“The End of The F***ing World”, da Netflix, não é tão previsível e white people problems o quanto parece

Pode confiar.

Opa! Pode ser que esse texto tenha alguns spoilers. Se você é do tipo que fica puto com spoilers, esse é um bom momento para parar a leitura ou seguir por sua conta e risco.

Se você ainda não ouviu falar sobre “The End Of The F***king World” ou o seu mundo já acabou ou você é apenas desligado mesmo. A produção britânica foi exibida primeiramente no canal Channel 4 (UK), e conta com oito episódios em sua primeira temporada, agora disponíveis no catálogo da Netflix.

A história gira em torno de James (Alex Lawther), um autodenominado psicopata que, desde criança, tem certo prazer em matar – indo de insetos a animais de porte maior. Quando ele decide finalmente levar seu “talento” ao próximo nível, somos apresentados a Alyssa (Jessica Barden), a nova aluna da escola que vive em uma família problemática.

A trama começa a engatar quando Alyssa, incorporando o rebelde que já existiu em todos nós, decide fugir de casa e convida James para embarcar nessa viagem, mas o que ela não sabe é que, na verdade, ele tem outras intenções para essa aventura.


O enredo inteligente e divertido faz com que os 20 minutos de cada episódio passem voando, entretendo naquela típica maratona de final de semana. É quase como se você estivesse dentro da série junto aos protagonistas, descobrindo com eles sobre o primeiro amor e suas as consequências – que, de fato, não foram muito boas. A fotografia e a trilha sonora também dão um show a parte, ajudando a caracterizar a personalidade dos personagens e complementando o tom mais “sombrio” que a trama propõe.

A gente já tá na torcida pela renovação da série, mas enquanto ela não chega, você já pode assistir a primeira temporada todinha na Netflix.

“The End of The F***ing World”, da Netflix, não é tão previsível e white people problems o quanto parece “The End of The F***ing World”, da Netflix, não é tão previsível e white people problems o quanto parece Reviewed by Romar Sattler on 1/15/2018 01:21:00 AM Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.