Reprodução/Divulgação “Braba” se tornou o primeiro single solo da cantora a atingir o topo do Spotify Brasil e, não contente, surgiu também entre as mais ouvidas da plataforma no mundo.

Luísa Sonza alcança o topo do Spotify Brasil e entra na parada global da plataforma com “Braba”

“Braba” se tornou o primeiro single solo da cantora a atingir o topo do Spotify Brasil e, não contente, surgiu também entre as mais ouvidas da plataforma no mundo.
Pra quem chegou “Devagarinho”, com o perdão do trocadilho, Luísa Sonza está melhor do que nunca com os números de “Braba”, seu primeiro single após o disco “Pandora”, que rendeu hits como “Pior Que Possa Imaginar”, “Garupa” e “Fazendo Assim”.

Sob a produção do DJ Thai, com quem colaborou em “Cavalgada”, dela com Heavy Baile, o funk brilhou como um dos grandes hits espontâneos deste ano e, além do sucesso do clipe no Youtube, contou com um baita impulsionamento por conta dos famosos desafios de maquiagem na rede social ‘Tik Tok’, que fez com que a música alcançasse também o público internacional.

Com isso, “Braba” se tornou o primeiro single solo da cantora a atingir o topo do Spotify Brasil e, não contente, surgiu também entre as mais ouvidas da plataforma no mundo, atualmente na 159ª posição da lista global.

No clipe da faixa, dirigido criativamente pela própria cantora, Sonza encarna a líder de uma gangue feminina que se infiltra num club de strip pra matar alguns caras maus. O vídeo é um prato cheio pros fãs de produções com narrativa, coreografia e muito carão. Olha só: