sam e a terra que mais produz essa cultura pop que a gente tanto gosta, vamos às nossas 5 músicas preferidas que louvam os Estados Unidos da América. Mas não se chateie com a falta daquela música que você tanto ama, afinal quase todos os artistas tem uma canção com essa temática.

5) Kelis - 4th of July (Fireworks)

"4th of July" foi o segundo single da cantora Kelis com o álbum Flesh Tones, de 2010. Esse álbum marcou a carreira da cantora, afinal ela deixou o R&B pra trás definitivamente e resolveu atacar as pistas trabalhando com Will.i.am, Diplo, Benny Benassi e outros mais que presentes na nightlife. O single não teve um ótimo desempenho nos charts, mas tenho certeza que muitos de vocês, assim como eu, já ouviu muito esse patriotismo todo tocando nas boates. Gritando seu amor por alguém ao mundo, Kelis declara que esse boy magia a faz se sentir como o céu do dia 4 de julho e lá eles comemoram com desfiles e muitos, mas muitos fireworks.



4) Bonnie McKee - American Girl

A música/clipe chegaram até nós e amamos desde o primeiro segundo. Bonnie Mckee é mais conhecida por suas composições do que músicas. Ela é uma hitmaker de mãos cheias quando o assunto é escrever, exemplos disso são "Teenage Dream", "California Gurls", "Dynamite" e "Hold It Against Me". Mas a proud to be an american girl quis provar que é boa fazendo um pop chiclete para ela mesma e a estratégia é sensacional: reunir diversos artistas mais que conhecidos do público para dublarem sua canção, criando um vídeo viral como aconteceu com "Call Me Maybe" da Carly Rae (que tá no clipe). De Katy Perry a Tommy Lee parecendo o Jeffree Star, McKee louva a cultura pop e o estereótipo da típica garota americana.


3) Demi Lovato - Made In the USA

Não, nós não mudamos de ideia em relação ao Demi, gente. O álbum é um desastre sim, mas estamos aqui para nos curvarmos diante dos EUA e claro, existem canções que se salvam! Uma história de amor sólida e que passa por cima de comentários negativos daquela vizinha que fala da sua vida porque esse romance todo foi feito nos Estados Unidos. Demi Lovato se rende ao seu país no segundo single de seu último álbum, apostando numa música que não podia ser mais pop, comercial e radiofônica. Num geral, a recepção do single foi boa e até chamada de versão mais madura de "Party In the USA" da Miley Cyrus. Cantando ao vivo para a VEVO em Londres, Demi brinca com a letra mostrando que independente da sua nacionalidade o importante é achar esse romance sólido, seja ele "made in the USA" ou "made in the UK".



2) Miley Cyrus - Party In the USA

Escrita pelo Dr. Luke, Claude Kelly e, ironicamente, pela inglesa Jessie J, a música é extremamente patriota e se joga na cultura pop americana com citações de nomes super famosos como Jay-Z e Britney Spears, que teve seu nome substituído diversas vezes em lives por "Lady Gaga".  A canção que grita verão e alegria reinou no final do ano de 2009 e durante boa parte de 2010, além de ter se tornado a canção mais bem vendida da Hollywood Records por ter sido comprada online 226.000 vezes num pequeno espaço de tempo. Miley canta como é levar toda sua cultura do Tennessee até Hollywood, mas no final vemos que existe espaço para todos festejarem! Esse verdadeiro hino estreou em #2 na Billboard e superou o sucesso que Cyrus teve com a chorosa "The Climb".  Rendam-se.


