Mano Brown, Criolo, Emicida, D2 e outros rappers se unem em manifesto contra o coiso

A mensagem de conscientização é nominalmente contra Bolsonaro e pede pela democracia e sobrevivência dos negros, LGBTQs e mulheres brasileiros.

Já dizia Nina Simone, não há como ser artista sem refletir a sua época. E, enquanto muitas figuras públicas ainda se equilibram em cima do muro, faltando pouco mais de uma semana para o segundo turno das eleições para presidente, um manifesto chegou ao público, com a participação de inúmeros nomes do rap nacional.

Representando várias gerações do hip-hop brasileiro, o vídeo conta com as participações de nomes como Mano Brown, Dexter, Thaide, Criolo, Emicida, Baco Exu do Blues, Rico Dalasam, Drik Barbosa, Bivolt, Quebrada Queer, Haikaiss, Cone Crew Diretoria, entre outros, e traz uma mensagem de conscientização contra o candidato à presidência, Jair Bolsonaro, e em prol da democracia.

Com quase trinta anos de vida pública, Bolsonaro só ganhou notoriedade quando atraiu a imprensa por suas falas problemáticas: ofensas às mulheres, negros e LGBTQs. Durante o processo de impeachment contra a presidenta Dilma, voltou aos holofotes com homenagens e sinais de admiração à época da ditadura. E apesar da fala mais mansa no segundo turno, tem como mote de sua campanha o projeto de armamento da população, dentro de um país que já sofre com seu alto nível de violência.

Chamado como “Rap pela democracia”, o vídeo com o manifesto pode ser assistido pelo Youtube:


As votações do segundo turno à presidência acontecerão no dia 28 de outubro e, para àqueles que defendem a democracia e a liberdade de existência e sobrevivência de tantos grupos já minorizados no Brasil, há apenas uma alternativa. 

Por mais nenhuma vida e direito a menos.

Mano Brown, Criolo, Emicida, D2 e outros rappers se unem em manifesto contra o coiso Mano Brown, Criolo, Emicida, D2 e outros rappers se unem em manifesto contra o coiso Reviewed by Guilherme Tintel on 10/19/2018 03:00:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.