Reprodução/Divulgação Tem explosão, briga em set, chuva atrapalhando gravação e mais!

Bastidores: cinco filmes que tiveram grandes problemas durante sua produção

Tem explosão, briga em set, chuva atrapalhando gravação e mais!
A produção de um filme envolve muitos imprevistos e problemas que parecem ser impossíveis de resolver. Muitas vezes tais empecilhos sequer chegam ao público, mas às vezes acabamos tendo conhecimento de alguns, principalmente quando o filme é adiado mais de três vezes por motivos diversos. Né, "Novos Mutantes"?

Pensando nisso, a edição deste sábado do Bastidores reúne cinco filmes que tiveram grandes problemas de produção. Alguns, aliás, são perceptíveis até mesmo no produto final pelo público.

007 - Sem Tempo Para Morrer (2020)


Surpreende que o vigésimo quinto filme da franquia "007" irá realmente sair se levarmos em consideração que houve uma explosão no set filmagens e que Daniel Craig (James Bond) se feriu em um acidente. Deu tudo errado.

A explosão foi antes do acidente com Craig e comunicada oficialmente pelo filme por meio do Twitter, em meados de junho de 2019. Segundo a publicação, um funcionário da equipe ficou levemente ferido e o estúdio onde o longa-metragem estava sendo rodado foi danificado.

Já no mês anterior a explosão, Daniel Craig machucou seu tornozelo e ainda precisou passar por uma cirurgia (!!!). Não há informações de como o acidente se deu, mas as filmagens precisaram ser adiadas em duas semanas por conta do ocorrido. A informação também foi divulgada oficialmente pelo Twitter do filme.

Han Solo (2018)


A tragédia de "Han Solo - Uma História Star Wars" foi anunciada muito antes de sua estreia. Em meio a produção, a dupla de diretores Phil Lord e Chris Miller ("Uma Aventura Lego") foi trocada por Ron Howard ("O Código DaVinci"). O motivo: Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, não estava gostando da abordagem dada pela dupla.

Kennedy buscava algo ao estilo "Guardiões da Galáxia", segundo o The Wall Street Journal, por isso foi feita a troca. No fim, Howard acabou refilmando 70% de um filme que grande parte dos fãs da franquia "Star Wars" fingem não existir. De qualquer modo, a Lucasfilm já estava preparada para o tombo.

Apesar da troca de diretores, talvez o maior problema da produção tenha sido Alden Ehrenreich, o Han Solo dessa nova versão. Um ator envolvido na produção, que na época não se identificou, afirmou que Alden não era bom o suficiente. A declaração foi dada ao site Vulture no começo de 2018, mas ajudou a crescer um rumor de 2017 que afirmava que um professor de atuação teria sido contratado para ajudar Alden.

Liga da Justiça (2017)


A DC Comics ainda estava perdida em como dar início ao seu universo cinematográfico compartilhado e "Liga da Justiça", dirigido por Zack Snyder e Joss Whedon, era a oportunidade perfeita para mostrar ao público que sabia o que estava fazendo. Infelizmente deu tudo errado e só agregou a maré de hate que a quadrinista seguia sofrendo nos cinemas.

O problema é anterior a este longa-metragem, na verdade. "Batman VS Superman: A Origem da Justiça" não teve a melhor das recepções. Arrecadou bem, mas não o suficiente para agradar executivos, o que resultou em uma série de intervenções em produções como "Esquadrão Suicida" e no próprio "Liga da Justiça", um verdadeiro Frankenstein, como o site The Wrap classificou.

A vontade de tirar Zack Snyder, todavia, vem desde "O Homem de Aço", mas o diretor permaneceu até "Liga", saindo apenas após a morte de sua filha. Joss Whedon já havia sido contratado para reescrever algumas cenas, que tornariam o filme mais leve, e com a saída de Snyder assumiu a direção. O resultado foi aquele filme que bem... preferimos esquecer.

Mad Max: Estrada da Fúria (2015)


"Mad Max: Estrada da Fúria" foi um dos poucos resgates de franquias antigas que valeram a pena, mas a produção sofreu para sair. As gravações do filme estavam previstas para começar em 2010, porém só tiveram início no ano seguinte por conta de chuvas na Austrália, onde a produção seria rodada. Devido as chuvas, todo o cenário desértico apocalíptico desejado por George Miller se tornou um campo de flores silvestres e terra vermelha.

O longa-metragem passou a ser gravado no deserto de Namíbia, no sul da África. A gravação tinha tudo para correr certinho, mas Charlize Theron e Tom Hardy, na época, não se deram muito bem nos sets de filmagem. Somente nesta semana que ambos confirmaram as brigas em um artigo especial do The New York Times sobre o filme.

Theron acredita que faltou um pouco de empatia de sua parte, enquanto Hardy contou que a produção foi bem desgastante. "A pressão sobre nós era esmagadora às vezes. O que ela precisava era um parceiro melhor, talvez mais experiente que eu", desabafou o ator.

Novos Mutantes (2020)


Esse aqui a gente está cansado de falar, não é mesmo? Principalmente por conta dos diversos adiamentos. Entretanto, diferente dos anteriores, este aqui envolve muito mais rumores do que confirmações. A começar por uma suposta refilmagem de 75% da produção que aparentemente nunca aconteceu.

As novas filmagens buscavam trazer um novo vilão e a personagem X-23. O produtor Simon Kinberg, diretor de "X-Men: Fênix Negra", em maio de 2019, chegou a afirmar que as gravações iriam acontecer, mas não há qualquer outra notícia confirmando que o filme realmente sofreu novas filmagens, apenas que seria lançado em sua versão original, segundo Josh Boone, diretor do filme.

Voltando um pouco no tempo, lá em 2018, o filme correu o risco ainda de ser totalmente engavetado junto de "Fênix Negra". Segundo o Comic Book News, alguns acionistas da Disney queriam trabalhar com os mutantes já dentro do Universo Cinematográfico Marvel, começando do zero. Na época, o rumor apontava até mesmo para um possível cancelamento da produção.

XXX

Bastidores é uma coluna quinzenal que busca analisar e trazer curiosidades sobre o cinema enquanto arte e industria. Assinada pelo jornalista José Lucas Salvani, formado em jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso e redator de cinema há quase sete anos.