Ally Brooke acha que K-Pop é o futuro para girlbands e pode colaborar com integrantes do Fifth Harmony

Durante a sua vinda ao Brasil, a cantora contou pra gente tudo sobre o novo single "Low Key", a liberdade de ser uma artista solo, sua opinião sobre grupos de K-Pop e até a vontade de fazer um feat com a Anitta.

Cê já segue o @instadoit? Também temos conteúdo te esperando por lá! ;)


Com muitos sorrisos e esbanjando simpatia, Ally Brooke esteve recentemente no Brasil para divulgar o seu mais novo single, "Low Key", lançado em janeiro deste ano em parceria com o rapper Tyga. A faixa é o primeiro lançamento da cantora como artista solo após o hiato do Fifth Harmony, e é o primeiro gostinho do seu disco de estreia que vem ainda esse ano.


Aproveitamos a visita da Ally para saber tudo sobre o lançamento de "Low Key" e os planos para a carreira solo. Ainda conversamos sobre grupos femininos de K-Pop e as colaborações que podem vir nos novos projetos - entre elas, Anitta e as próprias meninas do Fifth Harmony. A curiosidade bateu? Vem ler tudinho!

***

ItPop: Primeiro de tudo, parabéns pelo novo single! Queremos saber tudo sobre como "Low Key" aconteceu, você já tinha trabalhado com algum dos produtores antes? Como foi o processo de composição da música?

Ally Brooke: Muito obrigada! Na verdade, eu tinha outro single para lançar, mas eu sabia que nós nunca conseguíamos deixar aquela música perfeita, mesmo depois de gravar, gravar, gravar. Então finalmente um dos meus empresários me disse que tinha ouvido essa música chamada "Low Key" que era incrível, e que todos esses maravilhosos produtores e compositores eram parte dela. Então ele me mostrou no dia seguinte e eu fiquei "Wow!", foi tipo uma epifania. Eu sabia que esse tinha que ser o meu primeiro single, sem dúvidas, foi um momento mágico. Então eu gravei a música, entrei no estúdio com um dos gerentes da minha gravadora, Craig Kallman, e nós aperfeiçoamos ela. Uma das minhas melhores amigas estava no estúdio comigo e toda a vibe estava certa, sabe? Eu gravei e coloquei o meu "sabor" na música, meu "charme", meu tom e personalidade, e aí ela se tornou tudo o que é hoje. Aí o Tyga veio junto, nós fizemos o clipe, e desde então ela virou para mim esse enorme botão de play para a minha carreira.

ItPop: E como têm sido para você ver os fãs te abraçarem como uma artista solo?

Ally Brooke: Têm sido inacreditável, porque quando eu era mais nova, eu saí do Texas (onde eu moro) e fui para a Califórnia buscando uma carreira solo. Eu sempre sonhei em fazer isso! Então agora estar aqui, com as pessoas me recebendo de braços abertos, é fenomenal. Eu recebi tanto amor para esse primeiro single, e ele está nas paradas pop, e isso é louco, de verdade! Eu só estou absorvendo cada momento e curtindo essa jornada.

ItPop: Isso é incrível mesmo! Sobre projetos futuros, ouvimos dizer que você está preparando um álbum para esse ano, certo? O que podemos esperar? Temos colaborações confirmadas ou datas de lançamento?

Ally Brooke: Sim! Eu planejo lançar o álbum até o outono desse ano, e tenho alguns amigos que eu gostaria muito que participassem, vamos ver o que acontece. Mas eu estou muito empolgada porque as pessoas vão poder ver uma variedade musical minha, com sons diferentes, personalidades diferentes, partes de quem eu sou, e eu estou tão animada! Me sinto tão livre nesse período da minha vida. Me sinto tão presente e mal posso esperar para refletir isso na minha música.

ItPop: E quão diferente é criar um álbum como artista solo e não como parte de um grupo?

Ally Brooke: É dia e noite, é muito, muito diferente porque eu consigo criar o que eu quero com as letras, sons e gêneros musicais que eu gosto, e consigo controlar tudo sobre ele. Antes era muito controlado, sabe, pelo grupo, e eu não conseguia fazer o que eu realmente queria. E agora ter essa liberdade de ser quem eu quero e expressar isso na música têm sido uma coisa tão incrível, e tão lindo e divertido! Eu posso estar no estúdio quando eu quero, me vestir como quero, seja glam ou de moletom e tênis, e só ser eu mesma, pegar o microfone e cantar. E eu amo isso!

ItPop: No ano passado, você lançou uma música em espanhol, "Vámonos", certo?

Ally Brooke: SIM, VÁMONOS, VAMÓNOS! *dancinha* É uma das minhas músicas favoritas!

ItPop: Amamos! E você pretende ter mais influências latinas nesse primeiro álbum? Tem algum artista latino como quem você gostaria de colaborar? Brasileiros, talvez?

Ally Brooke: Sim, brasileiros! Ally e Anitta precisa acontecer, eu amo muito ela. Mas sim, "Low Key" já tem um pouco de influência latina e quero incorporar isso no álbum também, e quero trazer sons mais diversos também, porque sou uma pessoa muito diversa e ouço tanta música diferente, então estou muito animada para trazer isso para os meus fãs e ter um corpo de trabalho do qual tenho orgulho, e que me representa em todas as formas. Quero ser honesta e vulnerável com os meus fãs e quem quer que esteja ouvindo, e estou tão empolgada com isso. Eu só quero que as pessoas ouçam as minhas músicas e se sintam bem.

ItPop: Sabemos que ainda é cedo, mas você acha que existe a possibilidade de uma colaboração sua com alguma das meninas do Fifth Harmony?

Ally Brooke: Eu acho que talvez para o álbum, ou talvez não, porque cada uma de nós está fazendo o seu próprio trabalho e é legal estar sozinha por enquanto. Mas nunca se sabe!

ItPop: Nós iríamos adorar que isso acontecesse!

Ally Brooke: Seria realmente muito legal!

ItPop: E falando em girlbands como o Fifth Harmony, a gente têm visto atualmente o mesmo público abraçando e curtindo os grupos femininos de K-Pop. Você ouve k-pop? Acredita que esse talvez seja o futuro para o formato?

Ally Brooke: OMG, definitivamente! Eu tenho ouvido falar de Blackpink e BTS há algum tempo, mas eu tenho estado tão dentro da minha bolha que só escuto o que toca na rádio ou as minhas próprias músicas, então preciso me atualizar e ouvir mais deles. Mas o Blackpink está dominando o mundo! E eu estou tão feliz por elas, porque estão tendo a chance de representar quem são estando em um grupo e sendo muito bem sucedidas, e fazer essas duas coisas é tão desafiador, é realmente muito difícil. Mas elas estão arrasando e estou realmente muito feliz por elas.

***

A Ally é uma fofa e torcemos muito pelo sucesso da carreira solo dela! "Low Key" chegou a atingir a 24ª posição do Pop Chart da Billboard e seu videoclipe já ultrapassou as 33 milhões de visualizações. E se você ainda não conhece o hino, aperta já esse play!

Ally Brooke acha que K-Pop é o futuro para girlbands e pode colaborar com integrantes do Fifth Harmony Ally Brooke acha que K-Pop é o futuro para girlbands e pode colaborar com integrantes do Fifth Harmony Reviewed by Marilia Dutra on 5/20/2019 10:37:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.