Mostrando postagens com marcador Arctic Monkeys. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Arctic Monkeys. Mostrar todas as postagens

Foto: Diego Baravelli/G1

Com o show desta sexta-feira (05) no Lollapalooza, os motoristas de transporte alternativo do Arctic Monkeys fizeram parecer fácil encontrar um meio termo entre suas fases anteriores com o momento atual da banda, que tem como seu último trabalho o introspectivo “Tranquility Base and Hotel”.

Apesar da performance quietona, que cumpre bem a postura misteriosa do novo disco, não faltaram seus maiores hits, como a nostálgica “I Bet You Look Good On The Dancefloor” e as novinhas “Do I Wanna Know” e aquela que fechou o show, “R U Mine”. Mas elas vieram acompanhadas das mais hypadas deste novo registro, como a ótima “Four Out of Five”, que muita gente tinha na ponta da língua.


Principal atração da noite de abertura do festival, a banda não se esforçou pra repetir as demonstrações de carinho e animação tão presente nos shows das outras atrações, mas deixou o público mais do que satisfeito ao entregar o que eles realmente queriam: sua usual música boa.

Já familiarizados com o solo brasileiro, banda deixa esse Lollapalooza com uma imagem bem diferente do que rendeu o hype de suas eras passadas, consolidando de vez o amadurecimento que o novo álbum faz questão de escancarar.

Melhor do que isso, só se abrissem mão das caras fechadas pra nos deixarem dançar “Fluorescent Adolescent” mais uma vez. Quem sabe numa próxima.

A gente está cobrindo o festival na íntegra pelo Instagram. Fica de olho! :)
Depois de muita espera, finalmente a banda Arctic Monkeys lançou o sexto disco de sua carreira, “Tranquility Base Hotel & Casino”. A estratégia pro álbum foi diferente para os dias atuais, a banda não lançou nenhum single desde o seu anúncio, decidindo por liberá-lo na íntegra apenas no lançamento.

Alex Turner, o vocalista, conversou com a NME e disse que o novo projeto o lembra do disco de estreia da banda, “Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not”:
É um lugar completamente diferente, claro, mas algo nas letras me lembra daquela escrita [do Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not]. Estou tentado a dizer que tem a ver com o quão rude ela é. Acho que era algo de que eu estava tentando me afastar e talvez tenha voltado agora.

“Tranquility Base Hotel & Casino” é um passo diferente na discografia da banda, sendo bem diferente de seu último lançamento, o “AM” de 2013, e mostra uma evolução do grupo tanto em sonoridade quanto aos vocais de Alex, que nunca estiveram melhores.


A gente já tinha falado por aqui que, de acordo com um fã, um novo single do Arctic Monkeys seria lançado em breve, mas hoje a banda foi em suas redes sociais anunciar que na verdade, o que será lançado é seu novo álbum!
O álbum, entitulado “Tranquility Base Hotel & Casino”, será lançado no dia 11 de maio e, pelo vídeo postado pela banda, dá pra se ter um ideia da direção que ele pode seguir. O disco contará com 11 músicas e nenhuma parceria, olha só a capa e a tracklist:


1. Star Treatment
2. One Point Perspective
3. American Sports
4. Tranquility Base Hotel & Casino
5. Golden Trunks
6. Four Out of Five
7. The World's First Ever Monster Truck Front Flip
8. Science Fiction
9. She Looks Like Fun
10. Batphone
11. The Ultracheese

Falta muito pra maio?
Parece que o Arctic Monkeys está prestes a voltar pra acabar com a sua vida. A banda vem marcando shows em diversos países da Europa, por enquanto deixando de fora apenas o Reino Unido.

De acordo com um fã que encontrou com Alex Turner, vocalista da banda, ele não quis falar nada sobre os shows na terra da Rita Ora, mas disse que um novo single seria lançado “em breve.”
O último álbum lançado pela banda foi o aclamadíssimo “AM”, em 2013, HÁ 5 ANOS! O disco rendeu dois BRIT Awards para a banda, além de uma indicação ao Grammy de “Melhor Performance de Rock” por “Do I Wanna Know”.



Já podemos surtar ou estamos sendo Alices?

