Lista: 10 filmes imperdíveis para saciar sua sede de vingança

A vingança nunca é plena, mata a alma e envenena, mas quem liga quando são em filmes incríveis?

De todas as ânsias humanas, a mais intrigante talvez seja a sede de vingança. Já dizia o ditado popular, vingança é um prato que se come frio. Seu Madruga, grande filósofo, falava que a vingança nunca é plena, mata a alma e envenena, mas alguém liga? Quando são em filmes incríveis, pode matar e envenenar o quanto quiser.

Aproveitando uma onda de rancor que estou vivendo atualmente (risos), decidi externalizar esse sentimento de forma saudável e escolhi dez nomes fofíssimos que trazem a vingança na Sétima Arte como motivador principal da trama ou pontapé para outros dramas, a fim de saciar qualquer fome de retaliação - porque é mais seguro quando servida por trás da tela.

Dos clássicos definitivos como a retaliação da Noiva contra o clã que destruiu sua vida em "Kill Bill" (2003) à saga insana de Dae-su após ser sequestrado por 15 anos em "Oldboy" (2003), decidi não incluir nomes tão óbvios, focando em exemplares mais modernos ou com menor público.

Importante pontuar que o texto pode conter spoilers sobre os listados - não dá para discorrer sobre a vingança dos filmes sem contar demais. Apesar de acreditar que os spoilers possuem prazo de validade - não querer saber algum detalhe de um filme lançado há anos é complicado -, recomendo a você ler apenas sobre os filmes que já assistiu - e correr para completar a lista pois aqui só tem filmão. De nada.


Animais Noturnos (2016)

Do que se trata? Um escritor pede a sua ex-mulher para ler o manuscrito de seu novo romance, uma história sobre um homem de família cuja vida dá uma guinada sombria. Aos poucos ela percebe que o livro foi inspirado na relação entre eles.

Por que é bom (e qual a vingança)? Dirigido pelo estilista Tom Ford, “Animais Noturnos” possui um filme dentro do filme: seguimos duas narrativas concomitantes, a narrativo diegética, a que está acontecendo “de verdade”, e a narrativa do livro que a protagonista está lendo. A obra não entrega logo como será a dinâmica, e vamos lentamente entendendo que o tal livro é a vingança absoluta de Edward contra Susan – tudo o que ele não pôde fazer na realidade ele faz no livro, externalizando seus demônios através das páginas, que perturbam Susan a cada linha, sufocada pelo peso da culpa. Com um requinte estética absurdo, “Animais Noturnos” é uma das mais engenhosas vinganças no Cinema quando seu executor nem ao menos aparece na tela.

A Deusa da Vingança (2016)

Do que se trata? Sam sai em busca de clientes, mas não cruza com uma alma sequer. Sua esposa não atende o telefone, seu único contato com o mundo é um rádio que só sintoniza uma estação. Ele parece ser a única pessoa viva até encontra um policial, o primeiro a iniciar uma caçada contra Sam.

Por que é bom (e qual a vingança)? Eis um daqueles filme que entra na categoria “amei, mas entendi nada”. Um quebra-cabeças mitológico, “A Deusa da Vingança” é um suspense psicológico que não entrega soluções fáceis, deixando a função de dar sentidos às peças a bel prazer do espectador. E o próprio título entrega o teor da fita, uma vingança dos deuses – ou do satanás ou qualquer nome para a entidade suprema da obra – contra um homem, condenado a sofrer eternamente pelos crimes que cometeu em vida. A justiça divina tarda, mas não falha – e não tem piedade.

Django Livre (2012)

Do que se trata? No sul dos Estados Unidos, anos antes da Guerra Civil, o ex-escravo Django faz uma aliança inesperada com o caçador de recompensas Schultz para caçar os criminosos mais procurados do país e resgatar sua esposa de um fazendeiro que força seus escravos a participarem de competições mortais.

