Cancelada, parceria de Gabriel do Borel com Luísa Sonza e Kaio Viana cai na internet: “Bumbum Violento”

Parceria foi anunciada no ano passado, mas terminou cancelada após caso de agressão do produtor contra sua ex-namorada.

Entre as cantoras brasileiras mais ouvidas do país no ano passado e, atualmente, entre as músicas mais ouvidas do Brasil com o single “Modo Turbo”, em parceria com Anitta e Pabllo Vittar, Luísa Sonza teve uma parceria inédita vazada na internet nesta sexta-feira (22).

A música em questão se trata de “Bumbum Violento”, produção do Gabriel do Borel com a artista de “Braba” e o cantor Kaio Viana, que teve sua primeira prévia revelada pelos artistas em meados de abril do ano passado, mesma época em que também foi comentada pela última vez.

Três meses após o anúncio da música, o produtor carioca que também possui parcerias com Anitta (“Joga essa potranca”), Poze do Rodo (“Tô Voando Alto”) e FP do Trem Bala (“Foi bom te encontrar”) foi acusado de agressão contra a sua ex-namorada, MC Illana, e, segundo o fã-clube Infos Luísa Sonza, a cantora cancelou a sua participação ao saber sobre o caso, tendo a música sido revelada de maneira não-oficial através de um perfil no Instagram.

Aos passos do hit “Braba”, a faixa cancelada é toda levada pelo brega funk, com o refrão: “sento, sento e movimento, bumbum violento, pra você babar de novo.”

SEM TEMPO PRA POLÊMICA

Essa não é a primeira vez que Luísa Sonza rompe uma parceria após alguma questão problemática envolvendo outros artistas. Em 2019, a cantora declinou uma aparição no DVD do cantor Nego do Borel, depois do episódio em que o funkeiro foi transfóbico com a ativista e escritora Luísa Marilac.