Não é surpresa para ninguém que os serviços de streaming foram a grande saída encontrada pelas gravadoras para não ficar pra trás em meio a baixa venda de discos e enquanto sites como Rdio, Deezer e Spotify seguem aperfeiçoando o seu trabalho, buscando cada vez mais público e com uma variedade crescente de repertório, os outros nomes que já trabalhavam com música tentam se adaptar ao novo formato e um deles é o Youtube.

Atualmente abaixo do Google, o site de vídeos apresentou uma nova proposta para as empresas com quem trabalha, em busca de oferecer um serviço otimizado aos seus usuários e, entre as propostas, está a ideia de um perfil pago, onde o usuário terá acesso a todos os vídeos públicos do site, mas com uma personalização adicional, como a opção de não assistir a propagandas ou conferir vídeos offline, por exemplo. O projeto, porém, deve contar com uma autorização das gravadoras responsáveis pelos videoclipes subidos no site, visto que o usuário "premium" passará a pagar para assisti-los, o que envolve outra série de burocracias relacionadas a direitos autorais.


De acordo com o Youtube, 90% das gravadoras afiliadas não tiveram problemas com isso, concordando com o termo e, consequentemente, permitindo que eles deem sequência as mudanças, enquanto outras 10% se mostraram contra os novos planos, o que não deve pará-los agora, mas sim ter os vídeos abaixo dos nomes em questão não disponibilizados no site. 

Na prática, é mais ou menos um "se você não concorda, pode ir embora com os seus vídeos". MAAAAS, entre as gravadoras que não estão de acordo com o novo formato, temos selos como a XL Recordings e Domino, o que significa que o site deverá tirar do ar clipes de artistas como Adele, Queens Of The Stone Age, Franz Ferdinand, Arctic Monkeys, M.I.A., Jack White, Vampire Weekend, The xx e vários outros nomes. Com tanta gente conhecida e que, de uma forma ou de outra, move bastante dos números no site, dá pra entender a pressão que essas gravadoras devem estar fazendo ao site do Google, mas eles parecem irredutíveis, o que significa que logo todos esses nomes podem deixar o site.

Antes que algo assim aconteça, nós ficamos na torcida para que entrem em algum acordo, afinal, romper uma parceria assim pode ser ruim para todos os lados envolvidos, mas se não rolar, já começamos a pensar em possíveis sites que substituirão o Youtube em nossas vidas. Partiu Youku?

Você viu vários resumões sobre o especial "Unplugged" da Miley Cyrus na MTV pela internet, incluindo a performance de "Don't Tell Me" e "We Can't Stop" com a Madonna, além de um cover da Dolly Parton e versões contry para boa parte do seu último disco, o "Bangerz", numa edição que fez com que outros MTV Unplugged soassem "desplugados demais", mas o que você perdeu, assim como todos que conferiram o especial da MTV nos últimos dias, foi um cover que rolou durante o mesmo show.

Não sabemos bem a razão, mas durante sua apresentação Miley Cyrus apresentou uma versão para "Why'd You Only Call Me When You're High?", da banda Arctic Monkeys, e a emissora optou por não exibir isso na tv. A faixa, presente no disco "AM", é daquelas que todos tem adorado fazer covers pela internet e o mais recente que conferimos foi da banda The Vamps, que chegou a incluí-la em seu EP de estreia.

Com Molly, a música não perdeu muitas características da sua versão original, tendo lá suas diferenças devido aos vocais da cantora de "Wrecking Ball" serem bem diferentes dos do vocalista Alex Turner. Mas o melhor é que tudo ocorreu bem e o cover, por mais inusitado que seja, funcionou perfeitamente. Confira:


Atualmente, Miley Cyrus tem se esforçado pra fazer de "Adore You", terceiro e mal escolhido single do álbum "Bangerz", um hit tão expressivo quanto seus singles anteriores, "We Can't Stop" e "Wrecking Ball". Para alavancar as vendas da faixa, a cantora convocou o Cedric Gervais, DJ responsável pelo remix de "Summertime Sadness" que colocou Lana Del Rey entre as dez mais da Billboard Hot 100 pela primeira vez em toda sua carreira, para retrabalhá-la para as rádios. Lançar "FU", "Drive" e "Someone Else" como single ninguém quer, né?

