Conheça a revelação do pop Griff e sua nova mixtape, “One Foot In Front Of The Other”

E vamos de apoiar novos artistas!


Se você acompanha o It há algum tempo já sabe que uma das coisas que mais gostamos de fazer aqui é indicar novos artistas. Por isso, hoje temos uma tarefa ótima: indicar pra vocês a Griff, revelação do pop britânico.

Vencedora do prêmio de Artista Revelação do BRIT Awards, prêmio este escolhido pelo críticos, a Griff, cujo nome real é Sarah Griffiths, tem apenas 20 anos (sim, galera, ela é de 2001!) e traz um pop que flerta com o alternativo em meio a synths que nos lembram a Dua Lipa em seu primeiro álbum, com um tom de voz alinhado ao da Julia Michaels e composições bem descritivas, ao estilo Taylor Swift

O mais legal da Griff é que o diferencial dela é que ela é bem artística e teatral. Bem mesmo! Além de cantar, compor e produzir, ela também é designer e já fez algumas das roupas que usou por aí, em performances na TV. 

Dá pra perceber isso também pelo clipe surrealista de “One Foot In Front Of The Other”:

 

E pela capa da mixtape de mesmo nome:


Aliás, falando na mixtape, a “One Foot In Front Of The Other” chegou nesta sexta-feira (18) com sete músicas. Tem “Black Hole”, o delicioso carro-chefe do trabalho; a faixa “Shade Of Yellow”, com carinha de Jack Antonoff com o Bleachers e Taylor no “reputation”; e “Walk”, uma música com synths oitentistas que nos lembrou bandas femininas como The Aces e MUNA, além de outras boas canções, que se complementam, criando um projeto coesinho e uma ótima pedida pra quem quer conhecer a Griff. 

Voltando ao BRIT Awards, nos últimos anos eles fizeram boas apostas ao nomear os indicados e definir os vencedores do prêmio de Artista Revelação. Por exemplo, entre indicados tiveram Dua Lipa, Mabel e Years & Years, enquanto de vencedores podemos pontuar Sam Smith, Jorja Smith e Jessie J. Tá bom, né? 

Então, bora ficar de olho na Griff, porque a menina tá fazendo tudo (e tá mesmo, da produção das suas faixas até a criação das suas roupas) pra nos entregar conceito, coesão e aclamação no pop!