Post Malone faz rap emo e leva Kevin, O Chris para o horário principal do Lollapalooza 2019

Dono de hits como “Rockstar”, “Psycho” e “Better Now”, rapper deu um verdadeiro banho em quem duvidava do seu potencial no palco.

Cê já segue o @instadoit? Também temos conteúdo te esperando por lá! ;)

Foto: Fábio Tito/G1

O visual de adolescente branco perdido no tempo até engana, mas Post Malone tem, sim, muito o que mostrar, e provou isso com seu show no finalzinho de noite deste sábado, 06, no Lollapalooza.

Aos gritos dos fãs, em sua maioria recém-chegados à maioridade, e sob a mira de milhares de celulares, o cantor já abriu o show com um de seus principais hits, a ótima “Psycho”, e sentindo a recepção mais do que positiva do público, desabrochou como uma criança em frente a um novo brinquedo: agradeceu inúmeras vezes pelo carinho, prometeu mais de uma que voltaria em breve ao país, fumou, não tirou o sorriso do rosto e até arriscou algumas dancinhas.

A alegria do músico, por sua vez, contrastava com as letras de seus sucessos: tanto o disco de estreia “Stoney”, de 2016, quanto o hypado “beerbongs & bentleys”, do ano passado, são fortes representantes da ascensão emo no rap, tendo como alguns de seus hits outros pontos altos da noite, incluindo “Better Now” e, claro, a conhecidíssima “Rockstar”.

De surpresa, as batidas emprestadas da trap music foram interrompidas duas vezes durante o show. A primeira para a performance de “Stay”, uma das melhores de seu repertório, toda no violão; a segunda com a chegada do funkeiro carioca Kevin, O Chris, convidado para apresentar duas músicas que Post Malone não parou de ouvir desde que chegou ao país, os hits “Vamos pra gaiola” e “Ela é do tipo”.


Precursor no movimento do funk em 150BPM, o músico não escondeu a emoção e nervosismo, surpreso pela reação do público e, também, pelo entusiasmo do rapper americano, que dançava e sorria mais feliz do que nunca por co-protagonizar aquele momento, que repetiu o efeito da parceria entre Jack Ü (Skrillex e Diplo) e MC Bin Laden no Lolla de 2016.

Passado o momento Lolla da Gaiola, o show retomou sua programação normal: Post dominou o palco com “White Iverson”, que disse ser sua única música boa, emendou a sua faixa para “Homem-Aranha”, “Sunflower”, e deixou o festival com os hits “Rockstar” e “Congratulations”, não sem antes quebrar um violão, pular no público e, de novo, só pra garantir, prometer que voltaria em breve aos solos brasileiros. Mal podemos esperar.

Post Malone faz rap emo e leva Kevin, O Chris para o horário principal do Lollapalooza 2019 Post Malone faz rap emo e leva Kevin, O Chris para o horário principal do Lollapalooza 2019 Reviewed by Guilherme Tintel on 4/06/2019 11:00:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.