Esse é um pequeno passo para o homem, desde que ele não se chame Alex Turner e, bem, também nada muito grande para o resto da humanidade, mas aconteceu de, nesta semana, a banda Arctic Monkeys alcançar o topo da parada alternativa da Billboard, nos EUA, com a música "Do I Wanna Know?", segundo single do seu mais recente disco, "AM".



O álbum, que foi eleito um dos melhores de 2013 aqui no blog, rendeu, entre outras coisas, os ótimos singles "R U Mine?" e "Why'd You Only Call Me When You're High?", provando que questões nos títulos de canções costumam atrair um bom público e agora possuindo também o maior sucesso, mesmo que atrasado, da banda na terra do Obama desde 2006, quando emplacaram o single de estreia "I Bet You Look Good On The Dancefloor" na sétima posição da mesma parada.

"AM" é o quinto álbum de inéditas da Arctic Monkeys e também se tornou o álbum mais bem posicionado nas paradas da banda britânica. Falando sobre o sucesso de "Do I Wanna Know?", o diretor de marketing da banda, Peter Berard, disse que esse foi um resultado de toda a devoção do público, agradecendo também às rádios que contribuiram para os gráficos executando a canção, e não deixando de creditar o sucesso ao próprio trabalho dos caras, que sim, fizeram um baita disco.


Aconteceu no Reino Unido, na última semana, do dia 26 até domingo, dia 30, um dos festivais mais incríveis da música, o Glastonbury. Se você não é filho da Tici Pinheiro e teve que ficar em casa chorando, assim como alguns de nós, por favor, é hora de chorar um pouco mais. Separamos para vocês algumas performances que ocorreram no evento. E olha, foram muitos shows mesmo, e vários deles até entraram nos trending topics do twitter, porque foi tudo lindo, maravilhoso, e já estamos tristes de novo. 

No line-up do "Glastonbury 2013", tivemos (PRE-PA-RA!) The Vaccines, Azealia Banks, Bastille, The XX, Rita Ora, Mumford & Sons, Iggy Azalea, The Rolling Stones, Arctic Monkeys, Vampire Weekend, Major Lazer, Of Monsters and Men, Hurts, Cat Power, The Smashing Pumpkins, Noah And The Whale, Two Door Cinema Club, Example, The Lumineers, Gabrielle Aplin, Tom Odell, Ben Howard, e muito mais. Lágrimas escorreram aí? É pra qualquer hipster pirar, né. E vocês já devem imaginar que depois da polêmica lista com os melhores álbuns do primeiro semestre de 2013,  a redação do It Pop estaria em peso no Glastonbury se pudesse. Shows incríveis, performances marcantes e muito, mas muito bom gosto no line-up. Agora, confira abaixo, algumas amostras do que foi este festival, que é um sonho de muitos amantes da música (shows completos de Bastille, Rita Ora, Azealia Banks, The Vaccines e The Lumineers):
































Não encontramos ainda nenhum vídeo da performance de Iggy Azalea, mas garantimos que a moça foi ozadia pura e gerou polêmica, e talvez por este motivo, a BBC não tenha disponibilizado nenhum vídeo da loira ainda. Mas para efeito de análise, dá uma olhada nas fotos da linda:

Gostaram? Se alguém encontrar algum vídeo de Iggy, por favor, pode postar nos comentários. Algum de seus artistas favoritos esteve presente no "Glastonbury 2013"? Já tá juntando dinheiro pra poder ir ano que vem? Lembrando que em anos anteriores, o evento já trouxe nomes como Shakira, Beyoncé, Coldplay, Lady Gaga, The Killers, Oasis, Radiohead, Amy Winehouse, entre outros.

Os rumores são fortes! Fãs, preparem seus corações, ao que tudo inidica, Adele, para a alegria de todos, foi vista saindo do estúdio Abbey Road, onde está sendo gravada a trilha sonora do próximo filme da franquia 007, chamado "007 - Operação Skyfall", que deve chegar nos cinemas no final do ano, comemorando os 50 anos do primeiro filme do espião mais conhecido do mundo.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o nome de Adele e o filme andam juntos. No ano passado, ainda na hype do álbum "21", foi feita uma enquete popular sobre quem deveria cantar a música tema do filme, na época, Adele ganhou com mais de 50% dos votos contra concorrentes como Arctic Monkeys.

