The Killers encerra a maior edição do Lollapalooza Brasil com show grandioso e apoteótico

Caralho, The Killers, que show foi esse?

(Foto: Marcelo Brandt/G1)

Show de encerramento do último dia do maior Lollapalooza Brasil da história, com três dias abarrotados de atrações. O cansaço batendo, as pernas doendo, a sede e a fome chegando em peso. Mas nada disso teve importância a partir do momento que a melodia de “The Man” começou no palco Budweiser. Era o The Killers chegando pra fechar essa edição histórica da melhor forma possível. 

Como uma boa apresentação de festival, o show de divulgação do “Wonderful Wonderful”, mais recente disco da banda, virou apenas um show com os maiores e melhores hits do grupo. Do álbum mais recente, apenas “The Man” e “Run For Cover”, as mais animadas e apoteóticas. O resto do setlist ficou mesmo para os clássicos: “Somebody Told Me”, segunda faixa a ser tocada e que já deixou o público histérico, “Human”, “Read My Mind”, além das tocadas no bis, a reverenciada “When You Were Young” e, pra fechar, o maior sucesso do grupo, “Mr. Brightside”



Só de olhar parte da serlist assim já da pra saber que o show foi incrível. Mas ver e ouvir as músicas ganharem vida na voz de Brandon Flowers é outra coisa. Que frontman é esse, Brasil? Nitidamente entregue de corpo e alma ao público brasileiro, o cara correu de um lado pro outro, sentiu a música como se ela fosse parte dele mesmo e vibrou toda vez que a plateia fez coro (o que significa que ele vibrava muuuuuitas vezes), tudo isso em ternos incríveis e estilosos. Que presença. Que atitude. Podia ter rolado uma descida rápida para a plateia, mas tudo bem, nada disso tira o brilho de sua performance.   

Com um setlist perfeito para os fãs e com a presença absurda de Brandon, não foi difícil encontrar na plateia gente extasiada, que nas pequenas pausas virava para os amigos só pra dizer, “caralho, que show é esse?!”. Estamos nos fazendo a mesma pergunta até agora! 

Como se nada disso bastasse, ainda rolaram algumas surpresas: depois de fazer campanha para subir ao palco e tocar “For Reasons Unknown”, a apresentadora do Multishow e baterista da banda Scracho, Dedé Teicher, realizou seu sonho nesse domingo e representou. O ex-vocalista do Oasis, Liam Gallagher, também apareceu no palco - mas sem cantar nem tocar nada - durante “All These Things That I’ve Done”, arrancando vários gritos da plateia.



No início, Brandon arriscou um português e mandou um “E aí, paulistas?”. Depois, em inglês, lembrou que já faziam 5 anos desde a última visita do The Killers ao Brasil - eles se apresentaram em 2013 no próprio Lollapalooza com a turnê de divulgação do “Battle Born” - e aproveitou pra prometer que não vão demorar mais tanto assim para voltar. Que assim seja.

The Killers encerra a maior edição do Lollapalooza Brasil com show grandioso e apoteótico The Killers encerra a maior edição do Lollapalooza Brasil com show grandioso e apoteótico Reviewed by Nathalia Accioly on 3/26/2018 05:12:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.