Lenda à frente do tempo, Normani vive num universo futurista e solitário em “Dancing With a Stranger”

Uma mistura de “Black Mirror” (futurismo), “Her” (solidão) e “RuPaul’s Drag Race” (os hologramas).

Lenda viva, a cantora Normani revelou na última terça-feira (29) o videoclipe de “Dancing With a Stranger”, música esta que, em parceria com Sam Smith, deve consolidá-la como um dos grandes ícones da indústria atual, seguindo os passos de seus outros lançamentos, como “Love Lies”, com Khalid, e “Checklist”, com Calvin Harris.

No videoclipe, a ex-integrante do Fifth Harmony e o hitmaker de “Midnight Train” vivem numa realidade solitária e futurista, na qual fogem da sensação de estarem sozinhos dançando com o holograma de pessoas desconhecidas. Nem Black Mirror faria.

Primeira canção do ícone harmonioso lançada neste ano, “Dancing” abre o 2019 de Normani com o pé direito, reforçando o porquê dela ser uma das maiores apostas como um dos próximos grandes acontecimentos da música.

Nos agradeça depois.

Lenda à frente do tempo, Normani vive num universo futurista e solitário em “Dancing With a Stranger” Lenda à frente do tempo, Normani vive num universo futurista e solitário em “Dancing With a Stranger” Reviewed by Guilherme Tintel on 1/30/2019 11:43:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.