Além disso, no início do ano a cantora, em entrevistas, deixou escapar que lançaria uma faixa até o final do ano, para uma trilha sonora, e os produtores do filme afirmaram que seria uma honra trabalhar com a musa.

O fato é que, por ser muito fechada, nunca se sabe qual será o próximo passo da cantora, especulações são o que não faltam e a cada novo silêncio dela, os fãs e a mídia mais especulam. Já foi dito que ela faria uma turnê mundial, cantaria nas Olimpíadas, no Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II, estava gravando um clipe de "Rumor Has It", entre muitos outros boatos, mas a verdade é que, ao menos, essa notícia traz uma nova esperança para os fãs.

Um palpite pessoal: Adele fará parte sim da trilha sonora do filme. Apesar de se distanciar da imprensa e fugir da atenção do público, ela sabe que não pode desapontar os fãs nem deixar seu nome cair no esquecimento para quando vier um possível terceiro álbum, mas uma apresentação ao vivo dessa música será difícil, ainda mais considerando que Adele estará com um bebê recém-nascido na época divulgação. Aos fãs só resta esperar.

Enquanto não sai nada de novo, vale a pena conferir de novo um dos melhores hits de 2011, "Rolling in the Deep":

Prestes à partir numa turnê com os caras do Black Keys, o pessoal do Arctic Monkeys acaba de lançar um videoclipe para seu novo single, "R U Mine?", faixa que não integra o mais recente álbum da banda, "Suck It And See".

No videoclipe de "R U Mine?", a banda não tinha nenhuma mensagem muito importante pra passar, aí resolveram provar que eram rockstars, gravaram algumas imagens com caras de mau, óculos pretos, um carrro em movimento e aí vem a parte trash da coisa: tudo isso com uma câmera VHS (daquelas que meu seu tio leva para os passeios em família), bebê! O clipe, que ainda traz cenas do lançamento de "R U Mine?" nas rádios, ficou bem legal e olha, essa faixa tinha tudo pra embelezar a tracklist do "Suck It And See", hein?! Confira abaixo os rockstars mais legais do mundo indie, Arctic Monkeys, "R U Mine?":
Na última semana, os artistas se inspiraram para lançar novos clipes e não que eu esteja reclamando, mas não fomos capazes de lançar todos aqui no blog com a mesma frequência de alguns sites/blogs/Tumblrs por aí, mas nada que um post-resumão não resolva, né?! Sabe aquele artista que estampa um pôster na parede do seu quarto? Então, se ele lançou clipe novo, estará neste post e se não estiver, pode puxar nossa orelha pelo Twitter, tá? Vamos ao o que interessa.

Hiltop Hoods feat. Sia - "I Love It"

Tá, esse clipe não é nada novo e na verdade, foi lançado em Dezembro, mas só encontramos agora e a faixa "I Love It" tem a participação da Sia, então não tinhámos porque não comentar sobre ele, né? O Hiltop Hoods é um trio australiano de hip-hop que lançará em breve seu novo álbum, "Drinking From The Sun". O primeiro single do grupo com o novo álbum é a faixa acima, que teve também dois outros clipes alternativos que podem ser assistidos aqui e aqui.

Red Hot Chili Peppers - "Look Around"


Eu, particularmente, nunca vi muita graça em nada vindo dos caras do Red Hot, mas é inegável: tudo o que eles fazem é f*da, e isso no melhor sentido da palavra. O novo single da banda com o álbum "I'm With You" é a faixa "Look Around" e para mim, este clipe dirigido por Robert Hales [Nine Inch Nails/The Veronicas/Snow Patrol/Britney/Miley/Demi/Jonas Brothers] já é de longe o melhor da banda com o tal álbum.

Mike Posner - "A Perfect Mess"
Quem não curtiu Posner abusando da tecnologia no todo trabalhado no neon, "Looks Like Sex", deverá gostar do novo clipe do cara. O clipe para "A Perfect Mess", da mixtape "The Layover", não é nenhuma super produção e se resume em foco no rosto de Mike com cenas urbanas intercaladas, o video foi dirigido pela Spiff TV.