1) Lana Del Rey - National Anthem

Existe cantora mais patriota que Lana del Rey no nosso cenário atual? Lana mescla todo seu orgulho do gigante norte-americano com seu gosto pela atmosfera vintage sempre presente nos trabalhos da cantora de forma impecável, além das batidas de hip-hop, que acreditem ou não, é um dos gêneros preferidos de Del Rey (vide verso de "Blue Jean" no qual fala "you grew up on punk rock, I grew up on hip-hop"). O vídeo foi arrebatador, recriando cenas reais da rotina do ex-presidente americano John F. Kennedy e sua esposa Jacqueline Onassis, mas também abordando o suposto affair entre Kennedy e a rainha Marilyn Monroe. Contou com a participação do rapper A$AP Rocky, interpretando o presidente que foi morto com um tiro na cabeça na cidade de Dallas, quando iniciava as campanhas para sua reeleição. Diversos mistérios cercam a vida da estrela Marilyn Monroe e também de John F. Kennedy, sendo que muitos não acreditam no affair dos dois, além da morte do ex-presidente ter resultado na prisão de um homem que nunca admitiu a autoria dos dois disparos e que foi morto mais tarde. Parte da população acredita que o assassinato resultou de uma grande conspiração para retirar Kennedy da presidência. A título de curiosidade vale citar que o diretor de "National Anthem", Anthony Mandler, no mesmo ano em que criou uma verdadeira obra de arte também dirigiu o catastrófico clipe de "Starships" da Nicki Minaj.



Gostaram? Todos parabenizando os EUA hoje por terem sido colonizados depois de nós e terem conseguido independência antes de nós? Mas vale lembrar que devemos respeitar todas as culturas e também valorizá-las, mas sem menosprezar a nossa. Afinal, cada território tem seus problemas. 

A cantora e compositora Bonnie McKee não teve muita sorte lá em 2004, quando lançou seu álbum de estreia "Trouble", mas nos últimos anos andou refazendo a lição de casa, só pra garantir que realmente tinha feito tudo certinho, e neste tempo compôs para Britney Spears, Ke$ha, Katy Perry, Carly Rae Jepsen, Ne-Yo e mais diveeeeersos outros nomes que tomaram conta das paradas, sendo assim, tirou a prova real: ela realmente sabia o que estava fazendo.

Se comparado ao ano em que estreou, é certo que as coisas nas rádios mudaram bastante e isso pedia por um período de adequação, mas levando em conta que ela, em parceria com os hitmakers Dr. Luke, Benny Blanco e Max Martin, foi uma das grandes responsáveis por essas mudanças, um retorno às rádios nesse momento seria como entrar numa partida de futebol já sabendo que o placar está ao seu favor e foi o que ela fez.

Revelado nesta quarta-feira (26) o single de retorno de Bonnie McKee se chama "American Girl" e tem tudo que, como dissemos, a própria colocou nas rádios pelos lançamentos alheios, o que inclui o combo letra chiclete + instrumental dançante (agradeçam ao Dr. Luke) e aquela fórmula de hit do verão americano. Se tudo isso não fosse o suficiente, Bonnie ainda aproveitou esse momento próximo à tantos artistas para que os mesmos retribuíssem tudo o que ela fez por eles e conseguiu assim um perfeito video viral cheio de rostos conhecidos — ao estilo "Call Me Maybe", que viralizou após divulgarem um video com Selena Gomez, Justin Bieber e outras estrelas teen dublando a canção — e vejam bem, são muuuitos rostos mesmo! Além de alguns nomes que citamos no começo do post, tem Adam Lambert, Jason Derulo, Becky G e até a comandante do "Fashion Police", Joan Rivers, acompanhada de sua trupe fashionista. Tem como dar errado? Confiram:



Bonnie McKee está de volta e mostrando ser uma popstar nas suas melhores formas. Seja (muito) bem-vinda de volta e que o samba comece!
A californiana Bonnie McKee se lançou na música em 2004, com o álbum "Trouble", mas não teve toda a aceitação esperada e resolveu partir para os bastidores da música, fazendo amizade com muuuitos produtores e artistas pra lá de influentes no pop atual. Assim como Ester Dean, os planos de McKee focaram em sua carreira como compositora e foi desta forma que ela deu vida à hits como "California Gurls" da Katy Perry, "Hold It Against Me" da Britney e "How We Do (Party)" da Rita Ora.

Agora Bonnie voltou a trabalhar em sua carreira como cantora e revelou nesta semana um teaser de seu novo projeto, se intitulando como "uma popstar em treinamento". Será que ela anotou muitas dicas válidas enquanto trabahlhou com Ke$ha, Katy, Britney e companhia? Confira o teaser abaixo:  

Boa sorte pra moça, afinal, ela merece! O/