Camila Cabello encerra sua primeira era solo com clipe para versão orquestral de "Consequences"

Quem gostou, gostou. Quem não gostou, vai ouvir outra música no Spotify

Camila Cabello está pronta para encerrar sua primeira era solo e, para fechar esse capítulo de sua carreira, escolheu “Consequences” como single final do “Camila”. A cubana relançou a canção nesta terça (09) com uma nova roupagem: em versão orquestra.

No maior estilo “quem gostou, gostou. Quem não gostou, vai ouvir outra música no Spotify”, Camila justificou a escolha da faixa mandando uma indireta mais do que direta para todos que clamaram por “She Loves Control”: “Muitas pessoas dizem que baladas são ‘arriscadas’ e com cada uma que eu escolhi parece que eu tenho três cabeças, porque as pessoas sempre querem que você chegue com uma música que soa como algo que já está nas rádios".

“Seria seguro para mim fazer outra música que soa como ‘Havana’ ou outra canção agitada, mas meu objetivo é me desafiar a não fazer o que parece previsível ou óbvio, fazer coisas que me animem e dar a vocês a mais honesta representação de quem eu sou através da música”.


Confira o texto completo, em inglês, no Instagram dela:




a new version of consequences called consequences (orchestra) is gonna come out tomorrow night at midnight ET, and it’s going to be the song I choose as my last single from my album- a lot of people say ballads like this are “risky” and with every single i’ve picked i get looks like i have three heads, because people always want you to go with a song that sounds like something that’s already on the radio. it would be playing it safe for me to make a song that sounds like Havana or another uptempo song, but to me, my goal is to challenge myself by not doing what feels predictable or obvious, to do things that excite me, and give you the most honest representation of who I am through music. i know sometimes it’ll work and other times it’ll fail, but thats okay with me. no matter what this song does, i wanted to close this era finishing on a song that makes you feel, that makes you think about someone you loved and lost, that makes you think about what it’s like to love someone so deeply. if this era tugs on your heart strings even a little bit, that’s all i care about. the video comes out very soon and it’s the one I’m proudest of so far, and I’ll be performing this at the AMA’s in a couple days. love only, Camila
Uma publicação compartilhada por camila (@camila_cabello) em


Então é isso, galera. Dispersa, dispersa!

"Consequences (orchestra)" foi produzida por Emile Haynie, mais conhecido por seus trabalhos com a Lana Del Rey, e não ficou muito diferente de sua versão original. Arriscamos até dizer que ficou menos radiofônica. Mas tentar algo diferente é isso aí, né? E, vale lembrar, Camila apostou em "Havana" quando ninguém acreditava no sucesso da música. Vamos ver se a história se repete. 



Já o clipe da canção foi liberado nesta quarta (10), dia seguinte a performance de Camila no AMA's. A produção, dirigido por Dave Meyers, nome por trás de “No Tears Left To Cry”, da Ariana Grande, conta com a participação do ator Dylan Sprouse e usa de vários efeitos especiais para mostrar a cantora lidando com lembranças quase palpáveis de um relacionamento que parecia perfeito e, então, foi se deteriorando com o tempo. Olha. essa. bad.



Mas, e aí? Pra você, Camila acertou em apostar no inesperado ou deveria ter dado aos gays tudo que eles queriam mesmo?

Camila Cabello encerra sua primeira era solo com clipe para versão orquestral de "Consequences" Camila Cabello encerra sua primeira era solo com clipe para versão orquestral de "Consequences" Reviewed by Nathalia Accioly on 10/10/2018 03:11:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.