Reprodução/Divulgação Em seu primeiro dia, o "Sweetener" conseguiu um desempenho incrível na plataforma

Gritando para ser single, "breathin", da Ariana Grande, estreia em 3º lugar no Spotify Mundial

Em seu primeiro dia, o "Sweetener" conseguiu um desempenho incrível na plataforma
Apesar de ter dividido opiniões entre os fãs, o novo disco de Ariana Grande, "Sweetener", teve um desempenho incrível em seu primeiro dia. E entre as canções que se destacaram, uma delas chamou nossa atenção: a cheia de potencial "breathin", que abocanhou o 3º lugar no Spotify Mundial.

 
Com espetaculares 4.08m de streams, "breathin" entrou para o Top 5 dos maiores debuts femininos na plataforma, onde Ariana também pode ser encontrada em #2 com "no tears left to cry" e em #5 com "God is a woman". Já podem preparar o clipe, porque o hit é certo!

Mas a canção co-composta por Max Martin e Ilya (este último também responsável pela produção), e que reflete os pensamentos da artista após passar por uma crise de ansiedade, não foi a única a alcançar ótimas posições no Spotify em seu dia de estreia. Na parada Mundial, Ariana conseguiu colocar todas as faixas do "Sweetener" no Top 50. Dá uma olhada: 

#2 - "God is a woman" 
#3 - "breathin" 
#12 - "no tears left to cry"
#16 - "sweetener"
#20 - "everytime"
#21 - "raindrops"
#25 - "R.E.M"
#28 - "blazed" feat. Pharrell Williams
#29 - "pete davison"
#35 - "successful"
#37 - "goodnight n go"
#38 - "the lights is coming" feat. Nicki Minaj
#39 - "better off"
#43 - "get well soon"
#44 - "borderline" feat. Missy Elliott

Já no Top 50 do Spotify dos Estados Unidos, a cantora fez melhor e colocou todas as músicas do álbum entre as 35 primeiras. Sucesso absoluto, hein?


Para completar, sete canções do material chegaram a mais de 1 milhão de plays em seu primeiro dia no Spotify norte-americano, fazendo da hitmaker de "Into You" a detentora do recorde de maior quantidade de faixas a debutarem com 1M+ no Spotify US. 

Na próxima segunda, 20 de agosto, Ariana tem apresentação marcada no VMA, da MTV, onde performará "God is a Woman" pela primeira vez na televisão. Ela também está concorrendo aos principais prêmios da noite, como Artista do Ano e Vídeo do Ano, por "no tears left to cry". Tudo isso deve ajudar a aumentar a previsão de lançamento do "Sweetener" e consolidar o que já é um dos maiores sucessos do ano.

Parece que finalmente podemos dizer novamente que estamos em um bom ano para as mulheres da música.