Conversamos com o Royal Blood sobre Lollapalooza Brasil, Taylor Swift, sobrevivência do rock e mais

E eles estão muito animados para voltar ao Brasil.

Ele tá chegando, galeraaaa! O Lollapalooza 2018 vem aí, e com uma novidade: agora serão três dias de festival pra pularmos, dançarmos e cantarmos muito ao som de um line-up incrível. Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda!

Vai ter muita gente boa pra representar os mais variados ritmos musicais, e um dos principais nomes do rock nessa edição é o Royal Blood. Em 2015, a banda inglesa veio ao Brasil com um show de seu primeiro disco e se surpreendeu com a receptividade do público. Em março desse ano, a dupla chega ao Lolla para divulgar seu mais novo álbum, o ótimo "How Did We Get So Dark?", e o Mike, vocalista da banda, nos garantiu que eles estão muito animados em voltar.



Mas não foi só sobre isso que nós falamos, não, e a conversa chegou até em uma (sonhada) parceria com a Taylor Swift. Imagina só? Confira a entrevista completa abaixo:

It Pop: O "Royal Blood" é a prova viva de que o rock não morreu. O que você acha dessa obsessão que as pessoas tem em eleger salvadores para o rock? 
Mike: Acho que tudo é sobre músicas boas. Não importa o gênero, as pessoas gostam de boas canções. Acho que, ultimamente, o rock está sem muitas músicas chiclete, então penso que o que temos que tentar fazer, nesse momento, são músicas assim! 

It Pop: Tem alguma banda nova que você ache que pode trazer o rock de volta aos charts e as playlists do Spotify? 
Mike: Sim, tem muitas! Na minha cidade natal [Brighton] tem duas muito boas: Black Honey, que é ótima, e o Turbowolf. Eles são as minhas favoritas do momento no Reino Unido todo. Esses caras podem fazer isso!


It Pop: No último domingo (28/01), nós tivemos o Grammy! Você assistiu? Estava torcendo para alguém?
Mike: Não assisti, mas ouvi que foi ótimo! 

It Pop: Muitas pessoas estão comentando sobre a falta de mulheres no Grammy... Tem alguma artista com quem você gostaria de colaborar?
Mike: Tem sim! Gostaria de colaborar com... a St. Vincent. 

It Pop: Você está prestes a cantar no Brasil mais uma vez, agora no Lollapalooza! Tá animado? O quão diferente esse show será do último? 
Mike: UHUL!!!! Estamos fazendo turnê por uns 6 meses e tudo que queremos é chegar no Brasil, encontrar um público legal, animado, e boa comida! 

It Pop: O público brasileiro é conhecido e muito elogiado pela energia e amor que demonstram aos artistas. Você sentiram isso?
Mike: Sim! Só fizemos um show por aí, mas foi quase como um jogo de futebol. As pessoas estavam felizes demais! Talvez seja a quantidade de sol que vocês pegam por aí... 

It Pop: Mesmo que o Royal Blood seja uma banda de rock, "How Did We Get So Dark" tem uma essência bem pop, dos arranjos dançantes aos versos memoráveis. Quais foram as influências desse disco? 
Mike: O que fizemos dessa vez foi se inspirar em diferentes tipos de música na hora de criar esse álbum. Ouvimos outras bandas e artistas. Queríamos fazer um disco que continuasse fiel a quem somos e a nossa banda, mas também queríamos fazer músicas mais chicletes. Pegar um pouco da influência da música pop, mas fazer algo pesado com isso.


It Pop: E vocês se sentem pressionados a superar o disco anterior quando estão criando um trabalho novo? 
Mike: Sim, sempre sentimos. Sempre queremos fazer algo bom e que nos orgulhe. Sempre vamos sentir isso. 

It Pop: Nós ouvimos a playlist de vocês com influências no Spotify e ficamos bem surpresos em ver artistas como JAY-Z e Elton John. Se você tivesse a oportunidade, gostaria de colaborar com alguns desses artistas? 
Mike: SIM! Com certeza, seria demais! 

It Pop: E tem algum outro artista que você sonha em fazer uma parceria no futuro? 
Mike: Eu gostaria de trabalhar com... quantos posso escolher? Hm... Já sei! Taylor Swift! Faríamos um dueto romântico juntos! 

It Pop: Ué, como assim? Taylor Swift cantando rock? 
Mike: Não, não! Cantaríamos algo meio Disney. Melhor, já sei! Acho que faríamos um disco de Natal. Seria ótimo!

It Pop: Finalmente, quais são os próximos passos para o Royal Blood? Vamos ouvir alguma novidade antes do Lollapalooza? 
Mike: Pra frente... só isso que posso dizer!

***


Alguém precisa fazer essa ideia chegar na Taylor Swift. 

O Lollapalooza 2018 acontece nos dias 22, 23 e 24 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e o Royal Blood se apresenta logo no primeiro dia (sexta-feira). Curtiu? Então só vem! Garanta seus ingressos aqui. Nos vemos lá!

Conversamos com o Royal Blood sobre Lollapalooza Brasil, Taylor Swift, sobrevivência do rock e mais Conversamos com o Royal Blood sobre Lollapalooza Brasil, Taylor Swift, sobrevivência do rock e mais Reviewed by Nathalia Accioly on 2/05/2018 11:39:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.