Yasss, qween! A estreia de “RuPaul's Drag Race: All Stars 3” foi tudo o que esperávamos (e mais um pouco)

As queens já mostraram a que vieram nos primeiros minutos da terceira temporada, em um verdadeiro show de talentos variados e looks fabulosos.


⚠ Opa! Pode ser que esse texto tenha alguns spoilers. Se você é do tipo que fica puto com spoilers, esse é um bom momento para parar a leitura ou seguir por sua conta e risco.

O primeiro episódio de RuPaul’s Drag Race All Stars foi um verdadeiro presente para os fãs, que aguardavam ansiosamente pelo retorno do programa desde o ano passado. Tivemos o retorno de queens das primeiras temporadas da competição, de favoritas dos fãs de temporadas mais recentes e de “underdogs” que voltaram para provar ao público que são dignas do respeito da lendária Mama Ru.

A temporada já contava com o elenco de estrelas Aja, BenDeLaCreme, Chi Chi DeVayne, Kennedy Davenport, Milk, Morgan McMichaels, Shangela, Thorgy Thor e Trixie Mattel, e uma décima competidora foi anunciada antes do primeiro desafio: a primeira vencedora da coroa de Drag Race, Bebe Zahara Benet. Se vencer o All Stars 3, Bebe será a primeira queen a conquistar duas coroas em Drag Race.

A biblioteca se abriu logo no mini-challenge inicial, e foi uma jogação de shade para todos os lados. Depois rolou o All Star Variaty Show, em que cada queen apresentou uma performance que mais representasse os seus talentos. Os destaques ficaram para Aja, que quase infartou o painel de jurados com o seu death-drop durante uma performance de Vogguing, e para BenDeLaCreme, que fez uma apresentação burlesca cheia de humor e acessórios de mamilo.


No bottom two, ficaram ChiChi DeVayne e Morgan McMichaels, que não impressionaram com as suas performances meio mornas de dança e lipsync.

Aja e DeLa disputaram o lipsync for your legacy e DeLa acabou vencendo, ganhando a básica gorjeta de US$10 mil e a chance de escolher qual das bottom queens seria eliminada. E aí veio o primeiro climão da temporada: DeLa eliminou Morgan, com a justificativa de que ela teria afirmado que, caso tivesse vencido, escolheria a queen mais forte para ser eliminada, e isso não estava de acordo com o que a maioria queria para a competição. Porém, as caras de dúvida das outras queens no fundo do palco não condiziam muito com o combinado, hehe.


O clássico twist das eliminadas se manteve: durante o seu discurso de despedida no Workroom, Morgan foi surpreendida pela voz de RuPaul, indicando que a sua participação na competição não se encerraria ali.

E vocês, o que acharam das primeiras performances da temporada? Pra quem é a torcida de vocês por enquanto? Comenta aqui embaixo pra gente saber!

Yasss, qween! A estreia de “RuPaul's Drag Race: All Stars 3” foi tudo o que esperávamos (e mais um pouco) Yasss, qween! A estreia de “RuPaul's Drag Race: All Stars 3” foi tudo o que esperávamos (e mais um pouco) Reviewed by Marilia Dutra on 1/29/2018 04:31:00 PM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.