Rina Sawayama recebe a benção de Elton John com releitura lindona da balada “Chosen Family”

Parceria ganha um significado ainda mais especial dado o histórico de rejeição da artista em premiações britânicas por sua origem nipônica.

Gente, mas que encontro lindo!

Rina Sawayama é, de longe, uma das maiores revelações do pop britânico dos últimos anos e, no ano passado em específico, protagonizou uma importante discussão sobre a inclusão de imigrantes na indústria inglesa, após não ter seu disco de estreia, “Sawayama”, indicado ao BRIT Awards, por conta de sua naturalidade japonesa.

Discussão mais do que necessária, o assunto não só permitiu que as regras da maior premiação musical britânica fossem revistas, como deu também ainda mais ênfase ao pop da cantora que, desde seus singles anteriores, já vinha construindo uma carreira repleta de faixas que mereciam uma atenção rumo ao que define o pop do futuro.

Mas como nem toda benção é o suficiente, Rina foi ainda mais longe e, nesta quarta (14) revelou nada menos do que uma releitura da balada “Chosen Family” com a participação do deus da música britânica, Elton John, que acompanhou a nova versão da faixa ao piano e, também, nos vocais, tornando ainda maior a música que, com produção de Danny L Harle, já era um dos destaques do seu disco.

A escolha da faixa torna a parceria ainda mais especial: “Chosen Family” fala sobre aceitação e inclusão, se referindo àquela família que escolhemos, independente das suas origens, gênero, orientação sexual ou sobrenome. Tê-la relançando a canção com um nome tão respeitado da música britânica pouco tempo após ser rejeitada justamente por não ter nascido em solo britânico – mas vivido toda a sua vida lá – é de um simbolismo gigante.