Por que é bom (e qual a vingança)? Tarantino há muito tempo aborda a vingança em seus filmes, e "Django Livre" é uma das mais tresloucadas do diretor. Seu primeiro longa a entrar na Guerra Civil norteamericana - "Os 8 Odiados" seguiu o contexto histórico -, acompanhamos a saga de Django em Candyland contra todas as forças que o humilharam, torturaram e sequestraram sua mulher, do dono da fazenda, Calvin Candie, até o complexo Stephen, negro de estimação do proprietário. E, como é de se esperar, muita bala vai rolar até que Django tenha sua vingança e sua esposa de volta. Não foi por acaso que Tarantino venceu seu segundo Oscar com a fita.

Garota Exemplar (2014)

Do que se trata? No dia de seu quinto aniversário de casamento, Amy desaparece. Quando as aparências de uma união feliz começam a desmoronar, Nick, seu marido, torna-se o principal suspeito. Com a ajuda de sua irmã gêmea, ele tenta provar sua inocência, ao mesmo tempo em que investiga o que realmente aconteceu com a esposa.

Por que é bom (e qual a vingança)? "Garota Exemplar" começa seguindo os passos do suspense clássico quando temos que juntar as peças para decidir se Nick tem algo a ver ou não com o sumiço de Amy - e se ela está morta mesmo -, com o marido afirmando ter nada a ver com o acontecimento. A reviravolta vem quando descobrimos que Nick estava falando a verdade o tempo todo, e tudo não passa de uma vingança insana de Amy contra as mentiras e traições do marido. De longe a retaliação mais mirabolante, vislumbramos o nascimento de uma psicopata que transita sem medo entre o limiar de "vilã" e "heroína", por mais estranho que isso soe.

Os Homens que Não Amavam as Mulheres (2011)

Do que se trata? Um jornalista investigativo e uma hacker de computador são contratados para desvendar o desaparecimento de uma jovem há 36 anos. À medida que avançam na investigação crescem os riscos, pois a família da jovem não quer ter seus segredos revelados.

Por que é bom (e qual a vingança)? A primeira adaptação hollywoodiana da brilhante série literária "Millennium" - o segundo filme, "A Garota na Teia de Aranha", chega logo mais em 2018 -, "Os Homens que Não Amavam as Mulheres" tem uma das melhores protagonistas do cinema moderno: Lisbeth Salander. Mesmo não sendo o foco primordial da história, a saga de Lisbeth se inicia quando ela jura vingança contra seu tutor, um homem simpático e responsável para a sociedade, mas asqueroso e manipulador para Lisbeth. Após ser estuprada, ela põe em prática seu plano para que ele tenha o que merece, assim como qualquer homem que ouse ir contra uma mulher ao seu redor.

Mártires (2008)

Do que se trata? Anna, uma garota desaparecida, é encontrada um ano depois vagando pelas ruas em estado catatônico. Ela vira amiga de Lucie, a única pessoa capaz de gerar empatia na menina. Anos depois, Anna parte atrás daqueles que a sequestraram em busca de vingança.

Por que é bom (e qual a vingança)? Inegavelmente um dos melhores filmes de terror da história, "Mártires" brilhantemente caminha entre o suspense, o terror trash, horror supernatural e body horror sem deixar a desejar em nenhum dos subgêneros. Com uma das mais furiosas vinganças da lista, o longa homeopaticamente vai costurando a real situação por trás da insanidade de Anna, que jura saber o que está fazendo. O problema é que ela arrasta Lucie consigo, e, apesar de sua vingança ser saciada, a situação pode piorar muito mais. Bizarro, cru e com um dos melhores finais já feitos no gênero.

A Pele Que Habito (2011)

Do que se trata? Um evento traumático arruína o estranho relacionamento entre um cirurgião plástico e a mulher que ele mantém presa em sua luxuosa mansão.

Por que é bom (e qual a vingança)? O primeiro - e único - filme de suspense de Pedro Almodóvar, "A Pele Que Habito" possui uma trama muito complexa e que não é desamarrada com facilidade. Sabemos logo de cara que existe uma estranha mulher cativa na casa de Robert, e que ele ilegalmente a usa como cobaia para suas experiências com uma pele indestrutível. Se isso já seria bizarro, a coisa mais muito além quando é revelado que a mulher na verdade não é uma mulher, e sim o rapaz que estuprou e deu fim à integridade mental da filha de Robert. O pai então, como vingança, faz uma vaginoplastia forçada do garoto e molda seu corpo para que ele "vire mulher". Há diversos níveis de crueldade entre os 10 aqui listados, todavia, o de "A Pele Que Habito" consegue o ouro.

O Regresso (2015)

Do que se trata? Após ser atacado por um urso, o caçador Hugh Glass é abandonado na floresta por seu companheiro John Fitzgerald, que matou seu filho. Apesar de muito ferido, Glass consegue sobreviver e vai em busca de vingança.

Por que é bom (e qual a vingança)? "O Regresso", que deu o enfim Oscar de "Melhor Ator" para Leonardo DiCaprio, se veste como um filme de superação, uma luta ferrenha entre o homem e a implacável natureza quando Hugh enfrenta frio, fome e o próprio corpo destroçado pelo urso para voltar para casa. Só que o combustível que alimenta essa ânsia é a sede de vingança que ele tem contra John. Júbilo visual vencedor de três prêmios da Academia, "O Regresso" é a descoberta do lado mais animalesco que reside dentro de todos nós e que nos faz superar qualquer obstáculo em busca de um objetivo, por mais sangrento que ele seja.

Relatos Selvagens (2014)

Do que se trata? O filme reúne seis histórias de vingança vividas por personagens que são confrontados com situações que os deixa à beira de perder o controle.

Por que é bom (e qual a vingança)? Como a sinopse já adianta, "Relatos Selvagens" é uma antologia com seis contos, cada um explanando nosso descontrole perante a contemporaneidade. E o leque de vinganças aqui é vasto: indo desde um descontrolado homem contra todos que o subjugou; até uma noiva que descobre, durante a festa de casamento, a traição do marido. Tresloucado, reflexivo e hilário, o argentino universaliza seus dramas e mostra que somos um bicho ainda não adaptado com a selva de pedra que é a modernidade. Pra nos lembrar de respirar fundo antes de virar a esquina.

O Sacrifício do Cervo Sagrado (2017)

Do que se trata? Steven é um cardiologista conceituado que há algum tempo ele mantém contato frequente com Martin, adolescente cujo pai morreu na mesa de operação, justamente quando era operado por Steven. Ele gosta bastante do garoto, tanto que lhe dá presentes e decide apresentá-lo à família. Entretanto, quando o jovem não recebe mais a atenção de antigamente, decide elaborar um plano de vingança.

Por que é bom (e qual a vingança)? Se "A Pele Que Habito" ganha o primeiro lugar na categoria "crueldade", "O Sacrifício do Cervo Sagrado" ganha a medalha dourada no que tange a "bizarrice". A mais inexplicável vingança entre as 10, Martin se vinga de Steven jogando uma praga: ele terá que matar um dos membros da família antes que todos morram. O filme está nem um pouco preocupado em explicar como o garoto faz isso - porque não importa -, e sim em expor como uma família unida e feliz é capaz de demonstrar as maiores e mais feias rachaduras diante de uma situação extrema. Não há amor familiar maior que o de "O Sacrifício do Cervo Sagrado".

***

Saciada sua sede de vingança contra o amiguinho? Respira fundo, toma um chá e assiste aos filmes para vomitar seu rancor com a ajuda do Cinema, que pode ter a alma envenenada o quanto a gente quiser. E quais são suas vinganças favoritas da Sétima Arte? Já pode compartilhar pois toda retaliação cinematográfica é bem vinda - e mais segura.

Lista: 10 filmes imperdíveis para saciar sua sede de vingança Lista: 10 filmes imperdíveis para saciar sua sede de vingança Reviewed by Gustavo Hackaq on 6/24/2018 07:27:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.