Arctic Monkeys feat. Lady Gaga Richard Hawley - "You and I"
Outro clipe que não é nenhuma grande produção, mas está impecável, é "You and I", da Lady Gaga dos caras do Arctic Monkeys. A faixa é uma b-side para o single "Black Treackle" e conta com a participação de Richard Hawley e The Death Ramps, quanto ao clipe, se resume em cenas de estúdio e algumas externas que me lembraram vagamente "Open Your Eyes", do Snow Patrol. Foi vagamente, tá?

Dia Frampton feat. Kid Cudi - "Don't Kick The Chair"
A gente ainda não falou sobre a Dia aqui no blog, mas se você costuma ler muitos blogs de cultura pop, já deve saber que a mesma foi finalista do The Voice e tem em seu histórico um clipe, "The Broken One", que foi o primeiro single da gata com o álbum "Red". O que mostra o player acima, na verdade não é exatamente um videoclipe e sim um "pseudo-video", que é uma espécie de lyric video sem as lyrics, pegou a ideia? A parceria da cantora é uma das faixas mais elogiadas do álbum "Red" e por mais que "Don't Kick The Chair (Pseudo Video)" traga uma fotografia Instangram/Tumblr invejável, sim, queremos um videoclipe oficial.

Mallu Magalhães - "Velha e Louca"
Já fazia um bom tempo que não parava pra ouvir Mallu Magalhães e isso por pura opção, digo, a garota estava caindo em um triste clichê e cada vez aparentava mais ser apenas uma adolescente tentando bancar a madura, só que não. A cantora lançou recentemente o clipe para "Velha e Louca", que é o novo single da moça com o álbum "Pitanga" e logo vi vários blogs comentando e elogiando o novo material de Mallu, caí em tentação e me rendi ao "play", o resultado é este espacinho neste post. O clipe é ótimo, assim como a música e sua fotografia kinda Tumblr também contribuiu para que eu caísse de amor (de novo) por essa velha, louca e linda.

Enfim, por esse post é só e se seu ídolo não apareceu por aqui, pode xingar muito no Twitter.

PS.: Podem usar e abusar do replay em todos os clipes.
Com turnê ao lado do Black Keys a caminho, os caras do Arctic Monkeys passaram pelo Live Lounge da rádio britânica, BBC Radio 1, e durante sua passagem, apresentaram um cover acústico de "On A Mission", da cantora Katy B.

O cover ficou super legal e por um momento, dá até para achar que essa é alguma música nova da banda! Confira abaixo o incrível cover:
A gente contou pra vocês aqui que as bandas Muse, Arctic Monkeys, Arcade Fire e até mesmo o cantor, Thom Yorke, eram nomes que poderia vir ao Brasil - e Chile - para se apresentar na próxima edição do Lollapalooza e agora você já pode comemorar.
Segundo o site da MTV Brasil, a banda Arctic Monkeys está confirmada na line-up do festival, que de acordo com o jornal Destak, deverá contar também com apresentações do Foo Fighters e Jane's Addiction. Rumores dizem que Arctic Monkeys deveria se apresentar no SWU 2011, porém, o cachê exigido pela banda aumentou após a produção do Rock In Rio apresentar interesse em contratá-los. Bom, agora falta confirmar Muse e os outros nomes que a gente citou aqui!
Parece que os britânicos do Arctic Monkeys estão incomodando os norte-americanos com seu novo álbum, "Suck it and See" (que seria "Chupe isso e Veja" em português). Em entrevista a rádio inglesa XFM, os caras da banda contaram que alguns supermercados não aceitaram exibir o nome do álbum nas prateleiras, por considerarem ofensivo e optaram por colar adesivos em cima do título do CD.
"Eles acham que é rude e ofensivo e estão a [tapar o título] com adesivos em alguns supermercados" contou Alex Turner, vocalista da banda
No Brasil, o álbum deverá chegar as lojas em Junho, porém já pode ser ouvido pela internet. Ouça abaixo, o álbum "Suck It And See" na íntegra: