É aniversário do “Dangerous Woman” e nós queremos celebrar a era mais perigosa de Ariana Grande

Ain’t you ever seen a princess be a bad b*tch?


Em 20 de maio de 2016, Ariana Grande nos entregava seu terceiro álbum de estúdio, o “Dangerous Woman”, e estava pronta para deixar de ser uma princesinha teen e ser levada a sério como a mulher perigosa que é!
 
Composto por 15 faixas e 4 singles oficiais, “Dangerous” é um daqueles poucos álbuns no qual todas as faixas se conversam e traçam uma mesma narrativa. CHEIO de hits, com uma turnê mundial muito bem sucedida (com passagem pelo Brasil) e até um documentário para o YouTube, esse disco merece ser coroado e aclamado como o álbum IM-PE-CÁ-VEL que é. Tá pronto para relembrar todo esse perigo? Nós estamos!

O pontapé inicial da era ficou por conta do single que batizava o álbum. “Dangerous Woman” trazia a sensualidade e a maturidade que Ariana "buscava", foi nomeado como melhor performance pop no Grammy de 2017 e debutou no Top 10 da Billboard Hot 100. Com a faixa, a cantora manteve firme a tradição de estrear seus lead singles entre as 10 primeiras posições da parada. Embora “Focus” tenha o seu valor (e tenha sido lançada com a intenção de ser o lead da era), não houve melhor forma de nos apresentar todo esse conceito do que com DW. Já que a segunda versão do clipe da faixa nunca viu a luz do dia, ficamos com a primeira mesmo. Tá na mão: 


Entre um single e outro, Ari promoveu as faixas "Be Alright" (que hino, meu pai!) e "Let Me Love You" (com Lil Wayne) até chegar em um dos melhores singles de sua carreira: "Into You". A faixa, que alcançou a posição #13 na Billboard Hot 100 e ganhou um clipe belíssimo, é sucesso até hoje nas nossas playlists e nas festas que um dia ainda voltaremos a frequentar. Ai, ai... quem nunca quis largar tudo para viver um amor?


Se tem uma coisa que a Ariana fez foi promover esse álbum! Entre inúmeras performances em premiações, VEVO Concerts e até um feat com Christina Aguilera no The Voice, as faixas do disco não paravam de crescer nos nossos coraçõezinhos. É aí que chega a cartada (que não é a final) mais esperada pelo mundo pop: "Side To Side" ao lado da queen of rap, Nicki Minaj. 

Provando que Ariana RUN POP SIM SENHOR, o single ganhou um registro visual pra lá de provocante, com looks perfeitos e toda aquela amizade do pop que a gente ama. Hitou? Hitou. Chegou ao Top 5 da Hot 100? Chegou. E como temos certeza de que vocês já conhecem esse clipe icônico, vamos de performance? Sobe na bicicleta e vem:


Depois de tantos sucessos, chegamos ao final de uma era. Para coroar o AG3 e celebrar todas as formas de amor, Ariana e Future se juntaram para promover "Everyday", que encerrava o ciclo. Queremos justiça para "Greedy" e "Bad Decisions"? Queremos muito! Mas não há como negar que o clipe ficou bem humorado e que aquece o coração. Oh, he give it to meeeee...


Um ícone que passou 154 semanas dentro da principal parada de álbuns dos Estados Unidos, a Billboard 200, merece ser aclamado e muito! Tanta comemoração assim não vem só por parte blogueiros que vos falam e dos Arianators, vem também da própria cantora. 

Para comemorar os 5 anos do disco, Ariana liberou nessa quinta-feira (20) uma versão deluxe do "Dangerous Woman" com 2 faixas bônus: "Jason's Song (Gave It Away)" e "Step On Up". As faixas, já conhecidas pelo público na internet, integram uma versão pra lá de especial de um álbum que sem dúvidas, marcou algum (ou vários) momentos da nossa jornada. Bora conferir? Peguem as orelhas de coelho porque esse momento é nosso!